Avançar para o conteúdo principal

Amor é...

Ficarmos embevecidos a olhar para a nossa Blackie de cada vez que ela vem para a nossa beira. Ela é desconfiada, pelo que cada vez que ela resolve dar-nos um voto de confiança acabamos a sorrir um para o outro.


PS: A coleira fui eu que fiz, nada de dizerem mal.

Comentários

  1. Aquilo é uma coleira?
    Pensava que era o lenço do Tim, dos Xutos. eheheheh

    ResponderEliminar
  2. Ela é muito gira.
    O olhar dela é mesmo um olhar de quem se interroga sobre tudo o que a rodeia. Com o tempo ela aprenderá a confiar.

    Kisses, Em**


    http://simplicityischic.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. A minha mais pequena, a Sushi, também é assim, por isso percebo bem esses momentos.

    ResponderEliminar
  4. o meu, também muito pouco dado a meiguices, anda numa fase muito delico-doce. Pede colinho e dá muitas turrinhas. E eu derreto-me, pois claro que derreto.

    ResponderEliminar
  5. tadinha delaaa.... tira lhe a forca ;)

    Paulinha

    ResponderEliminar
  6. Como é que fizeste a coleira? Dá-me algumas dicas. Tenho dois gatinhos pretos (uma menina e um menino) e não os consigo distinguir, pelo que tava a pensar em alguma coisa do género ;)

    ResponderEliminar
  7. Eles são capazes de tudo! O meu é mais calmante (por vezes) que um prozac! LOL

    ResponderEliminar
  8. O meu Bonifácio é exactamente a mesma coisa. Muito desconfiado, mas quando vem sentar-se ao nosso lado, ficamos em delírio! eheh

    ResponderEliminar
  9. Anónima dos gatos pretos:

    Eu usei a máquina de costura da mãe, mas se não tiver máquina suponho que consiga fazer a mesma coisa à mão, só dá é mais trabalho.

    Escolha um pedaço de tecido ao seu gosto. Aproveite um daqueles restos que toda a gente tem em casa. Corta 35 centímetros ao comprimento e cerca de 6 cm de largura.

    Dobra o tecido ao meio, do avesso, e cose de uma ponta à outra, pela beira, para "fechar". Depois de fechada a coleira, vira tudo para que fique a parte colorida de fora.

    Meta um elástico à medida do pescoço do gato. Lembre-se que não é suposto esganar o bicho. Corte com 2 cm de margem. Depois enfia o elástico dentro do tecido (que é obviamente maior do que o elástico). Agarre nas pontas do elástico e cosa uma à outra, para prender. Depois é só meter uma parte do tecido dentro da outra parte... para ficar bonito, faça uma bainha no tecido que fica de fora. Cosa para a frente e para trás, para fechar bem, e está pronto. Demora 5 minutos... na máquina. :)

    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  10. adorei esta ideia para coleira! Talvez tenha que experimentar ... o meu gato não gosta nada das tradicionais, pode ser que se sinta melhor com estas :)

    ResponderEliminar
  11. *com estas novas versões «caseiras»

    ResponderEliminar
  12. Janny, esta não magoa, não aperta... e é fácil de lavar.

    ResponderEliminar
  13. Ó coisinha mais boa!
    Gatos, gatos, gatos!
    Adoro gatos!

    ResponderEliminar
  14. Eu não gostava muito de gatos precisamente por causa dessa característica que muitos têm que é a desconfiança. E por isso sempre preferi os cães que são muito dóceis e carinhosos com os donos. Mas estou a render-me cada vez mais aos gatinhos porque eles se quiserem conseguem ser igualmente carinhosos e fofinhos so têm de nos escolher :) e então é só ter paciência!

    ResponderEliminar
  15. Quer dizer, enfias essa coleira na bicha e depois queres que ela seja amiguinha?! Tá bem abelha. O ar esgroviado dela com a coleira explica bem os maus tratos psicologicos que sofre!

    ResponderEliminar
  16. Ai o que eu gosto dessa coleira!!! Afinal há mais gente com jeitinho para a costura, hehehe! :D

    ResponderEliminar
  17. LINDA!!! a coleira parece um lenço dos Xutos, mas é gira, não me batas, ok?

    ResponderEliminar
  18. Está mesmo com olhar de desconfiada, parece que está a franzir o sobrolho haha

    ResponderEliminar
  19. O meu detesta coleiras. :( Eu gostava tanto que ele usasse. Devo por só quando for maior? Como é que fazes?
    bjinho e um dia colorido

    ResponderEliminar
  20. mundoacores, olha lê a caixa de comentários... expliquei acima. :)

    ResponderEliminar
  21. é que ela tem mesmo um ar de desconfiada... lol

    ResponderEliminar
  22. Parece um lenço mas vai com o tom de pele da bicha, eheheh.

    ResponderEliminar
  23. A coleira?
    Dizer mal?! A pobrezinha morre de calor, menina S*.

    É tão linda, a Blackie!

    Bj

    ResponderEliminar
  24. Observar o meu gato é das coisas que mais gosto de fazer! Além de me divertir, aumento o amor que tenho por ele :).

    ResponderEliminar
  25. Tão fofinha e fashion ;). Pena não conseguir convencer o macho lá de casa a ter um animal assim fofo :S

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

:)

Um mês e dez dias depois, tive oficialmente "alta" médica. Ainda não estou aí para as curvas, mas já obtive autorização para voltar a conduzir. Também posso fazer fisioterapia sem preocupações... Já tinha feito uma sessão - na passada semana - e é impressionante o bem que apenas 45 minutos de fisioterapia me fez! Este fim-de-semana volto para o meu apartamento e para as minhas rotinas. Estou feliz por voltar ao meu mundo, mas reconheço que quase mês e meio no ninho da mãe, nesta fase do campeonato, me fez muito bem. Precisava de curar-me física e emocionalmente. Não estou boa, mas estou quase boa.  O melhor ainda está por vir. A todos os níveis.

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

Facto

Apaixona-te por alguém que te tire fotografias "só porque sim" .  Esta é novidade para mim e admito que fico sempre algo comovida. Acho muito bonito.