quinta-feira, 10 de maio de 2012

Sangue do meu sangue - cinema português


tínhamos o filme gravado há imenso tempo e hoje resolvemos ver. As expectativas eram altas, afinal tinha 8 pontos do IMDB.

Rita Blanco, Fernando Luís, Nuno Lopes, Cleia Almeida, são nomes que respeito no cinema português e por isso a curiosidade era bastante.

Eu gostava de classificar o filme, a sério que gostava, mas cá em casa a reacção final foi algo do género... "que raio foi isto"?

O filme é forte. Tem momentos muito fortes, como o momento em que o traficante viola a tia do miúdo delinquente. Tem também a força dos laços familiares, os sacrifícios que fazemos pelos "nossos", pelo sangue do nosso sangue. Mas também tem muitos palavrões, e se em inglês a coisa não fica presa no ouvido, em português parece um chorrilho de palavreado porco, ao estilo Fernando Rocha.

Gostei. Dentro do estranho, gostei. Mas admito que o final foi qualquer coisa de muito... pobre.

20 comentários:

  1. Nunca vi mas, pela descrição, ainda não fiquei curiosa... (:

    ResponderEliminar
  2. Eu fui vê-lo ao cinema e adorei. Do início ao fim.. Mostra muito bem a força do sangue do nosso sangue. É um filme muito forte no seu todo.

    ResponderEliminar
  3. Eu nunca vi, mas não sei porque tenho tendencia a não gostar de filmes portugueses...Para além do Alice acabam por ter contornos bastante...estranhos

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Acho que apanhei este filme, no outro dia, no final, na RTP ou na 2. Acho que sim pelos actores que aqui mostras. Mas nunca tinha ouvido falar dele, na verdade.

    ResponderEliminar
  5. Nunca vi. E concordo com isso dos palavrões. Normalmente costumam abusar deles e a coisa em Português soa-me tão mas tão mal...

    ResponderEliminar
  6. A cena mais forte foi mesmo a da violação/humilhação da tia por parte do traficante para pagar a dívida do sobrinho.
    Mas realmente o final...deixou-me à espera de mais. Acho que o filme devia ter um final mais memorável.
    Mas pronto. Este filme serve para provar como o cinema "tuga" está a evoluir ;)

    ResponderEliminar
  7. A Rita Blanco é boa actriz, mas não aprecio muito as suas personagens, parece que está sempre sedada.... :)

    ResponderEliminar
  8. Fiquei curiosa S*
    tenho que ver....sem o piolho por perto claro...ehheheh ;)

    ResponderEliminar
  9. Gostei bastante, em Portugal ainda se faz bom cinema.
    Sabes os filmes são como como na vida, aquilo que idealizamos nem sempre se realiza!
    Bom Fim de Semana.

    ResponderEliminar
  10. muitas vezes o problema dos filmes portugueses é a quantidade de palavrões que constam do guião... tudo bem que o típico português é mesmo assim mas, não precisam exagerar tanto
    bjs*

    ResponderEliminar
  11. Ainda bem que avisas, não estava curiosa mas agora menos ainda.

    ResponderEliminar
  12. Quero muito ver este filme. E agora, depois do teu mais-ou-menos spoiler, ainda quero mais.

    E quero ver o "Assim Assim", também português. ;)

    ResponderEliminar
  13. Eu sou da opinião que o cinema portugês está a modernizar demasiado. Para mim os melhores filmes são mesmo os antigos, Pai Tirano, Pátio das cantigas, A canção de Lisboa, A menina da Rádio e podia continuar aqui horas. Mas é pena que as novas gerações já nem sabem quem foi o grande Vasco Santana e acham os filmes a preto e branco uma porcaria =( Tenho a sorte de ter um namorado que vibra como eu a ver esses filmes =)

    ResponderEliminar
  14. Um filme português sem palavrões é como um filme americano sem exibições da bandeira americana, não fica completo!

    ResponderEliminar
  15. Tentei ver. Como tem o Nuno Lopes, as expectativas eram elevadas. A meio desisti. Mas que raio de ideia é aquela dos planos e diálogos sobrepostos, que uma pessoas as tantas já não sabe se está a ouvir o "caralho" na sala ou o "foda-se" na cozinha?? Que guião tão pobre, senhor...

    ResponderEliminar
  16. Aí, eu adorei! Eu no geral gostosa filmes portugueses...são tão...portugueses! ;)

    ResponderEliminar
  17. Aí, eu adorei! Eu no geral gostosa filmes portugueses...são tão...portugueses! ;)

    ResponderEliminar
  18. Este teu post fez-me lembrar o último filme português que vi, "Um funeral à chuva" (se ainda não viste, aconselho-te)! Muito bom...mas pelo que descreveste, a única semelhança com este filme é mesmo serem os dois portugueses :p
    *

    ResponderEliminar
  19. Quando sairam as primeiras apresentações deste filme, pela historia, fiquei curiosa para o ver.. Mas há algo em mim que sempre me diz para não ver filmes portugueses (actualmente)... São SEMPRE um aglomerado de cenas de sexo explicito/asneirada sem fim :s Não vou muito à bola com isso! :/

    ResponderEliminar