terça-feira, 2 de abril de 2013

Dear lord! #3

O meu rapaz é tão zeloso, mas tão zeloso dos nossos queridos carros, que puxou o travão de mão do meu bolinhas com excessiva força. Posto isto, pela manhã, estive 15 minutos a tentar destravar o carro, não consegui, e tive de pedir ao cunhado para fazer 18 quilómetros até minha casa, para me destravar o carro. Claro que ele destravou o travão logo à primeira, pelo que poderá apenas ser falta de jeito da minha parte. No entanto, sou canhota, dêem-me um desconto.

57 comentários:

  1. Gostava de ter assistido a essa cena :)

    Partia-me a rir!!

    Ai nós mulheres :p

    bjs

    ResponderEliminar
  2. Aahhhaahh lol. Já me aconteceu ter dificuldades mas nunca assim ;) mas compreendo!!

    ResponderEliminar
  3. Conheço bem esse fenómeno. Não há homem que não conduza o meu carro e que não me faça esse belo serviço... ahah

    ResponderEliminar
  4. Ahhh como eu te compreendo! Também sou canhota e basta o meu pai entusiasmar-se a travar o carro que é logo o cabo dos trabalhos quando pego eu nele.

    ResponderEliminar
  5. lol a mim também já me aconteceu o mesmo. Eu vez do cunhado chamei o meu pai. E também sou canhota. :) Acho que isto é uma perseguição ;))))

    ResponderEliminar
  6. era um pormenor que não sabia sobre ti, que eras canhota :) é verdade, assim é de dar desconto, eu que sou destra por exemplo tenho zero de força no braço esquerdo. e zero é mesmo zero, quando andava no ginásio por exemplo tinha músculo no braço direito mas o esquerdo sempre foi um pobrezinho molengão... tu és boa para conduzir em londres eheh

    ResponderEliminar
  7. Hahaha ri-me tanto xD oh, deixa lá que eu ainda vou fazer figuras beeeem piores xD Até tenho medo! xD

    ResponderEliminar
  8. Opah!
    Calculo que não tenhas achado muita graça na altura mas eu estou perdida de riso!
    Ahahahahahahahahahahah

    ResponderEliminar
  9. Opah!
    Calculo que não tenhas achado muita graça na altura mas eu estou perdida de riso!
    Ahahahahahahahahahahah

    ResponderEliminar
  10. Opah!
    Calculo que não tenhas achado muita graça na altura mas eu estou perdida de riso!
    Ahahahahahahahahahahah

    ResponderEliminar
  11. Ahah, opa troca comigo. Vens para aqui e eu vou para aí, outro trocamos de carro. :p

    ResponderEliminar
  12. Eu não sou canhota e também tenho dificuldades! :p

    ResponderEliminar
  13. Eu não sou canhota e também tenho dificuldades! :p

    ResponderEliminar
  14. Ahahahah :P O excesso de zelo é mau :P

    ResponderEliminar
  15. como te compreendo...

    Abraços
    Lili

    htpp://umblogperdido.blogspot.com

    ResponderEliminar
  16. É provável que seja mais falta de jeito que outra coisa.

    ResponderEliminar
  17. heheheheh, ri-me, mas tb já me aconteceu, é mesmo falta de jeito ;) bjs*

    ResponderEliminar
  18. LOL
    Um lindo episódio!
    MAis uma canhota! Mas por acaso nunca tive problemas assim tão grandes para destravar. Mas já me aconteceu um... nos primórdios da minha carta.. que tb é de rir!

    ResponderEliminar
  19. Também já me calhou uma dessas! E já experimentaste travar o volante e estar meia hora aos pinotes dentro do carro a ver como é que raio aquilo se desencaixa? =D

    ResponderEliminar
  20. Agora fiquei envergonhada porque eu não sou canhota e já tive esse problema. É o que dá emprestar o carro. Tive que chamar o meu pai para o destravar. Nunca mais ninguém pôs a mão no meu travão!!!

    ResponderEliminar
  21. Quando é o meu marido é a mesma coisa, tenho que comer um bife para conseguir retirar. Bolas.

    Bjokas.

    ResponderEliminar
  22. Ai és da esquerda? agora entendo hihihihihih
    eu tb sou de esquerda canhota como tu
    kis :_OI

    ResponderEliminar
  23. Antes isso, do que acordares e veres o carro no quintal do vizinho...

