quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Amor é...

Sentir que, mesmo durante o sono, acabo por aproximar o meu corpo do dele. Para adormecer, encosto-me ao meu lado da cama e ficamos com quase um metro a separar-nos, mas durante a noite vou pouco a pouco para a beira dele.

13 comentários:

  1. Assim o amor é lindo!
    Assim o amor vale a pena!

    ResponderEliminar
  2. Lembro do tempo que era acordada a meio da noite e ouvia um * estou a cair da cama,

    ResponderEliminar
  3. Palavras muito giras ;) O amor é mesmo assim
    Bjs ;)

    ResponderEliminar
  4. eu sempre rebolei em sentido contrário mas eles chegam-se. rai's parta! ahahah

    ResponderEliminar
  5. Nós costumávamos adormecer abraçados e depois afastavamo-nos durante a noite (talvez com calor ou à procura de espaço para dormir melhor...). Isto antes das "infiltradas", que agora a nossa cama é um forró (ou melhor, não há é espaço para o forró, hehehe!):D

    ResponderEliminar
  6. Pois é, só é pena por vezes quase cair da cama com tanto amor em cima de mim... :P

    ResponderEliminar
  7. Vocês adormecem separados??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????? :P

    Aqui não, adormecemos super colados e depois.... continuamos colados porque por mais que eu o empurre ele "cai" sempre para cima de mim, eheheh :P

    ResponderEliminar
  8. ca em casa e adormecemos juntinhos e miminhos, depois eu fico com calor e vou-me afastando e ele vem atras de mim. resultado as vezes quase caio da cama heheheheh, mas quando recomeco a acordar de novo volto a aproximar-me mais dele :D

    ResponderEliminar
  9. ádescávir, com o calor, quero lá saber do romance! :D

    ResponderEliminar