quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

16 and Pregnant

De vez em quando ponho-me a ver o "16 and Pregnant", programa da MTV que acompanha a gravidez de mães adolescentes.

É recorrente reparar que os pais (mãe ou pai, tanto faz) adolescentes se descartam das responsabilidades, preferindo dormir, gastar dinheiro ou sair com amigos. Eu bem sei que são adolescentes, que podem mudar com a maturidade, mas é coisa que me enerva solenemente. 

E no episódio de hoje, diz uma das amigas da mamã de 16 anos: "Ele deveria querer fazer isso (ajudar com o bebé). Não deveria ser só uma responsabilidade". Pois, é isso.


PS: Não me quero armar em moralista, nada disso. Mas sempre achei que não podemos querer ser adultos para umas coisas - no caso, para andar a ter sexo - e optar por ser crianças noutras coisas.

36 comentários:

  1. Esse programa faz-me confusão em certas coisas que não conseguirei compreender. :\

    ResponderEliminar
  2. Vejo muitas vezes esse programa e fico sempre boquiaberta...

    http://saladosilenciocorderosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. E não sei se já viste algum episódio do Teen Mom...o único casalinho que se manteve junto foi precisamente o que decidiu dar a filha para adopção! Todos os outros não aguentaram a pressão e separaram-se! É triste, mas pode funcionar como elemento dissuasor para os adolescentes que assistem ao programa.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo, credo... nunca vi, mas ainda me parece mais complicado. Obrigada pela dica. ;)

    ResponderEliminar
  5. Explorarem adolescentes grávidas para um programa sensacionalista deveria ser proibido. Utilizarem o tempo de antena para explicarem aos jovens coisas como o planeamento familiar era capaz de não ser má ideia!

    ResponderEliminar
  6. Nunca vi o programa, mas concordo contigo. Acho muita desresponsabilização, se se tem idade para fazer sexo também se tem que ter idade para arcar com todas as consequências que daí podem advir

    ResponderEliminar
  7. Não gosto muito de ver esse tipo de programas porque fico mesmo nervosa com essas coisas...

    ResponderEliminar
  8. A única mais valia destes programas é mesmo, com diz o/a Anónimo(a), servir de dissuassor...

    ResponderEliminar
  9. Se aos 16 já é chocante, nem sei que te diga quando leio ou ouço casos de miúdas de 12/13 anos grávidas... E o mais curioso é que uma percentagem considerável também nasceu de mães adolescentes...

    ResponderEliminar
  10. Embora não veja o programa partilho integralmente da tua opinião. ;)

    ResponderEliminar
  11. Também me enerva imenso, a minha mãe então delira com essa série, ela contesta e diz que é tudo tão errado e que parece que eles escolhem mal de propósito! *

    ResponderEliminar
  12. Vi várias vezes esse programa. Principalmente enquanto estava grávida e muita coisa me fazia confusão. Começando nas famílias! Um caos de famílias! Nada fazia sentido!

    ResponderEliminar
  13. Vi várias vezes esse programa. Principalmente enquanto estava grávida e muita coisa me fazia confusão. Começando nas famílias! Um caos de famílias! Nada fazia sentido!

    ResponderEliminar
  14. É exatamente a minha opinião. Esse programa deixa-me triste, coitadas das crianças que vêm ao mundo sem ter pedido nada a ninguém e depois calha-lhes uns pais assim na rifa :/

    ResponderEliminar
  15. Opá eu nunca quis ter filhos na adolescência, mas se tivesse não largaria!
    PORRA!

    (temos de ver que isso é lá para as américas... é muito à frente) :p

    ResponderEliminar
  16. Nunca consegui ver um episódio completo desse programa porque as miúdas me dão um ataque de nervos daqueles...

