segunda-feira, 20 de agosto de 2012

É complicado

Temos uma certa tendência a assumir que as mulheres que "aceitam" levar porrada dos maridos são:

- pessoas com baixa auto-estima,
- sentem-se isoladas,
- dependem financeiramente do parceiro,
- têm filhos pequenos.

Depois vemos estes casos, como a da menina-bonita-ricaça-bem sucedida Rihanna, que admite ter saudades do Chris Brown, que foi o fulano que lhe pôs a cara feita num oito.

Não sei o que diga, há gente que parece que não quer ser feliz. Eu sei que nunca se pode dizer que desta água não beberei, mas ainda está para nascer o homem que me ponha o dedo em cima. É que eu tenho uma boa família... se me pusesse um dedo em cima, suponho que a família lhe pusesse as mãos inteiras em cima.

31 comentários:

  1. se lhes falasses disso...

    ResponderEliminar
  2. eu digo o mesmo, mas acho que falar é muito fácil. Como se diz por aqui, falar vai dos queixos. Nós que estamos de fora dizemos essas coisas mas só quem as passa é que sabe o que custa e as razões para continuarem com alguém assim. Não devemos julgar quando nunca passamos por nada parecido. E contra mim falo, que sempre disse que homem nenhum me poria a mão em cima! Até agora nunca aconteceu e duvido que aconteça, mas nada me garante que se acontecesse eu teria a frieza que tenho agora. Sei lá, acho que só quando se passa por isso é que se sabe como reagir.

    ResponderEliminar
  3. Não entendo também. No caso da Rihanna só vejo uma hipótese: a simples estupidez.
    Não me parece que a menina possua um Qi por aí além, para ser franca.

    ResponderEliminar
  4. Entendo o k dizes,e d certa forma tou totalment d acordo.
    Mas mts xs,na maioria delas.há mt mais p lá do k se sabe ao certo,e o k 'lá vai dentro' só Deus saberá!!

    ResponderEliminar
  5. Realmente, eu também li as declarações que ela fez e foi totalmente incompreensível para mim!

    ResponderEliminar
  6. das duas uma: ou é burra ou come feno!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo, eu sou muito agarrada à família. Essas coisas não se conseguem esquecer de quem nos é tão próximo.

    ResponderEliminar
  8. M(coração), olha que há coisas que conseguia jurar que nunca iria permitir. Nunca devemos dizer nunca, mas "quase nunca" é permitido. :)

    ResponderEliminar
  9. Olha, também não sei como me pronunciar acerca disto... acho que só quando nos acontece é que sabemos realmente como é. Mas que nem toda a gente é igual isso já se sabe. A minha irmã estava com o marido há dez anos e, no dia em que ele lhe bateu, ela saiu de casa com o filho em baixo de um braço e os móveis em baixo de outro... E não mais voltou :)

    ResponderEliminar
  10. Linda,aqui no Brasil isso acontece o tempo absolutamente todo com algumas mulheres,a pessima distribuição de renda,o machismo o medo de não dar conta de criar os filhos fazem com que algumas mulheres aguentem esta violência sem agir,o pior e que quando agem,quando dão parte a policia usando a Lei Maria da Penha que deveria proteger a mulher,ela e morta pelo Estupido do homem que ela chamava de marido.
    Se ouvessem leis que protegessem realmente as mulheres elas não precisariam sofrer deste jeito.
    A baixa-estima,a covardia em sai de casa e enfrentar o mundo também paralisam muitos algumas mulheres e por ai vai.
    Qualquer mulher que se sujeite a viver assim precisa mais do que terapia,precisa de ajuda para conseguir entender que não merece apanhar e sim viver uma vida digna.
    Bjs
    Deusa
    vasinhos coloridos
    Obs:Ontem mesmo assisti aqui em minha enorme cidade,uma mulher que gravida apanhou do marido bebado.Quando a reporter perguntou se ela daria parte a policia,ela disse que não,porque ele era ótimo marido e não faltava nada para ela,a reporter chegou a levantar de tão furiosa que ficou....e no final disse para a louca que apanhou..
    -Boa sorte então.
    Não e de doer?

