quarta-feira, 12 de março de 2014

É um ciclo vicioso

O namorado tem pavor a aviões.

O namorado borra-se de medo só de pensar em andar de avião.

O namorado gosta de ver programas sobre desastres de avião.

O namorado conta-me as histórias dos programas sobre desastres de avião.

O namorado tem ainda mais pavor a aviões.


45 comentários:

  1. O namorado tem que se tratar...o meu genro também tem vários medos mas há umas pastilhinhas que tomadas meia hora antes do embarque fazem milagres...

    ResponderEliminar
  2. O namorado devia andar de aviao e curtir a experiencia que vale bem a pena.
    Eu já apanhei alguns sustos (2) e nao me exaltei. De repente fiquei muito convicta que se tiver de ser, será e a probabilidade de sobreviver é mesmo baixa mas muito mais perigoso é andar de carro, a modos que relaxei quando os outros passageiros comecaram a agitar-se. Felizmente nao foi nada, apesar do ambiente pesado o resto da viagem :)

    ResponderEliminar
  3. Tens de o levar a fazer uma viagem de avião :)

    ResponderEliminar
  4. Pois, isso assim é uma bola de neve!

    ResponderEliminar
  5. Talvez devesse deixar de ver os programas, mas agora também não deve adiantar muito

    ResponderEliminar
  6. Ou seja, qualquer viagem tem que ser feita de carro ou de barco eheheh

    ResponderEliminar
  7. Tens de o convencer aos bocadinhos. Primeiro viagem até Madrid, depois outros destinos. A minha sogra era a mesma coisa e agora não quer mais nada!

    ResponderEliminar
  8. tem um lado positivo, não vais de férias para muito longe, podes sempre ir de barco claro está mas pensa nos euros que te vai sair para fazeres uma viagem dessas, o namorado tem razão, em terra firme, quase que o compreendo, ups

    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Tens de o convencer a andar pra ver se perde o medo =)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  10. Lol! Tens de o convencer pela estatística: há muito mais acidentes de carro do que de avião, o que faz com que seja muito mais perigoso andar de carro! Claro que quando há acidentes de avião (tipo o da Malásia agora) é sempre notícia e infelizmente são noticiadas mais tragédias que acidentes com final feliz. Mas estatisticamente, é muito mais seguro andar de avião do que de carro. E com o belo do comprimido tranquilizante então...é piners, como diz o outro lol

    ResponderEliminar
  11. Entendo tão bem... mas eu ainda vou ver estatisticas de quedas por modelo de avião! Ma saprendi a não condicionar as minhas viagens. É muito dificil, mas vale a pena o sofrimento.

    ResponderEliminar
  12. looool pois ele não gostar de aviões e ver programas que se dedicam a isso... outch... piora tudo!!!

    ResponderEliminar
  13. É tomar um Xanax antes de entrar no avião:)

    ResponderEliminar
  14. Ehhhh parece que me estas a descrever!!!! LOOL

    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Diz que há umas sessões para perder o medo de voar... isso ou anestesia! ;-)

    ResponderEliminar
  16. Não é nada comum essa tendência para ver tudo o que diga respeito ao assunto do qual se sente pavor...
    xx

    ResponderEliminar
  17. Fica a dica :) evitar programas desses ahah Eu por acaso tambem tenho medo de avioes, mas agora para mim e' um meio precioso para visitar a minha familia :) Beijinho grande xx

    ResponderEliminar
  18. Nossa! Que interessante. zzzzz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hahaha :D
      é mesmo...muito interessante...(bocejos)

      Eliminar
  19. AhAh. Sabes que eu também sou assim. Ando, mas tenho imenso medo. Depois tenho uma curiosidade mórbida em ver esses programas. Eu acho que é para perceber as coisas (no caso de algo correr mal num voo em que eu esteja!!!!)

    ResponderEliminar
  20. Nada como tomar um belo diazepam antes de embarcar:))
    Passa tudo:)

    Http://styleloveandsushi.blogspot.com

    ResponderEliminar
  21. O termo correto é "círculo vicioso".


    ResponderEliminar
  22. Concordo aqui com a Filipa, eu tomo um xanax sempre que ando de plain lol.

    ResponderEliminar
  23. ahahaah realmente ver esses programas também não ajuda

    Sónia
    Taras e Manias

    ResponderEliminar
  24. Isso até pode ser fobia... devia tratar isso se não fica condicionado e não vai a lado nenhum! Tens é de o convencer a tratar-se e evitar programas desses...

    ResponderEliminar
  25. É dar ao namorado o tratamento que se dava ao B.A. Baracus!

    ResponderEliminar
  26. Ahahah! Realmente ver esses programas não deve ajudar muito...

    ResponderEliminar
  27. Hahahaha estou com ele. Também tenho horror de andar de avião e gosto de ver esse programa sobre desastres de aviação. Como se ajudasse a saber "o que fazer se...". Haha, ridículo. Mas não tomo nada (gosto de estar bem alerta para todas as pequenas alterações no normal curso da viagem, como se isso me valesse de alguma coisa lol) nem deixo de andar de avião (e já andei em alguns muito manhosos mesmo hehe) porque o meu gosto por viajar supera todo e qualquer medo. Mas vou toda encolhida no banco, com a boca seca, as mãos suadas e o coração a mil. Enfim, cada um com as suas pancas.

    ResponderEliminar
  28. O namorado já andou de avião?? se não devia era experimentar :P

    ResponderEliminar
  29. Ahahahah Desculpa lá, namorado da S*, mas tens de deixar de ver esses programas. Just saying ;) :p

    The gLiTtEr Side

    ResponderEliminar
  30. Vê os programas sobre desastres e depois começa a fazer filmes.
    Ele que não tenha medo, porque se tiver destinado que vai morrer num desastre de avião, não precisa de voar. Um dia cai-lhe um avião no prato da sopa e morre na mesma. ahahahah

    ResponderEliminar
  31. Ora e de carro? Não há milhentos acidentes? É como tudo :)

    ResponderEliminar
  32. Parece eu... não gosto de filmes de terror e ponho-me a ver á noite! :p

    ResponderEliminar
  33. Um Xanax e meia dose de whisky e voa até aos antípodas! ahaha

    ResponderEliminar
  34. É levá-lo a uma daquelas formações para ajudar a lidar com o pânico de andar de avião. Parece que algumas companhias aéreas já têm disso. O meu não quer admitir mas acho que também tem um bocadinho de medo. Infelizmente ainda não tivemos oportunidade de viajar.

    Carrie

    ResponderEliminar