quinta-feira, 11 de julho de 2013

Vivó luxo!

Acabei de ouvir na Renascença que a Carris tem barbearias para os funcionários e reformados. Até aqui, tudo bem. Mas agora a administração quer acabar com as barbearias... e os funcionários só aceitam o fecho se lhes pagarem 12 euros por mês a mais. 

Também quero subsídio para cortar o cabelo e fazer a tosquia! Já não corto o cabelo há meses.

42 comentários:

  1. Essa não sabia. Custa-me a crer que isso seja verdade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigos, a Rádio Renascença é uma fonte muito credível.

      Eliminar
  2. Há reivindicações legítimas, outras não, essa é uma delas, ainda mais andaram a cortar o cabelo estes anos todos à conta do erário público! Eu dava-lhes era farturas!

    ResponderEliminar
  3. É por isso que este País está assim, luxos que todos nós pagámos e quando são cortados fazem greve...
    Pois é.....

    ResponderEliminar
  4. Cada vez percebo mais as greves... É que há direitos tão estranhos mas tão enraizados que não admira que esta gente viva num 'universo paralelo'... Enfim.

    ResponderEliminar
  5. é por estas e por outras que estamos, como estamos. Eu ontem fui ao dentista paguei 52,00 euros a minha colega que tem um marido bancário na CGD, foi hoje e não pagou nada....voilá. Não é preciso ser doutourada para ver para onde vai o dinheiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é que me revolta. E não venham com as coisas do "nós descontamos para a caixa geral de aposentados, blá blá blá". Ou todos têm direito à escolha, ou nenhum deve ter.

      Eliminar
  6. Lol, nao sabia dessa! Regaliaaas uh la la

    ResponderEliminar
  7. É por isso q o pais está neste estado... enfim, espero q algum dia mude...

    ResponderEliminar
  8. Tudo é uma questão de hábito... se te habituares a uma coisa e te tiram custa-te por muito estupido que seja. A exigencia de mais dinheiro por isso... sim é estupido!

    ResponderEliminar
  9. Não fazia a mais pequena ideia disso. Mas as pessoas implicam com cada coisa. Obvio que eu também gostava de ter um patrao que me pagasse cabeleireiro e esteticista, mas a modos que pronto. Vai na volta qualquer dia há greve. eheh :P

    ResponderEliminar
  10. Olha que lata!!!
    Tenho de andar maquilhada e penteada diariamente e não recebo nem mais 1€ por isso, e agora??? Vou sair de casa e meto-me no trabalho com o mm ar??
    Direitos iguais para todos. É por estas e por outras que estamos como estamos, há o povinho e o zé povinho......... :x

    ResponderEliminar
  11. Se fosse só a Carris a ter SUPER regalias estávamos nós bem! Ainda aumentam os preços das viagens para pagarem os cortes de cabelos aos meninos.

    ResponderEliminar
  12. eu também ouvi isso!
    acho incrivel como as coisas funcionam!
    eu faz favor quero ir pintar, cortar e brushing por isso transfiram este mês uns 40,00€ para eu poder trabalhar linda e maravilhosa!!!
    ahahahhahahhah

    ResponderEliminar
  13. Desculpa...podes repetir outra vez??? Têm o quê ??? Querem o quê???
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  14. Já somos duas! E é incrível como, nos dias que vivemos, ainda continuem a reivindicar subsídio!

    ResponderEliminar
  15. Acho a reivindicação é completamente descabida, mas enfim...

    http://www.lavarcabecas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Palhaçada!!!Andam mas é a gozar com a nossa cara.

    ResponderEliminar
  17. E eu para a depilação, e para a manicure e pedicure, limpeza de pele e massagens que isto não se mantém com artes mágicas!
    ;D

    ResponderEliminar
  18. Minha nossa, é preciso ter lata. Este Mundo está perdido!

    ResponderEliminar
  19. Também ouvi essa notícia ontem.
    Eu cá também quero!!! E nem peço muito, só preciso que me paguem o cabeleireiro de 3 em 3 meses :)

    ResponderEliminar
  20. Epá que história. Estou cheia de pena desses funcionários que vão ficar sem as barbearias. Eu prefiro ter subsídio para ir à esteticista fazer a depilação.

