sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Continuando nestes dramas blogosféricos...

Só há uma coisa que eu admiro nestas pobres almas: a porra da persistência.

Vêm cá todos os dias tratar-me mal, andam a procurar comentários meus em tudo o que é lado, escrevem sobre mim aqui e ali e ainda são patetas o suficiente para ir deixar comentários maldosos nos blogues dos meus leitores. Eu ignoro, mando os comentários todos para spam, mas eles continuam a chegar ao mesmo ritmo do costume.

Eu cá desconfio que o facto de saberem que leio os comentários deve ser o equivalente a um orgasmo. Já estou mesmo a imaginar o ar de felicidade enquanto pensa "ui, agora é que ela vai ficar lixada". Geralmente sorrio, mando para spam e penso "bom, estou aqui com um ratinho na barriga, é melhor ir à cozinha buscar um pacote de bolachas".

25 comentários:

  1. Oh gente frustrada que pensam que são os donos da verdade...cada um é como é, escreve o que quer e vive como quer!! Haja paciÊncia...*

    ResponderEliminar
  2. Eu receitava uma caixinha de Rennie e um Bepanthene para a dor de cotovelo!
    É ridículo, não têm vida, vivem a vida dos outros, que perda de tempo, não lhe ligues, ignora isso, continua a enviar para o spam, hão de parar! Força! *

    ResponderEliminar
  3. Deixa-os acreditar que serves de saco de boxe :) Qualquer dia lá se apercebem que estão a dar socos no ar!

    ResponderEliminar
  4. Isto é revelador do estado da nossa sociedade, gente que não tem mais nada para fazer do que andar no encalce dos outros para depois escrever as únicas coisas de que são capazes: comentários dignos de spam.
    Porque não vão ocupar as mentes e os dedos com trabalhos de solidariedade? Faziam bem a si mesmos e ajudavam os outros. Gente enjoativa!

    Beijoca

    ResponderEliminar
  5. Não dá para entender mesmo, mas admiro a tua maneira de lidar com isso, consegues ignorar e não deixar que te perturbe, muito bem! :)

    ResponderEliminar
  6. Isso só é sinal de que o teu blogue é fantástico, se não fosse nem ligavam :)

    ResponderEliminar
  7. Olha querida, eu ligo-lhes muito pouco.
    Mal tenho tempo para o meu blog e seguir os que gosto quanto mais andar à procura de blogs que não gosto para chatear o pessoal.
    É tempo livre a mais, é o que é...

    Lux

    ResponderEliminar
  8. A vantagem de ter um blog pouco conhecido é que não tenho chatices dessas, Por enquanto, anónimos importunos e coisa que não me bate à porta.

    ResponderEliminar
  9. Há muita gente frustrada como egoista por aí... e com essas nem dou um segundo do meu tempo.
    Gente sem vida própria preocupa-se mais com a vida dos outros do que com a própria vida.
    Não te stresses... basta fazeres DELETE!

    Um beijo risonho xxx

    ResponderEliminar
  10. Acredite que a mais eloquente forma de devolver os insultos é ignorá-los. Referindo-se-lhes, confere-lhes relevância.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo das 17:26, eu sei. Durante meses e meses estive calada. O episódio de hoje nem foi comigo, mas irritou-me mais do que se fosse comigo. :)

    ResponderEliminar
  12. É nestes momentos que fico feliz por ter um blog tão fora dos holofotes.

    ResponderEliminar
  13. AHahahah a mim dá-me vontade de rir!

    Isto realmente a taxa de desemprego sobe e a estupidez desce :\

    ResponderEliminar
  14. Ignora MESMO. Escreveres sobre isso é dares-lhes atenção. Lixo com tudo e adiante....

    ResponderEliminar
  15. Olha, deixa lá, foi através de uma intriguista dessas, a Dianinha*, que conheci o teu magnífico blog!

    ResponderEliminar
  16. Flor, há que saber ver o lado positivo da coisa. ahahah :D

    ResponderEliminar
  17. -.- olha que sinceramente, não se percebe porque é as pessoas são assim. São más, são estúpidas não sei. Eu vejo blogs que não gosto de gente que não gosto, confesso. Mas nunca comento e muito menos sou hater. Apenas tenho curiosidade de ler as tolices das pessoas em questão ahah, se há gente que não gosta de cá vir, ou não venha ou cale-se.

    ResponderEliminar
  18. Assim dás-lhes na mesma motivo para ficarem felizes.
    Olha eles/as a imaginar:
    - Lá vai ela comer mais bolachas. Daqui a nada está que nem a Popota.
    Não devias dizer isso aqui. xD

    ResponderEliminar
  19. Runaway, deixa lá, já me chamam gorda e já... eu prefiro focar-me no facto do namorado me achar apetecível. ahahah

    ResponderEliminar
  20. bom, estou aqui com um ratinho na barriga, é melhor ir à cozinha buscar um pacote de bolachas"

    Adoroooooo!!!

    ResponderEliminar
  21. Caga neles S.
    A melhor forma é fazer um belo smile.

    ResponderEliminar
  22. Gente porca e com dor de cotovelo!
    Não te importes, isso é sinal que te apreciam, mas são incapazes de lidar com o teu sucesso e felicidade, a melhor maneira de os calares é mostrar-lhes a tua felicidade.
    Beijinhos eu gosto muito de te ler

    ResponderEliminar
  23. Não há paciência para gente dessa. Pergunto-me porque é que o nosso país está carregado de gente assim. Oh mentalidade pequenina.

    ResponderEliminar
  24. Há gente mesmo frustrada, não vale a pena te chateares S*, porque essa gentinha ainda por cima é cobarde e não muda nunca, parece que vivem para infernizar a vida dos outros!

    ResponderEliminar