    ResponderEliminar
  11. Enfim,deve ter saudades de apanhar -.-'
    Há pessoas que são estúpidas ao quadrado...

    ResponderEliminar
  12. O meu paizinho contava-lhe uma história! Depois, claro, de eu lhe ter acertado na cabeça com o objecto mais pesado que tivesse à mão!
    A violência doméstica é uma questão tão complicada e delicada... Há tanta mulher a achar que não tem outra solução a não ser ficar em casa à mercê dos humores do marido...

    ResponderEliminar
  13. Realmente também me faz um pouco espécie...

    ResponderEliminar
  14. Acho que é por aí mesmo...
    Qdo estamos fora da situação não acreditamos que alguém se sujeite a isso. Mas qdo tentamos nos colocar no lugar da pessoa ou conhecer um pouco sua realidade, aí vemos as dificuldades.
    Tb acredito que muitas não sabem o que podem fazer e acabam com medo das mudanças, fora o problema dos filhos.

    Gostei das fotinhos da festa, bonitas!

    Abraços e ótima semana.

    ResponderEliminar
  15. É daquelas coisas que também não compreendo. O amor não é tudo, por muito que se goste há que impôr limites, e um homem que bate numa mulher deveria ser logo riscado da lista.

    Bjokas

    ResponderEliminar
  16. Pelos vistos ela é a favor do masoquismo. Pode vir daí a explicação. É triste, estas pessoas que têm mais notoriedade é que podiam dar o exemplo, mas pronto...

    ResponderEliminar
  17. Bom, mas não podes esquecer que há muita gente que pratica Sado-masoquismo, não é?
    Embora eu nunca vá perceber que prazer isso pode dar, tanto a quem bate como, e muito menos, a quem leva.

    ResponderEliminar
  18. Conheço em particular uns casos de violencia e a mulher deixa se estar,a mim faz me confusão, mas se alguem levanta me o dedo o caso esta entornado... vivi a minha infancia com violencia domestica e não tolero...

    Saudades ou porque gosta
    Bjstos

    ResponderEliminar
  19. Não há um prótotipo para a mulher que apanha e cala...exemplo disso tive-o há dias com uma pessoa que conheço muito bem e que não depende nada do marido, é uma pessoa que se arranja e com um ar fresco e jovial e que sai muito com os amigos.

    ResponderEliminar
  20. eu também não compreendo, muito sinceramente... mas lá está, só quem está por dentro das situações sabe o que sente...

    ResponderEliminar
  21. Atenção que o facto de terem dinheiro a rodos, serem famosas e se armarem aos cucus não quer dizer que não tenham uma baixa auto-estima e falta de amor próprio...

    ResponderEliminar
  22. Só quem está no convento, sabe o que la vai dentro.

    ResponderEliminar
  23. Infelizmente conheço um caso parecido com o da Rihanna! E acredita que é horrivel quando tu tentas de tudo para essa pessoa não voltar para os braços de um homem desses e ela não dá ouvidos aos amigos! Como é possivel que uma mulher bonita, jovem, inteligente e tudo mais possa gostar de um homem que lhe bate?? Não consigo entender mas já não sei que mais possa fazer.

    ResponderEliminar
  24. Concordo com a Bomboca. E apesar de rica, bem sucedida e tudo, nota-se que a menina tem uma insegurança enorme.

    ResponderEliminar
  25. Ia dizer o que aqui já foi dito. O facto de ser uma mulher bonita, com dinheiro e etc, não significa que não tenha pouca ou nenhuma auto-estima. E por mais motivos que me possam dar, eu não consigo encontrar outro a não ser esse. Caramba, uma pessoa que gosta de si mesma não permite que a humilhem dessa forma nunca! É que não é só a dor física, é a humilhação, o rebaixamento, tudo! Há coisas que me transcendem e esta é uma delas.

    ResponderEliminar