terça-feira, 10 de julho de 2012

Profissão: ex-ministro



No domingo à noite, na Sic, passou a grande reportagem "Profissão: ex-ministro", do jornalista Pedro Coelho. Aconselho todos a verem, um retrato duro e cruel dos motivos pelos quais este nosso país à beira-mar plantado não consegue andar para a frente.

Resumidamente, explica como cerca de 50 ex-ministros e ex-secretários de estado se "safaram" depois de sair do Governo (PS e PSD, dá para todos). Passaram de uma vida boa, no Governo, a vidas de luxo em empresas privadas. O Mexia, da EDP, por exemplo, no ano passado ganhou 3 milhões de euros, entre salários e prémios. Arre que o homem deve ser mesmo fabuloso naquele trabalho, hein?

Muitas vezes, acabam a chefiar empresas que tutelavam enquanto governantes. Um ex-secretário de estado da energia, por exemplo, agora está na direcção da REN. É, ou não é, de um grande descaramento? Para lhe darem de bandeja o cargo, nem quero imaginar o que terá feito para benefício da empresa, enquanto governante.

Chocante perceber o número de ex-governantes que está na direcção da EFP, da REN, da Galp, das Águas de Portugal... Uma pouca vergonha.

Vejam. Dos melhores trabalhos que vi nos últimos tempos.


27 comentários:

  1. Até me deu vontade de mudar de canal... E alguns faziam cara de coitadinhos, ai que nem ganho assim tanto...
    Arre!

    ResponderEliminar
  2. Está por todo o lado isto.... esta foi uma análise feita à poucos dias também:

    http://www.youtube.com/watch?v=WOrv8IH1ZB0

    Recomendo-a .

    *

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente a realidade que estamos a viver...

    ResponderEliminar
  4. Também vi. Resumindo e concluindo o melhor 'curso' a tirar hoje em dia é ir para a política. A partir daí abrem-se um sem número de oportunidade de emprego....

    Enfim.

    ResponderEliminar
  5. É nestes momentos que muitos portugueses se orgulham dos
    tempos do Oliveira Salazar. Nunca foi ladrão e morreu pobre. Portugal era autosuficiente e nunca andou a mendigar pelo estrangeiro.Enfim, deixou 865.936 toneladas em reservas de ouro que gostaria de saber onde é que elas param.

    ResponderEliminar
  6. A malta sustenta-os,n tem mal!!!
    K mais kerem??? Um yatch d ouro??? A malta arranja-lhes isso!!
    Kanojo!!!!
    :@

    ResponderEliminar
  7. deu-me uma vontade de saltar da cadeira e ir ao nariz daqueles pobres coitados.
    nao gostei nada de saber da situação, desconfianças todos nós temos, mas aquilo foi o descalabro.
    kis :=(

    ResponderEliminar
  8. Mas tu não sabias S?
    É público! e foi o nosso deixa andar que permitiu!
    Para alguns somos mesmo a república das bananas!
    @Von quanto às toneladas de reservas em ouro reza a história que foi o nosso "querido" Mario Soares a dar conta delas!

    ResponderEliminar
  9. O Sexo e a Idade, claro que sabia, não vivo no mundo da lua... :p mas tantos exemplos ao mesmo tempo foi enervante.

    ResponderEliminar
  10. Eu vi e fiquei como tu. Incrédula. É mesmo impressionante o descaramento destes nossos governantes, que agora, depois da merda feita, vem a nós, povo, retirar míseros benefícios.
    Para mim o pior foi ouvir um ex-ministro, antes de entrar para a presidência de uma grande privada, a dizer que: "Eu vou ganhar o que está estipulado dentro dos parâmetros da empresa, nem mais, nem menos." Com o um balão ao lado da cabeça, com o pequeníssimo valor de 45mil euros escrito.
    Vergonha mesmo!

    ResponderEliminar
  11. Isto sempre aconteceu e sempre acontecerá. Quanto queres apostas que o Passos Coelho e o seu leporíado Miguel Relvas ganharão daqui a uns 3 anos, quando forem corridos do governo?
    A política é o trampolim destes mânfios. Não se importam de ser vaiados, de verem a sua vida politica e privada escarrapachada nos jornais, porque sabem que quando sairem da política, as grandes empresas os chamarão, a tal continuação da promiscuidade entre a politica e os negócios.
    Concordo com a opinião do Von, políticos sérios e honestos como o Salazar, já não se fazem e nós precisamos de um assim.

    ResponderEliminar
  12. nojento é o que é.
    deviam estar todos na prisão.

    ResponderEliminar
  13. De facto é uma vergonha. Pede-se sacrifícios a todos, para ultrapassar uma crise da qual não somos culpados e vemos estes "senhores" (e outros)a viverem à grande e à portuguesa... somos mesmo um pais de brandos costumes, deixamos fazer tudo com uma resignação triste de se ver...

    Bjs

    ResponderEliminar
  14. é esta triste realidade que muitos parecem fazer questão de ignorar com o pensamento 'hoje são eles amanhã posso ser eu. espertos!' sempre em mente a tentar tirar sempre o melhor proveito da situação.

    Isto é só um exemplo do que o Factor C consegue neste país. O problema é que quando é com o nosso tio, irmão ou sobrinho já não somos capazes de mostrar tanta indignação.

    ResponderEliminar
  15. Cláudia, eu não sou uma pessoa indignada com as cunhas, atenção... se uma cunha der uma OPORTUNIDADE a alguém competente para mostrar o que vale, não me choca. O problema é que estes senhores não mostram competência no Governo e ainda por cima são corruptos... e vão ganhar milhões às nossas custas. Isso sim, me indigna. Agora a cunha leve, de ajudar a sobrinha, o irmão ou a prima a arranjar trabalho, isso entendo.

    ResponderEliminar
  16. Eu decidi mudar de canal quando um deles, já não me recordo qual, afirmou que um ministro ganha mal. Mal (ou nada) ganho eu, que terei de me sujeitar a um estágio não remunerado se quiser progredir na carreira! É demais!



    querocafecomleite.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. Eu não vi na tv mas vi entretanto na net e fiquei horrorizada. Sinceramente só nos dá (ainda mais) vontade de emigrar...

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  18. Eu vi. ada que já não soubesse mas a revolta que me deu foi enorme!

    No fim esta crise é apenas "só" nessa que eles, todos eles, da esquerda à direita gozam na nossa cara!

    Uma vergonha!

    ResponderEliminar
  19. era enche-los de porrada e humilha-los em praca publica. governar ta quieto, nao fazem nada de util, e so pra ir pro tacho e pra empresas publicas encher os bolsos.
    eu tenho uma vergonha gigantesca da nossa classe politica

    ResponderEliminar
  20. Aqui o teu estaminé acabou de passar na Sic a proposito desta tua entrada! Quero um autografo sim?!

    ResponderEliminar
  21. becas, estou toda vaidosa só de saber. Tenho de procurar. :D

    ResponderEliminar
  22. ainda não vi, mas pelo que li parece me que tenho que ver

    ResponderEliminar
  23. Isto não é novidade nenhuma, eu gostava de saber é o que eles descontam para a segurança social...

    ResponderEliminar
  24. Não vi mas agora vou ver de certeza ... revoltam-me estas coisas.

    ResponderEliminar