segunda-feira, 28 de maio de 2012

Odiozinho de estimação

Gente que mastiga de boca aberta. Gente que mastiga de forma ruidosa. Gente que masca pastilha de boca aberta E de forma ruidosa.

Nada mais tenho a dizer.

39 comentários:

  1. Também detesto! E conheço algumas pessoas assim :x

    ResponderEliminar
  2. Gente que fala enquanto mastiga de boca aberta e de forma ruidosa :)

    ResponderEliminar
  3. E quando sugam a sopa da colher (ou da taça)? É daquelas coisas que me tira logo a fome...

    ResponderEliminar
  4. Sim, aquelas pessoas que parecem autênticos animais a comer. :S

    ResponderEliminar
  5. Como te compreendo.. É de uma falta de educação.. o cenário e os sons para quem está ao pé.. :S

    ResponderEliminar
  6. Epa não podia concordar mais. Mas é que odeio, tenho vontade de aniquilar essas pessoas quando estão perto (ou demasiado perto) de mim!! grrrrrr!

    ResponderEliminar
  7. eheheh então deves adorar o Jorge Jesus

    ResponderEliminar
  8. E os que palitam os dentes com as unhas, conheces?? Eu conheco...bah

    ResponderEliminar
  9. Tb fico bastante irritada quando tenho alguém ao pé de mim a fazer isso... bolas, mas ninguém educou estas pessoas?

    ***

    ResponderEliminar
  10. Também detesto por acaso...S*,vai lá ao meu blog e como sei que gostas de bichos,conta aqui a história da Campera.Pode ser que mais pessoas a ajudem...;(.Estou deveras triste...

    ResponderEliminar
  11. isso é daquelas coisas que me fazem perder logo o apetite :/

    ResponderEliminar
  12. Vic, o Jesus representa tudo isto!!

    ResponderEliminar
  13. Se nada mais tens a dizer, calculo que estejas a mastigar qualquer coisita de boca fechada:)

    ResponderEliminar
  14. E aqueles que, depois de comer, ficam a tirar os restos de comida dos dentes de uma forma ruidosa? Arrrrhggg!

    ResponderEliminar
  15. Ui...mascar pastilha elástica então mexe-me com os nervos!!

    ResponderEliminar
  16. Não vale a pena dizer mais nada, é mesmo nojento!

    ResponderEliminar
  17. Nem de propósito! Hoje, no metro, levei com uma criatura a mascar pastilha de boca aberta e -pior!- a fazer balões! Não era criança, nem adolescente, era adulta! Só me apetece espalmar a minha mão no balão para ela fica com pastilha na tromba toda!

    ResponderEliminar
  18. E quando mastigam de boca aberta e ainda soltam perdigotos??? Medo...mas existem!

    ResponderEliminar
  19. tb tenho esse odiozinho de estimaçao :p
    looool

    ResponderEliminar
  20. compreendo todos os teus pontos... e mais nao acrescento...
    XOXO

    ResponderEliminar
  21. E gente que desse modo come pipocas no cinema!!

    ResponderEliminar
  22. ... gente que parece fazer questão de que do outro lado da sala as pessoas ouçam cada sorver da sopa ou do café... que falem com a boca cheia de comida e mastiguem de forma ruidosa...eu trabalho com gente assim!

    ResponderEliminar
  23. Administrator, que sortudo. ahahah

    ResponderEliminar
  24. Ca nooooooooooiiiiijo!!!!! Também deio!!!!

    ResponderEliminar
  25. Aiii, odeio! Então quando fazem aquele barulhozinho a comer a sopa! Que nervos -.-

    ResponderEliminar
  26. És como eu!
    Então aquele Jorge Jesus põe-me doente! :X

    ResponderEliminar
  27. Tal e qual S*!!!!! No que toca a este odiozinho de estimação posso resumir a tudo o que sejam ruídos com a boca...mas claro, mastigar de boca aberta está no top... argh

    ResponderEliminar
  28. Não tenho ódio a ninguém por isso!
    mais tolerância, nem todos podemos ser iguais e perfeitos nas "boas maneiras".

    ResponderEliminar
  29. Olá, tal como eu, parece haver muita gente que odeia ouvir os outros a mastigar, entre outros sons que são capazes de causar grande irritação e até raiva. Segundo pesquisei, pode ser algo chamado de misofonia. Em português não há grande informação sobre o assunto, por isso, criei uma página no facebook (com o nome misofonia) para difundir a informação sobre o tema e também para reunir o maior número possível de pessoas com este problema, para que se possa provar que é uma condição séria nos casos mais graves, isto porque pode efectivamente afectar o normal desenrolar da vida quotidiana.

    Obg, Helena

    ResponderEliminar