segunda-feira, 6 de maio de 2013

Do medo do desconhecido

Considero-me uma mulher corajosa e que gosta de desafios, mas sempre senti medo de avançar para o desconhecido, de pisar terreno desconhecido e encontrar um pantanal.

A vida tem-se ensinado exactamente o contrário. Foi nos momentos em que arrisquei que tomei as melhores decisões.

39 comentários:

  1. Os desafios são sempre aliciantes.

    ResponderEliminar
  2. O medo e receio é sempre bom! Temos de saber vence- lo e arriscar!

    Beijos

    Visita: http://omundodepucca.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. O medo é uma grande merd***, lool, às vezes gostava de ser ainda mais corajosa:) beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Arriscar é agora quando somos novos!

    ResponderEliminar
  5. Hmmm...novos projetos com a mana? ;) beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coquinhas, a mana tem um novo projecto, por acaso. Mas é só dela - eu sou apenas a fotógrafa oficial.

      Estava a falar no geral. :)

      Eliminar
    2. Pois, já vi :D E que bela fotografa e bela modelo. Estão lindas as fotos, já para não falar das malas que são um pedaço de mau caminho ;) Beijinho

      Eliminar
  6. É sempre bom arriscar.. e vai correr tudo bem..

    Kisses****

    ResponderEliminar
  7. Partilho da mesma opinião.

    Boa sorte*

    ResponderEliminar
  8. arrisca sempre minha querida
    bjs*

    http://se-tu-saltas-eu-salto.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Espero que continue a ser assim, que continues a tomar as melhores decisões. Força! ;)

    ResponderEliminar
  10. Eu comecei a enfrentar os meus medos a sério no fim da adolescência. E desde aí fui sempre mais feliz :)

    ResponderEliminar
  11. O receio não pode impedir-nos de arriscar. Arrisca sempre porque às vezes existem surpresas muito agradáveis!
    E tornamo-nos mais fortes!

    ResponderEliminar
  12. É tão bom ouvir isso... faz-me (re)lembrar que comigo acontece o mesmo.

    ResponderEliminar
  13. nem mais, nem mais!

    certamente com ponderação, mas é fundamental que arrisquemos, que percamos medos, que nos atrevamos...pois só assim se avança! Se ganha, se perde também, mas se não tentarmos... estamos então estagnados... no tal pãntano que temes...

    A Vida está aí...para ser vivida!

    Beijinhos e os medos são para perder! :) - acabei de escrever sobre isso mesmo :)

    ResponderEliminar
  14. Risco será risco sempre. No entanto se não arriscar não saberá se vale à pena. Acontece que risco pode ser uma variável calculável, daí as grandes seguradoras que calculam o risco e asseguram quem quer correr o risco. Também é uma variável a ser estudada, ou seja, quais são os fatores de risco em um projeto. Ah meus tempos de Gestão de Projetos! Fizeste-me lembrar. Resumo, risco não é sinônimo de cegueira no meio empresarial.

    ResponderEliminar
  15. :D eu sou de arriscar, gosto de aventuras e de desbravar novos caminhos e arriscar sempre me deu mais um bocadito! :D beijoca S*

    ResponderEliminar
  16. o medo faz sempre parte, mas desde que nunca te impeça de seguir...

    ResponderEliminar
  17. Há que arriscar, senão, nem valeria a pena viver ;)

    ResponderEliminar
  18. É verdade: há sempre o medo de arriscar, mas por vezes essas são mesmo as melhores decisões!

    ResponderEliminar
  19. Compreendo o medo mas adrenalina de arriscar dá gozo! Mas sou como tu :)

    ResponderEliminar
  20. Olha...afinal...quem não arrisca...não petisca...certo??? em frente é o caminho...

    Boa Sorte...:)

    ResponderEliminar
  21. DEpende do risco, e me mexe com coisas muito básicas. No entanto, desde que haja uma certa segurança e não se arrisque ás cegas, concordo contigo! :)

    Bj

    ResponderEliminar
  22. Eu às vezes também sofro imenso com essa coisa do medo, do receio das decisões que devo ou não tomar.

    ResponderEliminar
  23. Acho que todos nós sentimos medo do desconhecido, é completamente normal. Se tens boa experiência quando arriscas, vai em frente! e Boa sorte *

    ResponderEliminar
  24. Olá!
    Será que podias dizer qual a câmara que utilizaste para tirar as fotos à tua irmã? Espero que não tenha sido com o telemóvel, é que vou comprar uma máquina e ando a recolher informações :)gostei da qualidade das fotos.
    Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!

      Para dizer a verdade, não sei. A máquina é uma Nikon (penso eu de que...), é de um familiar. É uma máquina profissional, mas já tem uns anos e "só" tem 10 MP de qualidade. Realmente as fotos ficaram boas, mas hoje em dia o mercado tem coisas muito superiores. :)

      Eliminar
    2. Obrigada pela resposta! A máquina parece ser muito boa, as fotos têm qualidade! Vou informar-me sobre o que há no mercado. Beijinhos

      Eliminar
  25. Eu já fui corajosa. Agora tenho mais medo... deve ser da idade! :-)

    ResponderEliminar
  26. Eu também sou assim, sem tirar nem por. Aliás, acho que todos somos um bocadinho "medricas" em relação ao desconhecido. mas a vida é isto, é para ser descoberta, sem medos.

    ResponderEliminar
  27. É sempre assim S*...mas também eu, ofereço cá uma resistência às mudanças!

    ResponderEliminar
  28. Eu também tenho medo de arriscar e é tão sufocante..

    ResponderEliminar
  29. Parece que é quando saímos da nossa zona de conforto que coisas fantásticas acontecem :)
    Bj S

    ResponderEliminar
  30. Convém não fazeres como aquele jogador de futebol: estávamos à beira do abismo e decidimos dar um passo em frente. :)

    ResponderEliminar
  31. é difícil entrar no desconhecido, mas por vezes vale a pena!

    ResponderEliminar
  32. É assim mesmo: quem não arrisca não petisca :)

    ResponderEliminar