    ResponderEliminar
  17. Desconheço o programa, mas acredito que essas situações são sempre complicadas.
    Eu só iniciei a minha vida sexual aos 20 anos e fui mãe aos 27.
    Sou muito calma e ponderada. Posso dizer que soube aproveitar a adolescência e juventude, fiz tudo o que tinha a fazer, diverti-me imenso.
    Com um filho a nossa vida muda, tenho mesmo pena das adolescentes que são mães. Não digo para iniciarem a vida sexual aos 20, mas que o façam com responsabilidade, 16 anos não é uma idade de criança que não mede o perigo e existem diversas formas de evitar uma gravidez não desejada.
    Concordo contigo, se são adultos para uma coisa têm de assumir com responsabilidade os compromissos que a vinda de um filhos acarreta.

    ResponderEliminar
  18. Queria o quê, s*? São miúdos com bonecas nas mãos. Não se pode esperar que quem não tem responsabilidade para evitar uma gravidez a tenha para tomar conta de um filho.

    ResponderEliminar
  19. Esse programa faz-me uma confusão dos diabos!! Eu sei que são adolescentes, mas já têm idade para ter um bocadinho de cabeça! E ver aquela irresponsabilidade toda é chocante... Há um programa semelhante no TLC em que até podem ter mais do que 16 anos mas a mentalidade é a mesma! A miúda está grávida e o namorado vai sair com os amigos e não quer saber de nada...

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  20. Olha S*, infelizmente tenho um caso desses na familia, tenho uma tia de 22 anos que foi mãe aos 17. Fez um grande discurso quando lhe sugeri um aborto, disse que isso era homicidio, que nunca faria mal ao bebe dela e bla bla. O certo é que assim que deitou a criança no mundo, voltou às borgas, ao alcool, às curtes... A filha está a ser criada pelo avô e por uma tia de 13 anos que perde assim a sua juventude. O pai não quer saber da criança e a minha tia, do alto da sua maturidade de 22 anos, está novamente gravida dum tipo qualquer. Não acho normal!

    ResponderEliminar
  21. Assino por baixo, acham-se muito adultos para umas coisas e depois para outras já não possuem maturidade nenhuma!

    ResponderEliminar
  22. Esses programas são feitos com famílias escolhidas a dedo, também...

    ResponderEliminar
  23. Nunca vi esse programa. O que me chateia são os pais que deviam explicar aos filhos o que é um preservativo e como se evita a gravidez e não têm coragem para tal. Infelizmente ainda há muita gravidez na adolescência devido a ignorância... Porque os pais acham que eles ainda são "pequeninos" e não têm uma vida sexual e depois aparecem com um bebé nos braços...

    ResponderEliminar
  24. Eu fui mãe adolescente. Não conheço esse programa, mas teria uma história interessante para contar!
    Porque há bons exemplos! :)

    ResponderEliminar
  25. ja vi isso algumas vezes e fazme bastante confusão

    ResponderEliminar
  26. É dos poucos programas da mtv que faz #serviço público" à cambada de miúdos malucos que por aí anda...

    ResponderEliminar
  27. Nem mais. A verdade é que nunca pensam nisso. Para mim é muito pouco razoável que raparigas com essa idade engravidem, com tanta forma de o evitar.
    Para além de que com essa idade a prioridade deveria ser a escola e não o sexo.

    ResponderEliminar
  28. Nunca vi o programa. Mas já vi algumas reportagens sobre o assunto. É algo assustador. E concordo, se se é adulto para fazer uma coisa também se é para lidar com as consequências.
    Mas já agora fiquei curiosa e vou tentar ver um episódio.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  29. Eu gosto imenso de ver esse programa e acho que é muito pedagógico. Mostra a realidade de se ser mãe\pai antes do tempo, de não conseguir conciliar com a escola, os amigos, as responsabilidades. Não acho nada sensacionalista e acredito que possa ser bem educativo para alguns adolescentes.

    ResponderEliminar
  30. Eu cá quando estou aborrecida ligo sempre num desses programas da MTV ou então nessa fonte inesgotável de entretenimento que é o TLC!

    ResponderEliminar
  31. Não tenho paciencia para programas desse género. O titulo já diz tudo. Mas quanto diferente é uma historia de outra, e outra, e outra? OK, são pitas que fizeram sexo desprotegido e, pasmem: engravidaram!

    Dah!

    ResponderEliminar
  32. É o que dá criançar a terem crianças! Eu nem vejo para não em assustar!

    ResponderEliminar