quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Da mãe natureza enraivecida

Sempre que vejo as tragédias que a natureza pode causar, dou graças a Deus pelo nosso rectângulo à beira mar plantado ser tão pouco dado a essas coisas. Ele é o furacão Isaac, tsunamis, tempestades tropicais, cheias, secas prolongadas em calor infernal, tremores de terra... Ufa, Portugal, lá esse defeito não tens. Infelizmente, também dizem os especialistas que fomos nós, os humanos, que provocamos algumas destas "zangas" da natureza.

30 comentários:

  1. Deixa lá que Portugal já começa a ter secas extremas. Daqui aos tufões é um "ventinho". =P

    ResponderEliminar
  2. Sempre disse isso, que o nosso cantinho à beira-mar é seguro, é belo, é recatado. Por aqui existe muito descontentamento com a crise e o governo, mas não com o nosso Portugal, já que vivemos num pequeno paraíso escondido de muitas das catástrofes do mundo!

    ResponderEliminar
  3. eu tenho muito medo, nunca se sabe quando poderá ser a vez do nosso país

    ResponderEliminar
  4. Sem dúvida!
    Os responsáveis por estas "zangas" foi o Homem; desflorestamento, poluição, etc...de que estavamos à espera?
    É preciso corrigir comportamentos rapidamente!

    ResponderEliminar
  5. Sem dúvida!
    Os responsáveis por estas "zangas" foi o Homem; desflorestamento, poluição, etc...de que estavamos à espera?
    É preciso corrigir comportamentos rapidamente!

    ResponderEliminar
  6. Podemos sofrer de muitos males mas essas intempéries de facto não gostam de Portugal. Menos mal!

    ResponderEliminar
  7. Nós temos secas e cheias S*. E temos os incêndios que assolam o país o Verão inteiro, consomem florestas inteiras e matam animais indefesos, ameaçam casas e terrenos. E Lisboa tem uma falha sísmica tremenda que a qualquer momento pode "acordar". Em 1755 o famoso terramoto provocou um tsunami... Não temos,felizmente, outro tipo de catástrofes naturais,mas cá vamos tendo os nossos problemas...

    ResponderEliminar
  8. Por acaso Portugal é uma zona sísmica com alguma importância, com falhas que podem provocar (e já provocaram) grandes tragédias. Não estamos livres.

    ResponderEliminar
  9. True, mas também tivemos o terramoto de 1755.

    ResponderEliminar
  10. Para dizer a verdade, Anónimo, ninguém está livre. Todos os países se habilitam a este tipo de tragédias. Só que apesar de Portugal estar numa zona vulnerável, felizmente os nossos últimos grandes terramotos foram no século XVIII.

    ResponderEliminar
  11. Bê, querida, secas extremas... cheias daquelas que deixam centenas e milhares desalojados. Nós não temos disso, apesar de termos as nossas pequenas cheias e os períodos curtos de seca. :) E o terramoto maior foi realmente há 250 anos. Não me parece que tenhamos assim taaantos problemas... nos últimos anos, a maior tragédia de que me lembro foram mesmo as cheias na Madeira, que foi uma verdadeira catástrofe para nós, tão pouco habituados a essas coisas.

    ResponderEliminar
  12. Olha que com as falhas sísmicas.....

    ResponderEliminar
  13. Permite-me discordar e dizer que quem assistiu e viveu de perto os incêndios terríveis que tivemos este verão (Madeira e Algarve são só dois exemplos) terá uma opinião muito diferente. Eu consigo apenas imaginar o terror e angústia de quem os vive.

    ResponderEliminar
  14. Pensei tanto nisso quando estava em Flórida debaixo da tempestade Debby, não é fácil!! *

    ResponderEliminar
  15. Olha que eu vivo em frente À praia , e ao longo de 16 anos , ja sofremos uns sustos que ficam na memoria...

    ResponderEliminar
  16. A mim assustam-me estas mudanças no clima, é verdade que ainda achamos estar "no cantinho do céu", mas os incêndios que presenciamos por cá (Madeira), causaram um pânico terrível, nem me quero lembrar, já para não falar na grande tragédia que foi o 20 de Fevereiro, acho que cada vez mais (oxalá que não) vamos assistir impotentes, a muita tragédia, o clima está cada vez mais estranho, tudo ao contrário!

    http://viradadoavesso-katie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  17. Bem, eu moro em Portugal e a minha casa ficou destruída por um tornado em 2010. É uma sensação de falsa segurança porque ninguém está livre, acredita.

    ResponderEliminar
  18. Felizmente não somos os amis afectados, mas olha que os Açors têm sofrido um pouco com tromores de terra, o último que fez grandes estragos não foi há muitos anos, e quase todos os anos temos enchurradas que normalmente levam algumas vidas. Mas percebo o que queres dizer, há países que sofrem um ano todo com este tipo de coisas e que arrasam milhares de vidas

    ResponderEliminar
  19. lá isso é verdade. Vivemos num "paraíso" e n sabemos
    bjs*

    ResponderEliminar
  20. Por enquanto vamos estando descansados, mas como já foi dito temos a falha sísmica...e o tempo está cada vez mais instável...e na semana passada passou um furacão pelos açores...

    ResponderEliminar
  21. Essa foi sempre a minha orientação, respeitar os sentimentos dos outros.

    ResponderEliminar
  22. Cat, querida, eu bem sei, até fiquei agoniada quando escreveste sobre isso... felizmente eu nunca passei por nada disso, por isso acabo por achar que o nosso país não tem essas "raivas" da natureza, mas esporadicamente lá passamos por momentos difíceis desses. Espero que as coisas estejam mais compostinhas por esses lados. :)

    ResponderEliminar
  23. Ja estao sim, querida, obrigado. Espero por tudo que nunca se repita.

    ResponderEliminar