terça-feira, 3 de julho de 2012

Da falta de tudo #2

Peditórios, em nome de instituições de solidariedade social ou até organismos públicos, têm sido usadas, em Braga, como meio de burla. Cruz Vermelha avisa que não faz peditórios na rua e Segurança Social alerta que não vai a casa das pessoas.


Isto dá-me uns nervos. Que gente, raios! A usarem nomes de instituições de peso, credíveis, para roubar as pessoas. Não só têm falta de carácter, como acabam por danificar a imagem de instituições.

9 comentários:

  1. A verdadeira miséria, é a miséria de espírito.

    ResponderEliminar
  2. É verdade, porque depois as instituições querem pedir dinheiro e ninguém dá :S

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  3. Cada vez as pessoas fazem mais "trafulhices" para com o proximo....
    Bjos

    ResponderEliminar
  4. A ignorância dessa gente que aceita doar dinheiro e outros bens a falsas instituições também deveria ser denunciada e criminalizada.

    ResponderEliminar
  5. metem nojo essas pessoas, sem dúvida!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. O que eu acho fantástico é que essas pessoas têm sempre grandes ideias, muita imaginação, e muitas engenhocas para burlar, roubar, assaltar. Então porque não usam essa inteligência toda em algo útil, que os fizesse arranjar um trabalho.irrita-me tanto as pessoas que não querem trabalhar, mas trabalham para roubar o dinheiro dos outros grrrr

    ResponderEliminar
  7. Pessoas estúpidas, essas!
    É por estas e por outras que eu não ligo a peditórios, a não ser que estejam devidamente identificados. Já fui assaltada dessa maneira, mas em Paris.

    ResponderEliminar