quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Facto


As torradas têm sempre um sabor especial quando são feitas na casa da minha avó.

Sabores de infância.   

27 comentários:

  1. digo imenso em relação aos bifinhos de peru... imensa pena da minha avó já ter abandonado a sua casa e já não preparar os bifinhos para os netos como ela tanto adorava :S

    ResponderEliminar
  2. HUMMM avivaste-me a memória! Aquele pão aquecido no "borralho", porque afinal não havia torradeira, e aquele café feito no brasido! Aquele que era preciso esperar alguns instantes para as borras descerem!

    Era o pequeno almoço feito com carinho, com o tempo que só os avós têm!

    ResponderEliminar
  3. Adoro torradas! E tu deixaste-me com água na boa! E agora? Isso não se faz hehehehe :P

    ResponderEliminar
  4. As torradas costumavam ter um sabor especial para mim quando eram feitas na casa da minha ama, com azeite e sal! :)

    ResponderEliminar
  5. Concordo!!

    E quando a minha avó as fazia ao lume...ai sim... ai que saudades...

    ResponderEliminar
  6. Hmm... Nas torradeiras de inox com mola. Lol. Que delicia.

    ResponderEliminar
  7. eu são as batatas fritas. agora não tenho comido, mas lá sabem-me sempre melhor :)

    ResponderEliminar
  8. Sabe tão bem quando essas lembranças batem à porta... ;)

    ResponderEliminar
  9. Comigo também é com as batatas fritas. Em mais lado nenhum são tão boas :)

    ResponderEliminar
  10. Por acaso não sinto muito isso dos sabores de infância...mas há coisas que gosto, como por exemplo o arroz doce da minha mãe! Apesar de não trocar o meu arroz doce por nada! :)

    ResponderEliminar
  11. Na da minha avó eram as batatas fritas...
    Ela até as pode fazer na minha casa,mas não é a mesma coisa... :)

    ResponderEliminar
  12. É bem verdade, há sabores que nos despertam recordações tão boas! A cevada da minha avó é irrepetivel, já tentei fazer em casa com um daqueles sacos antigos igual ao dela mas não é a mesma coisa!

    ResponderEliminar
  13. Tens muita sorte de ter uma boa avó...

    ResponderEliminar
  14. É como marmelada para mim! E curiosamente, só em casa da minha avó me dá prazer comer marmelada. Coisas!

    ResponderEliminar
  15. A minha mãe faz a sopa de agriões exactamente da mesma forma como a minha avó fazia, mas não fica igual. Também gosto muito, mas a da minha avó era ainda melhor!

    ResponderEliminar
  16. Oh, Teresa, acabei de apagar o teu comentário sobre o café da tua mãe. :(

    ResponderEliminar
  17. E o leite com cevada da avó? :D É uma delícia :D

    Beijinhos :D

    ResponderEliminar
  18. Como eu te compreendo!
    Também tenho alguns sabores da infância, e só sabem mesmo bem, feitos pela avó!
    :-))

    ResponderEliminar
  19. Opá podes crer! E até pode ser o mesmo pão (que no meu caso não é) e a mesma manteiga (que no meu caso também não é), mas o sabor é diferente, pronto!

    xx

    ResponderEliminar
  20. E o cheiro da casa deles? É tão reconfortante,não achas?

    ResponderEliminar