    ResponderEliminar
  21. Oh coitadinhos :( que pena que eu tenho.

    Realmente lool

    Beijinho fofa *

    ResponderEliminar
  22. Há profissões que adquiriram certo tipo de regalias que não fazem sentido. Como se fossem uma espécie de "casta" diferente da dos outros....Olha, eu é que corto o meu cabelo, é encaracolado,; é só dar umas tesouradas, lol.

    ResponderEliminar
  23. E já agora manicure e massagista, dava cá um jeitão!!!

    ResponderEliminar
  24. sério, fico revoltada com essas notícias!! como é possível?

    ResponderEliminar
  25. Sabia, sabia. Escrevi sobre isso quando ainda era credível na praça. Espera, nunca fui.

    ResponderEliminar
  26. É realmente um absurdo, não deveria existir desde o inicio. No entanto o seu direito a reivindicação deverá estar relacionado com o seu contrato, é necessario ver se o acordo que fizeram inicialmente inclui esses extras ou não está? se está , por mais absurdo que seja, eles têm o direito a exigir.
    Se assim for , é o contrato que é estupido.

    Tenho uma amiga que quando foi comercial num hotel tinha direito a x (por acaso até era bastante)dinheiro por mês para comprar roupa, eu tambem achava absurdo, mas era o contrato dela.
    Assim como há empresas que têm aulas de yoga, refeiçoes á borla, massagens, doces no escritorios, creche para as crianças, prendas no Natal,etc. E depois há empresas que não incluem nada.

    ResponderEliminar
  27. Tb me dava jeito, olha se me desse algo em troca de todas as regalias que pedir... isso era excelente!

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  28. cada coisa que temos que engolir!

    Até S*

    ResponderEliminar
  29. Que mais regalias ainda vão aparecer?!?

    ResponderEliminar
  30. Apesar de parecer absurdo, pode fazer sentido se houver uma exigência por parte da empresa para que o empregado se apresente de determinada maneira ao trabalho (cabelo bem cortado, barba feita, etc.).
    Se faz sentido nos tempos que correm, com os cortes que correm? Talvez não, mas a verdade é que isto não é muito diferente das verbas que muitos têm para "despesa de representação" onde muitas vezes cabem itens como visons e fatos Armani :-)
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Interessante ponto de vista. Qualquer notícia tem de se perceber os argumentos de ambos os lados. É até um milagre ainda contarem com o barbeiro da empresa e de graça, podiam cobrar um valor reduzido, mas cobrar. A CARRIS é mesmo uma empresa parada no tempo. Só agora é que se lembrou em reformar o barbeiro e então ups! Não querem pagar o salário a um próximo, pois é actividade não lucrativa.

      Eliminar
  31. Eu muito raramente vou ao cabeleireiro... aqui já "fui" duas vezes pois tenho uma filha de uma amiga que está a tirar o curso e volta em meia precisa de uma cobaia. Graças a Deus ela faz sempre um bom trabalho.

    Um beijo doce xxx

    ResponderEliminar
  32. Estas a falar a sério???? Minha alma esta parva, com o caraças

    ResponderEliminar
  33. Por altura das greves ouvi falar neste assunto, e de outros sobre os beneficios que "esses" senhores têm, não entendo o porque porque em todos os trabalhos devemos estar apresentaveis e somos nós mesmos que pagamos para isso não o patrão.

    ResponderEliminar
  34. Aahaha epah a sério? -.-
    Já agora também era bom darem me um extra para depilação! :p

    ResponderEliminar
  35. Eu ando a pagar esses extras a uma empresa do estado??
    É essa a reivindicação de quando fazem as greves??
    Que se segue?
    Depilação lazer à borla?
    Quero ir trabalhar para a carris e usufruir dessa regalia.

    ResponderEliminar
  36. Ahahah fora outras regalias que eles têm e que mais ninguém tem! Reclamam de barriga cheia...enfim!

    ResponderEliminar