segunda-feira, 18 de junho de 2012

Os amores de Verão...

Nunca acreditei neles. Sou mulher de amores longos e com raízes sólidas. Não consigo entender esta ideia de ter um amor durante o Verão, que é esquecido com a chegada do Outono. Quando entrego o coração, entrego-o para que seja estimado em todas as estações do ano.

36 comentários:

  1. Não há amores de verão. Há paixões de verão. O amor tem de resistir ás imtempéris, só assim é que é amor.

    ResponderEliminar
  2. acho que nesses casos se devia falar em paixões de verão, porque para mim o Amor é coisa que leva tempo a construir.

    ResponderEliminar
  3. Parece-me que não se pode chamar isso de amor, talvez uma paixoneta. Geralmente acontece quando se passa o verão fora e depois, com a chegada do Outono, e o ter de se voltar para casa, tudo passa.

    ResponderEliminar
  4. Concordo contigo, amores de Verão não me fazem sentido algum.

    ResponderEliminar
  5. Nunca tive um "amor de verão", para mim faz sentido ter um amor ao qual possa dar continuidade em todas as estações do ano. Conhecendo me como conheço se tivesse um amor de verão ia chegar ao outono deprimida por ter de dizer adeus... não me consigo desprender dos sentimentos com essa facilidade e gosto de ser assim :)

    ResponderEliminar
  6. Isso parece-me ser mais coisa da juventude....dos teenagers que passam as ferias longe de acasa e quando acabam as ferias...acaba o amor ;)

    ResponderEliminar
  7. Amor é uma palavra raramente bem empregue. Parece-me mais que o termo seja "sol, suor e libido: sexo de verão".

    ResponderEliminar
  8. Tens razão...mas a expressão para mim faz sentido, porque conheci o meu grande amor, o meu primeiro e único amor, no verão!!!

    ResponderEliminar
  9. Em todas as estações e nos "intervalos".
    Copio a opinião da Raven!

    ResponderEliminar
  10. Concordo plenamente contigo. E nunca fui dessas coisas, uma vez quis tentar mas rapidamente percebi que sou pessoa de grandes paixões e não de coisas passageiras :)

    ResponderEliminar
  11. Não concordo.
    No verão tenho um amor especial por cerveja, que no inverno se passa para o lado das aguardentes e dos tintos. ahah

    ResponderEliminar
  12. Já somos duas


    O meu amor começou no inverno!

    Pode ser que seja um bom presságio.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Paixões que se iniciam no Verão, que é o mais provável eu concordo... aliás, quem não concorda?
    Agora amores de VERÃO não concordo.

    ResponderEliminar
  14. Eu também sempre fui rapariga para namoros 'a sério', e a prova disso é que só tive dois e foram longos ;)

    Beijinhos e tem uma óptima semana :D

    Obrigada pelo elogio às minhas unhas! :D

    ResponderEliminar
  15. É verdade, por isso é que quando não estimam o nosso coração eu apelido logo de fracassos...

    ResponderEliminar
  16. O meu primeiro beijo foi dado com uma paixoneta de verão! Mas não passou disso, claro está! Era a novidade aliada ao calor, noites bem passadas, praia e convívio e que, por isso, recordo com carinho e saudade ;)

    Mas eu também não acredito nesse amor e muito menos que se empregue a palavra Amor em algo tão efémero (claro que há excepções!).

    ResponderEliminar
  17. too_much ahahah... nesse caso, o meu amor por lasanha no Verão é substituído pelo amor pela fruta.

    ResponderEliminar
  18. Comigo nunca houve um amor de Verão. Acho que, se houvesse, nem lhe podia chamar "amor". Talvez "paixão" :)

    ResponderEliminar
  19. Acho que o que chamam amores de Verão é aquele "apetite" mais carnal que nos invade :). O desejo :)

    ResponderEliminar
  20. Sempre fui de amores "de inverno", longos, a chegarem a muitos verões.

    ResponderEliminar
  21. Concordo contigo. Também nunca tive nenhum, e sempre que estive com algum rapaz era a sério. claro que nem sempre deu certo e as coisas acabavam por ali, mas entregar-me a alguém só porque era verão e havia desejo não acho assim muito correcto :)

    ResponderEliminar
  22. Concordo contigo. Também nunca tive nenhum, e sempre que estive com algum rapaz era a sério. claro que nem sempre deu certo e as coisas acabavam por ali, mas entregar-me a alguém só porque era verão e havia desejo não acho assim muito correcto :)

    ResponderEliminar
  23. Curiosamente hoje já é o segundo post sobre amores de verão que comento. "Amores de verão" são amores de adolescente. Paixões assolapadas que passam com o calor. Não se trata de "amor", trata-se de "amores de verão", são coisas diferentes. :)
    [Ai, tantos amores de verão que eu tive... ;)]

    ResponderEliminar
  24. Este ano preciso de um "amor" desses...

    ResponderEliminar
  25. Querida S*, a Rosa, aqui da tua caixa de comentários captou a essência da frase- Amores de Verão!
    E eram tão gostosos, quando apareciam! ;)

    ResponderEliminar
  26. Turista, também acho que sim... eu é que nunca tive um. :P

    ResponderEliminar
  27. Melhor é o amor de Outono que aquece no Inverno, complementa a Primavera e irá fazer escaldar o Verão!

    ResponderEliminar