sábado, 2 de novembro de 2013

Dia dos Fiéis Defuntos

Para mim, nunca foi o dia dos mortos. 

É o dia da família. Da minha família. Família essa que inclui os vivos mas também os que já partiram. Vamos ao cemitério, recordamos os que já partiram, e depois vamos até à casa da minha avó, sentamo-nos à volta da mesa, a comer castanhas e a celebrar o verdadeiro valor da Família.

16 comentários:

  1. Muitas vezes é um dia importante para as pessoas se reverem, é um facto. Só não concordo que a melhor maneira quer de relembrar os que partiram, quer de juntar os vivos seja em romarias aos cemitérios onde, muitas vezes, se está apenas. Porque é um dia para se estar. E assim, sem objetivos, em muitos casos o mote do dia é ver quem passa.

    Ainda bem que na tua família é diferente e parecem ter verdadeiramente um dia de qualidade :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há muita gente que faz desde dia um mórbido desfile de vaidades. A minha família arranja as campas todos os fins-de-semana, visita os seus mortos todas as semanas, não precisa deste dia para os visitar. No entanto, é sempre um dia com uma carga emotiva diferente e um dia para reunir a família.

      Eliminar
  2. Acho a maior estupidez terem eliminado este feriado, podiam ter tirado outro qualquer mas não este. Ao menos, neste dia toda a gente sabia porque era feriado, ao contrário de tantos outros.
    Para mim representa o respeito e o amor pelas pessoas que já partiram, é nesse sentido que vamos ao cemitério.

    ResponderEliminar
  3. assim é que deve ser, um dia da família... mas o que mais me parece na minha freguesia é um dia de vaidadades, as campas estão esbeltas, as pessoas vão ao cabeleireiro, vestem o melhor facto e vão para o cemitério coscuvilhar e não para rezar, lembrar ... enfim.. não gosto muito deste dia!

    ResponderEliminar
  4. Ao contrário de outra comentadora, não dou qualquer valor a este feriado. Quantas pessoas só vão ao cemitério neste dia e só porque parece mal não ir? E muito bem vestidas e de cabelo arranjado - pelo menos na minha terra sei que é assim, apesar de NUNCA ir ao cemitério neste dia.

    E de resto, nem sequer vejo grande mal em não ir todas as semanas, como na minha família se faz. As campas são apenas os locais onde se depositam os restos mortais das pessoas. O que fica de quem parte, permanece em nós e nas nossas memórias, nas fotografias, num certo lenço ou pulseira com significado, num local. Essa ideia bonita de recordar o bom das pessoas que já nos morreram com uma ida ao cemitério, para mim é um contra-senso porque assim que avisto o cemitério fico infeliz o dia inteiro.

    Acho que quando nos partem pessoas importantes, todos os dias têm a virtualidade de se tornarem dia "dos finados" ou de "todos os santos" ou seja lá o que for... ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mel, tudo depende do que cada um sente em relação a este dia. Eu não vou à missa habitualmente. Mas gosto de "visitar" os meus familiares neste dia.

      Eliminar
  5. E é assim mesmo que deve ser!
    Bom fim-de-semana.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. E é mesmo por aí S....mesmo por aí!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  7. Que bela forma de comemorar esta data! Assim é que é, as pessoas devem ser unidas e dar valor à família enquanto vivas e lembrar-se dos seus mortos celebrando-os. Aliás nem eles gostariam que estivéssemos tristes, embora por vezes não o possamos evitar.
    A minha mãe já morreu há tantos anos e tão jovem e o tempo amenizou um pouco a perda mas a tristeza e a saudade nunca passam. Continuo a falar muito dela porque ela vive em mim.
    xx

    ResponderEliminar
  8. Para mim sempre foi o dia de celebrar a vida, daqueles que estão connosco e de fazer viver nos nossos corações os que já partiram.

    ResponderEliminar
  9. Tão ou mais importante que recordar os que partiram, é valorizar os que ainda temos cá :)

    ResponderEliminar
  10. Não preciso destes dias para me lembrar dos que partiram o dos que cá estou.
    Mas tenho pena de que tenham acabado com este feriado. De todos é o dia que tem maior carga de simbolismo e de tradição.

    ResponderEliminar
  11. Por aqui é quase igual o que é óptimo na minha opinião :)

    ResponderEliminar
  12. Este dia para mim nunca teve grande significado, sempre foi um igual aos outros. Mas a tua forma de o comemorar é bastante bonita :)

    ResponderEliminar
  13. Concordo. Para mim é um dia que se partilha em familia, incluido os que já partiram de junto de nós fisicamente, estanto vivos no coração e os que estão a uma distancia de uma abraço, aqueles que vivem fisicamente perto de nós e também dentro do nosso coração. Beijinho

    ResponderEliminar