sábado, 27 de abril de 2013

Avé César!

Um dos gatos dos meus tios tem uma clara deficiência mental, que o faz perder a noção do espaço e andar sempre às voltas.

Há 15 dias, o César (o gato) desapareceu. Achamos que tinha morrido na estrada, o meu tio sempre disse que achava que ele fora roubado.

Colocaram-se anúncios na veterinária local. Hoje, o César foi encontrado. Quinze dias depois. Cheio de carraças e de pulgas, com metade do peso, mas voltou a casa. Ou melhor, foi encontrado num supermercado a cerca de 1 quilómetro da casa dos meus tios. Ele, deficiente como é (não é ofensa, é facto), nunca teria conseguido chegar lá sozinho, sem morrer na estrada. Claramente alguém o levou, percebeu que ele tem um atraso e deixou-o no supermercado.

Pouco importa. Hoje o César voltou a casa e eu estou muito contente.  

39 comentários:

  1. O que interessa é que o bichinho esteja bem e agora que regressou a casa vai recuperar

    ResponderEliminar
  2. Tadinho , oh linda e se o levassem ao veterinário? Pode ter algum tumor que lhe pressione o cérebro e o faça ser assim .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Passou a manhã no veterinário. Nadya, ele é assim por causa de um traumatismo craniano, resultante de uma queda que sofreu há cerca de um ano. ;)

      Eliminar
  3. com tantos animais abandonados, não sei como é que alguém se dá ao trabalho (e má fé) de roubar o bicho a alguém! que raio de gente

    ResponderEliminar
  4. E é mesmo para estar. Adoro histprias com finais felizes! : )

    ResponderEliminar
  5. o que interessa é que o César está bem e a salvo e de volta aos miminhos do seu lar

    ResponderEliminar
  6. Pobre César. Ainda bem que foi encontrado. Deve ser uma grande aflição ter um gato desaparecido. Há gente muito má. Com tanto animal sem dono que há para adoptar vão apanhar os que já têm dono.

    ResponderEliminar
  7. Ainda bem que ele está de volta a casa.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  8. O que interessa é que ele está bem e não lhe aconteceu nada de mal.

    Fico feliz por isso!

    Beijinhos e bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  9. Não posso negar que você escreve de um jeito engraçado!

    Fico feliz poie é muito triste perder um bichano!

    E eu ja tive um gato doido, tadinhos eles perdem mesmo a noção!
    xx

    ResponderEliminar
  10. É quase como o ¨Filho Pródigo¨ a volta a casa do Pai.

    ResponderEliminar
  11. Oh que bom, uma história com final feliz!!

    ResponderEliminar
  12. Acho impressionante e revoltante que se roubem animais. E ainda mais gritante que se roubem animais e os abandonem, duma maldade sem fim - entristece como ha' gente capaz de tudo.

    Fico feliz por o gatinho ter sido encontrado, e esteja de volta a quem lhe quer bem.

    ResponderEliminar
  13. Raios parta estes felinos!
    Não me canso de dizer que detestava gatos até ter olhado para esta menina que me põe os cabelos em pé, sempre que desaparece na aldeia ou quando, cá em casa, faz orelhas moucas aos meus chamamentos.
    Não há dúvida, os gatos têm um "je ne sais pas quoi" que apaixona.:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eles são mesmo apaixonantes... todos!

      Eliminar
  14. Já fui ver o pequeno príncipe, está impecável. :')

    ResponderEliminar
  15. Há coisas impressionantes! Faz-me tanta impressão pensar que há pessoas capazes de roubar os animais dos outros! Ainda bem que o César está bem :)

    ResponderEliminar
  16. Oh coitadinho =( Mas ao menos haja finais felizes :D

    ResponderEliminar
  17. Coitadinho! É por isso que não deixo o meu Leão ir à janela sozinho. Tenho um medo de uma queda... =( a gata de um casal amigo meu já caiu algumas 5 vezes, felizmente nunca lhe aconteceu nada de mais.

    ResponderEliminar
  18. César estando bem, que bom a estar bem, e vais a ficar melhor ainda!!

    Viva césar, de volta à casa!!

    ResponderEliminar
  19. Os gatinhos sempre retorna as suas reais casas, se retiram só por uma face de irritabilidade, mas passando, sempre retornam, por vezes mais que espertos.

    ResponderEliminar
  20. Pobrezinho... :( O que vale tem uma família que gosta dele e não desiste dele!

    ResponderEliminar
  21. Que bom que já está de regresso a casa!

    ResponderEliminar
  22. S*, posta lá uma fotita do César.

    ResponderEliminar
  23. S*, posta lá uma fotita do César.

    ResponderEliminar
  24. Como sabes que o roubaram? pode ter-se perdido. Desorientou-se e não conseguiu voltar para casa. Acontece imenso com os gatos. Mas ainda bem que o encontraram. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, eu explico: o César vê mal e anda SEMPRE às voltas por causa do traumatismo que tem. Ele, por vezes, perde-se dentro da própria casa e tem o meu tio de o ir procurar. Era manifestamente impossível o gato andar um quilómetro sem ser atropelado. :/

      Eliminar
    2. Hum, ok, já estou a perceber! Mas pronto podem ter agarrado nele não com o intuito de o roubar, mas para o ajudarem. Como viram que sozinho não iria sobreviver ou assim... não sei, ninguém sabe né? Apenas acho estranho alguém querer roubar um gato deficiente, as pessoas até nisso são preconceituosas!

      Eliminar
  25. ;)! Tive um gato que sofreu um TCE e ficou assim enquanto teve a PIC aumentada, felizmente recuperou sem sequelas.

    ResponderEliminar
  26. Ainda bem que o encontraram! Deve ser um grande alívio. Beijinho e bom domingo :) *

    ResponderEliminar
  27. Ainda bem que voltou para casa sem grandes danos.

    ResponderEliminar