sábado, 14 de setembro de 2013

Atrasos civilizacionais

Eu tento não ser uma pessoa preconceituosa. Tenho os meus preconceitos, é certo, como qualquer pessoa, mas tento combatê-los. Sei que a maioria dos preconceitos são mesmo só isso, "pré-conceitos" que criamos antes de conhecermos a realidade.

Menina paquistanesa de 5 anos em estado crítico depois de violação coletiva

Mas, porra, que atraso civilizacional. Quando casar com meninas de 5 anos de idade é permitido, não posso deixar de achar que estes países não batem bem da bola. Se isso já me enoja, imaginem quanto me enoja ler esta notícia... Bom, ao fim e ao cabo deve ir dar no mesmo, nenhuma menina consuma o casamento de livre vontade.

29 comentários:

  1. Estas notícias metem-me um nojo gigantesco. A sério, quem faz uma coisa destas não merece consideração alguma. Por isso é que quando são decididas estas sentenças (http://www.portalodia.com/noticias/mundo/india-condena-a-morte-por-enforcamento-acusados-de-estupro-coletivo-180484.html), já não me mete pena alguma.

    ResponderEliminar
  2. Em todo o meu tempo na Arábia nunca me senti desconfortável ou em risco com os sauditas, já o olhar dos paquistaneses...
    (querida S* está tudo bem por aí? Sei do enorme incêndio por aí)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida, infelizmente o concelho tem sido fustigado... mas não está perto de mim. Obrigada pela preocupação.

      Quanto ao resto, infelizmente os povos são todos muito diferentes... :(

      Miscelânea, sou céptica em relação à pena de morte, mas neste caso...

      Eliminar

  3. Olha S* nem vou clicar no link.
    Não aguento ler notícias dessas pois a indignação toma conta da minha mente e não gosto do sentimento que se apodera de mim.
    Seres humanos destes não merecem viver.

    Eu sempre me afirmei como não sendo racista... até sentir raiva de quem discrimina outro ser humano só por ser diferente...
    Eu sempre me afirmei como sendo tolerante... até me indignar com os que fazem do fanatismo o seu modo de vida e causam mares de sangue graças à intolerância religiosa...
    Eu sempre disse que devemos respeitar a cultura de um povo... até conhecer modos de vida revoltantes e costumes que são atentados contra a dignidade e até a vida de seres humanos.
    Eu sempre disse que era incapaz de odiar o meu semelhante... até sentir ódio e desejo morte a quem pratica actos tão abomináveis.

    Sonho com um mundo melhor... mas sei que é um sonho!


    Beijinhos utópicos
    (^^)


    ResponderEliminar
  4. Eu não consigo entender como os homens aceitam casar com crianças!

    ResponderEliminar
  5. eu não consigo entender este tipo de coisas, revolta-me saber que estes nojentos casem com crianças e façam delas o que querem

    ResponderEliminar
  6. Enfim, daquelas coisas que não só me revoltam como me metem nojo..!

    ResponderEliminar
  7. Atraso?? Isto para mim,é maldade! Não saberão que é uma criança?? Porcos! Sabia bem o que lhes fazia.

    ResponderEliminar
  8. Esse tipo de notícias e ultimamente tem sido uma atrás da outra deixam-me completamente fora de mim...!!
    Bom fim de semana!
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  9. Existem as pessoas, e existem os bichos, mesmo que os bichos possam parecer pessoas por vezes nunca deixaram de ser bichos pelas atitudes que tomam!

    ResponderEliminar
  10. Há coisas incompreensíveis! Deixa-me muito triste, estas notícias.

    ResponderEliminar
  11. Realmente há coisas neste mundo que realmente eu nunca vou perceber...

    ResponderEliminar
  12. E há ppouco tempo morreu uma miúda nas mesmas circunstâncias... atraso mesmo!

    ResponderEliminar
  13. Países? Isto é obra de grupos restritos, não de um país inteiro. Seria o mesmo que se dizer que todos os portugueses apoiam as touradas quando não é o caso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, por favor... Eu preferia que isto fosse apenas acção de grupos, mas a LEI do Afeganistão permite casamentos com meninas. Portanto, não é apenas uma questão de "grupos", é mesmo uma questão do país inteiro. Obviamente que nem todos os afegãos devem concordar com a lei, mas ela assim existe.

      Eliminar
    2. Afeganistão, paquistão, acaba tudo em ão.

      Eliminar
    3. Olhe, obrigada por me ter esclarecido. Fiquei mesmo confusa, no comentário. Mas, infelizmente, acaba tudo em ão e tem tudo a mesma falta de respeito pelas mulheres.

      Eliminar
    4. Mas neste caso, a noticia nao e de um casamento, mas sim de uma menina de 5 anos que foi raptada. E outra questao. E meninas raptadas, INFELIZMENTE, existe em todo o lado. Mesmo.

      Infelizmente em alguns paises muculmanos, as meninas sao prometidas em casamento ainda antes de nascerem, mas isso nao quer dizer que vao viver com os maridos.

      Eliminar
  14. Há pessoas que não devem ter noção do que fazem. Nestes casos acho que os agressores deveriam ser punidos com a morte. Mas com uma morte lenta e dolorosa.

    ResponderEliminar
  15. No comment sobre esse caso em particular porque como mãe, sinto-me sempre muito mal ao ler coisas dessas. No entanto, esse tipo de notícias só existe porque com tantos séculos de pressuposta civilização essa coisa a que chamamos de Humanidade ainda se situa nos primórdios da animalidade. Continua a ser um mundo gerido por homens no qual as mulheres em certos países são apenas gado, moeda de troca sem vida própria. Numa sociedade em que as mulheres não adquiriram ainda estatuto de seres autónomos de plenos direitos, onde são um mero apêndice do homem, as crianças são pura e simplesmente, nada!
    Desculpa mas este tipo de notícias tira-me mesmo do sério.
    xx

    ResponderEliminar
  16. Não consigo entender como é que ainda se aceitam este tipo de coisas. Com Organizações de direitos humanos, Unicef´s e tudo o mais...já era tempo de deixarem as crianças serem crianças

    ResponderEliminar
  17. Eu fico tão revoltada com estas coisas -.-

    ResponderEliminar
  18. S*,

    Que notícia tão revoltante e desumana.

    Bom domingo

    ResponderEliminar
  19. Querida S*, concordo plenamente contigo. Para estas pessoas/civilizações/costumes a minha tolerância é zero!!
    Irra, para não dizer algo pior...
    Beijinhos grandes e saudades.

    ResponderEliminar
  20. Estes gajos são uns nojentos filhos da puta.
    São bestas não se trata de preconceito aqui, trata-se de vidas roubadas, de infâncias destruidas, de verdadeiros crime.
    E tão filhos da puta são os maridos que casam com estas bebés, como os pais que o permitem.

    ResponderEliminar
  21. Fico mesmo revoltada ao ouvir estas coisas horriveis... Pobres criancas.
    Estou a adorar o teu blog! Ja me perdi por aqui um bocadinho.
    Convido te a visitor o meu blog e se gostares, que tal nos seguirmos?
    Beijinho de Toronto
    http://claudiapersi.blogspot.ca/

    ResponderEliminar
  22. Ainda não tinha lido a notícia mas fiquei chocada. Continua a ficar com o estômago embrulhado quando leio estas noticias. Como é que é possível??? Uma criança de 5 anos. Porra pá! Filhos da p****

    ResponderEliminar
  23. Ai eu já tinha visto isso, mas é horrível! Não há palavras...bolas!

    ResponderEliminar