terça-feira, 19 de junho de 2012

Eu não sou de humor negro...

Hosni Mubarak morreu 17 dias após ter sido condenado a prisão perpétua

"Hosni Mubarak, que governou o Egipto durante 30 anos e que foi derrubado pela revolução da "primavera árabe", foi declarado esta terça-feira clinicamente morto. A informação foi veiculada pela agência noticiosa oficial do Egipto e confirmada por uma fonte hospitalar. O ex-presidente egípcio Hosni Mubarak tinha sido transferido esta terça-feira da prisão onde se encontrava para um hospital militar, depois de ter sofrido um ataque cardíaco.

Mubarak, de 84 anos, tinha sido condenado este mês a prisão perpétua".


Mas neste caso safou-se de boa. Da prisão perpétua.

De pessoas assim não costumo ter pena, mas uma morte é sempre uma morte.

16 comentários:

  1. Será mesmo que está morto?! Se calhar é uma manobra de diversão. Nunca se sabe... desde que vi o "Ditador" já acredito em tudo.

    ResponderEliminar
  2. stiletto, de facto, dele, é de desconfiar?


    (ahahah)

    ResponderEliminar
  3. (S*, já cá passo, invente um post bonito para eu comentar)

    ResponderEliminar
  4. Mais um a ir fazer companhia aos amigos.

    ResponderEliminar
  5. n consigo ter pena dele...lamento mt... parece-me irónico um ome de kuase 250 anos ficar condenado a prisão perpétua agr....dp de tudo k fez!!! ahhh ele afinal n tem (tinha?) 250 anos??!! (( é kuase a mm coisa...k insensível k eu sou...bolas!!))

    ResponderEliminar
  6. Deixa-o ir com a puta que o pariu... Pena não ter sofrido ainda mais.

    ResponderEliminar
  7. Nesse caso, acho que morrer foi sorte para ele, havia de vir a penar pouco na prisão, havia...

    ResponderEliminar
  8. Já devia era ter "embarcado" há mais tempo! O pior é que a morte dele não vem resolver nada!

    ResponderEliminar
  9. as outras sandalion eram giras
    esssas são uma merde

    nem sequer são gregas..

    muito gosta tu pá de impor a tua moral particular ó mundo

    adevias ir pró Dn ou pró 1º de janeiro

    pró avante nã quera uma pena muy severa

    ResponderEliminar
  10. Pensei que ias dizer que a justiça tinha actuado em conformidade e que a prisão tinha sido mesmo perpétua! Se calhar fizeram-no apanhar o sabonete logo nos primeiros dias e ele achou por bem ter um ataque... :D

    ResponderEliminar
  11. Acho que a saúde dele já não dava para estas manobras de diversão.
    Eu estive no Egipto pouco tempo após e revolução, e já nessa altura ele estava muito debilitado, e num estado de saúde muito frágil, a prisão perpétua par ele nunca seria muito tempo...

    ResponderEliminar
  12. menos um. (e podem-me chamar sem coração)
    bjs*

    ResponderEliminar
  13. Uma morte é sempre uma morte... MAS... por quantas mortes foi responsável o Sr. Mubarak?! E a morte foi uma injustiça, justiça seria apodrecer na prisão!

    ResponderEliminar
  14. Segundo as ultimas noticias, ele não morreu.. e até parece que melhorou.. :)

    ResponderEliminar
  15. Não tenho pena nenhuma desta morte, sinceramente!

    Até porque, possivelmente, nem é verdade! Manobras de diversão para o grande ditador sair dos holofotes da prisão...

    ResponderEliminar