    ResponderEliminar
  24. Atenção que não se deve forçar o travão de mão a esse ponto... ;)

    ResponderEliminar
  25. se és canhota senta-te no lugar do passageiro para destravar.

    ResponderEliminar
  26. ah ah ah...oh S* desculpa lá mas isso contado assim, das duas uma: ou o rapaz não é bem zeloso, é antes um bocado exagerado e não mede a força que tem :) ou tu és assim um bocado desajeitada... eh eh eh...ou atadinha...ah ah ah

    Não me leves a mal, por favor :) mas foram logo os filmes que fiz de imediato na minha cabeça ao ler-te :)

    Beijinho, e deixa lá, dessas e doutras parecidas acontecem a muito boa gente, eu incluída claro....

    ResponderEliminar
  27. também já me aconteceu... e foi mesmo o primeiro senhor que passou que me destravou o carro (quem tem boca vai a Roma!!).

    ResponderEliminar
  28. Anónimo, o carro estava numa rua a descer, e a cerca de um metro de um muro. Não me pareceu lá muito sensato.

    Maria sem frio nem casa, ele não mede a força que tem... e eu sou uma desajeitada!

    ResponderEliminar
  29. ahahah nada que eu tbm não fizesse!

    ResponderEliminar
  30. Homens não tem idéia da força que tem. São exagerados.

    ResponderEliminar
  31. Cheira-me a que vais ser gozada pelo teu homem... :D

    Acontece-me muito isso com electrodom´sticos e coisas que exijam montagem.

    ResponderEliminar
  32. és canhota ? espectacular :D és uma excelente pessoa então :p
    ( sim sim , eu também sou :D )

    ResponderEliminar
  33. Ahaha! Muito bom! Por acaso tenho sempre medo de não travar bem o carro então também uso toda a força que tenho e para destravá-lo nem sempre é fácil... mas nunca me aconteceu uma destas, de ter de pedir ajuda =P

    ResponderEliminar
  34. Eu antigamente também puxava desalmadamente o travão de mão. Tinha tido uma experiência traumática. Travão mal puxado e o carro fugiu pela rua abaixo. A partir daí comecei a puxa-lo como se não houvesse amanhã.
    Boa semana.
    Bjs

    ResponderEliminar
  35. oh S eu sou canhota e arranjo sempre solução...

    Tens um rico cunhado...fazer 18 km pr te destravar o carro??

    Ai tu trata bem dele...que ele merece.

    (eu n ia lá...)

    ResponderEliminar

  36. E deixar o carro engatado? Hum?!
    A puxar assim pelo travão qualquer dia precisa dele e... ups não tem.

    ResponderEliminar
  37. Dizia-me o meu instrutor e também o meu mecânico que puxar o travão de mão assim é uma parvoíce. Basta subi-lo ouvindo os 3 clicks. A não ser que seja numa subida acentuada ou assim, ok, há que puxar com mais força. Mas habitualmente basta um cheirinho de travão de mão. Ah, e evitar deixá-lo engatado. E ligar o carro com o pé na embraiagem a fundo. Truques porreiros :)

    ResponderEliminar
  38. A mim já me aconteceu, mas foi com o volante que estava trancado! :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  39. Também nunca consigo destravar o carro quando é o meu A que o trava, estes homens andam com muita força!

    ResponderEliminar
  40. A última vez que o meu manorido travou o carro partiu o cabo do travão de mão, tal não era a força que costumava fazer!!! em suma eu ri me à fartazana, e ele foi levar o carro ao mecânico!

    ResponderEliminar
  41. Alguém tem de começar a exercitar os braços!:)

    ResponderEliminar
  42. Bombocaa, ahahah. Má.

    Anónimo das 10:07, numa descida, só deixar o carro engatado não me parece suficiente. Talvez o seja, mas prefiro jogar pelo seguro.

    ResponderEliminar
  43. Eu não me riu porque já tive que telefonar a um tio para me vir destravar o carro que o meu irmão tinha feito exactamente a mesma coisa

    ResponderEliminar
  44. Imagino a cena... É coisa para acontecer comigo.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  45. Eu conheço uma senhora que chumbou no exame de condução por não conseguir destravar o carro :x lol. Oh mulhere chamavas algum vizinho :P

    ResponderEliminar
  46. bem, aqui a je também é canhota...e não tem forcinha nenhuma -.-'

    ResponderEliminar
  47. Também sou canhota, portanto sei bem do que falas! O meu pai é igual a travas os carros, tive de falar que me formar em destravanço de carros :)

    ResponderEliminar