segunda-feira, 2 de julho de 2012

Da falta de tudo

Uma mulher, de 83 anos, foi agredida e violada no domingo pelo neto e outros dois rapazes, na sua própria casa, em Oliveira de Azeméis. A vítima vive acamada há mais de dois anos e tinha o marido no hospital há dias. Foi internada na Feira.


Ele há porcarias que nem merecem comentário. A estes três, era cortar o dito cujo. Ou um tiro certeiro. Não se perdia nada.

33 comentários:

  1. Tipo? Não consigo sequer perceber o que vai na cabeça desses putos, para além de ar e vento. Enfim..

    ResponderEliminar
  2. É mesmo falta de tudo... O neto??? Uma senhora acamada? Como é que é possível?

    ResponderEliminar
  3. Epah, a notícia já seria aterradora se fossem 3 miúdos quaisquer... agora o neto?! Em que mundo vivemos? Que é feito da distinção entre animais racionais e irracionais?

    Estou chocada!

    ResponderEliminar
  4. realmente isto nem tem comentário possivel, ao menos estão presos?

    Maggie

    ResponderEliminar
  5. Era cortar o dito cujo com folhas de papel. Para ser doloroso e demorado.

    ResponderEliminar
  6. como é que é possível?
    Isto são pessoas doentes mentais
    quem é capaz de fazer isto a própria avo é capaz de qualquer coisa
    bjs*

    ResponderEliminar
  7. Isto é MUITO doentio!

    Para não falar de pagarem ao neto para cuidar da avó...

    ResponderEliminar
  8. Estou chocada... e onde andam eles? Á solta?

    ResponderEliminar
  9. Quando dizem que o mundo está perdido eu acho que não, mas depois leio estas noticias e não podia ter mais certeza :/

    ResponderEliminar
  10. Isto parece tirado de um filme...a sério, há coisas difíceis de acreditar!!

    ResponderEliminar
  11. Estou a alguns minutos e, não consigo escrever nada.

    Uma falta de tudo, é somente a única coisa que me sai. :S

    ResponderEliminar
  12. Primeiro era fazer-lhes o mesmo, umas poucas de vezes, depois então sim, era cortar-lho para a rua.

    ResponderEliminar
  13. Quando penso que mais nada me pode surpreender há sempre uma noticia vergonhosa assim ... Está tudo maluco! Espero que esses três tenham um castigo severo ...

    ResponderEliminar
  14. Arre gaita, não se faz nem quando um atrevido nos manda para a c*n@ da avó.
    Começo a brincar com coisas sérias e daqui a nada tenho pessoal à espera para me dar porrada. lool
    Falando a sério, para essa gente era construírem uma máquina de cortar fiambre robusta e grande e começar a cortá-los pela sola dos pés, em fatias bem finas.
    Em que raio é que este mundo se está a transformar?

    ResponderEliminar
  15. Doentes da pior especie.....
    cortar o dito sem duvida....e viverem na prisao o resto da vida...porque a morte para pessoas assim era um alivio

    ResponderEliminar
  16. Aberrante, mas certamente que esses três criminosos irão sair do tribunal hoje com um sorriso na cara. É nestes momentos que eu invejo a lei vigente no Irão ou nos Emirados Arabes Unidos no que respeita a crimes destes.

    BTW, esse JN deve ser mesmo o Correio da Manhã do norte. Idêntico nas notícias e destaques.

    ResponderEliminar
  17. Não consigo entender como há gente assim.....
    Não me consigo meter no "papel" da mãe desses rapazes...
    bjos

    ResponderEliminar
  18. Isto já é doença! Pelo neto???? Uma senhora de 83 anos?! Acamada?! Nem sei bem o que dizer. Que anormais!

    ResponderEliminar
  19. Ha coisas que me revoltam sinceramente.

    ResponderEliminar
  20. Há coisas que nos deixam mesmo doentes :( Nem consigo imaginar um mundo onde essas pessoas existam :S

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  21. Concordo. Sou a favor do corte para estes casos.

    ResponderEliminar
  22. ??? O quê? Ao que isto chega... a sério, uma senhora de 83 anos? Suponho que os netos tenham o quê, entre 20 a 30 ou mais não? Que coisa horrível. Podre família e pobres pais que vão viver com isso para sempre. Filhos da P***, deviam era apanhar uma infecção tão grande que a dita cuja caísse ao natural,... sério, que nojo.

    ResponderEliminar
  23. A minha justiça era injecção na veia e forno crematório!

    ResponderEliminar
  24. Acho que cortar-lhe o dito não era suficiente, era deixa-los juntos a outros violadores durante uns bons meses, só para sentirem na pele o que fizeram a pobre senhora sofrer, e assim sim cortar-lhes o dito.

    ResponderEliminar
  25. eu so posso ficar chocada com isto, como e possivel??? ng merece, ja nao ha respeito nenhum. por mim era cortar-lhes akilo a faca mesmo, e provavelmente as maos e os pes tb :|

    ResponderEliminar
  26. Esta sociedade dá-me nojo. Não tenho palavras. Uma avó? (Seja quem for nao tem desculpa, mas uma avó?). Isto é tão triste

    ResponderEliminar
  27. Há pessoas que não merecem mesmo habitar neste mundo...

    ResponderEliminar
  28. Que nojo!!! Dá vontade sabe Deus do quê ao ler tal notícia...

    ResponderEliminar
  29. Estou em choque e enojada... é uma idosa desprotegida, doente... com laços familiares!! É para sentir respeito, não desejo. É doentio!

    ResponderEliminar
  30. Não se perdia nada mesmo. Que horror, que espécie de neto é que faz isso?

    ResponderEliminar