quinta-feira, 12 de abril de 2012

Maternal: be or not to be!

Nunca penso em ter filhos, apesar de ter a pessoa que amo ao meu lado. Julgo que é da idade. Talvez daqui a 5 ou 6 anos me veja a ter filhotes, mas por agora não sinto sequer a mínima vontade. Se por um lado acho isso normal, por ser jovem, por outro lado assusta-me um pouco. Penso sempre que se calhar nunca vou ser realmente maternal.

53 comentários:

  1. Em breve a coisa resolve-se. Tudo tem um tempo.
    Digo eu, que não percebo nada da poda.

    ResponderEliminar
  2. Pois não sei que te diga, eu tb era assim e nunca mudei, cada um faz as suas opções em principio foi criticada depois aceitaram, que remedio!
    bjs*

    ResponderEliminar
  3. Querida S., não é uma coisa que todas queiram. Eu já tenho 31, a caminho dos 32 e esse instinto ainda não se apoderou de mim:)

    ResponderEliminar
  4. Claro que vais! aproveita a vida a dois e depois quando sentires vontade logo saberás qual é a hora certa. Bj**

    ResponderEliminar
  5. Provavelmente essa vontade surgirá mais tarde. Eu sempre fui habituada a ter crianças pela casa (primos e sobrinhos), tenho imensa vontade de ter filhos, e sempre senti o instinto maternal. mas ainda tenho tempo :P

    *

    ResponderEliminar
  6. São coisas que chegam com a idade! ANtes eu não pensava muito nisso, agora já começa a desperar algum interesse!

    ResponderEliminar
  7. Cada coisa tem o seu tempo! Quem sabe daqui a uns aninhos surge-te essa vontade!? E logo saberás quando for a altura certa!
    ;-))

    http://viradadoavesso-katie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. engraçado, um destes dias pensava exactanente nisso.e, mais, cheguei a conclusao que o meu homem tem o relogio biologico a 1000 e o meu nem a 10 vai :p beijocass

    ResponderEliminar
  9. Durante anos também pensei assim e um dia sem perceber porquê, a única coisa que queria era um bebé! E enquanto não descobri que estava grávida, algo dentro de mim não sossegava.

    Outros chamam isto de relógio biológico e acredita um dia o teu também despertará!

    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Não me parece nada que sejam coisas que chegeum só pela idade. Ou se quer ou não se quer e isso é das coisas que acho que se sabe desde cedo. Uma coisa é não ter as condições em determinado momento, outra é querer ou não querer.
    Eu juntei-me aos 21, nessa altura não pensava no assunto, depois com a idade comecei a pensar, mas percebei que era isso mesmo " pensar", a vontade essa nunca foi muito forte. Há dias que até me vejo com uma criança, mas são muito poucos, raros. E como as crianças quando chegam ficam sempre e não por momentos, nunca tive nenhum.
    Estou há 12 anos com a mesma pessoa, que amo profundamente e aos 33 anos a vontade não chegou.

    ResponderEliminar
  11. Talvez seja mesmo da idade e também penso que agora devem é aproveitar a vida que estão a construir. Mas também, se não surgir essa vontade, não é realmente problema. Uma mulher não é menos por não sentir vontade de ter um filho.

    ResponderEliminar
  12. Eu acho que a partir do momento em que estiveres grávida tudo mudará. Eu pensava como tu, mas à 1 ano uma amiga minha engravidou "acidentalmente" (ela não podia ter filhos e como tal não usada contraceptivos e daí ter engravidado) ela nunca pensou em ter filhos, nem sequer tinha esse sonho. Mas mal engravidou tudo mudou, hoje é uma grande mão e toda babada com o menino :')

    ResponderEliminar
  13. Podes ser maternal sem filhos... mas não caias nisso.

    ResponderEliminar
  14. anocas CREDO. Filhos só lá para os 30... :D

    ResponderEliminar
  15. vais sim. Ade chegar a altura em que o teu relógio desperta
    tem calma =D
    bjs*

    ResponderEliminar
  16. Cada coisa a seu tempo! Aproveitar cada etapa é o mais importante!

    ResponderEliminar
  17. No tempo certo acontece. Começas a sentir-te diferente em relação a isso.

    ResponderEliminar
  18. Nunca tive, e continuo sem ter. Se a continuação da espécie dependesse de mim, era o fim da dita! :-)

    ResponderEliminar
  19. eu sou o contrário... já o sinto à uns anitos mas ainda não encontrei quem me desse esse sonho.
    andamos todas trocadas é o que é... mas não te preocupes, porque um dia o teu instinto maternal chega ;)

    ResponderEliminar
  20. Também penso como tu, mas quando a altura chega o lado maternal revela-se e vais ver que serás uma óptima mãe :)

    Mas não penses muito nisso agora, que ainda é cedo. Tudo a seu tempo.

    ResponderEliminar
  21. Eu há uns anos atrás também não me via. Neste momento começo a ver as coisas a mudar. Qualquer dia mudo me novamente para a Beira e tenho 4 crianças que aquilo está a ficar desertificado!! ;-)

    ResponderEliminar
  22. acho que a Sociedade impõe um bocado essa ideia de as pessoas quando estão juntas a seguir vem a parte de ter filhos e depois outro e outro e enfim...antes de namorar a pergunta é sempre "quando arranjas um namorado" a seguir "quando casas" e por aí fora...
    cada um vive a vida da maneira que quer é é feliz à sua maneira....
    se um dia quiseres se um dia não quiseres tu é que sabes!!!!
    :)
    bjs

    ResponderEliminar
  23. Há mulheres em que o instinto maternal não chega e não é por isso que não são tão mulheres como as outras.
    eu sou ao contrário sempre pensei em ter filhos nova.
    Cada um é como cada qual, mais nada!...
    jocas

    ResponderEliminar
  24. Eu sou exactamente como tu, e agora com a idade a passar, porque ja estou a caminho dos 31, tb me começo a assustar, porque de facto nunca tive a vontade de ser mãe....tenho a noção que posso escolher se de facto quero ser mãe ou não, mas sei também q com essa escolha virão muitas criticas e muito olhares negativos, como se eu sendo mulher tenho obrigatoriamente de ser mae, mas essa escolha terá sempre de passar por mim e pelo meu marido...vamos andando e vamos vendo....

    ResponderEliminar
  25. Bem, eu não tenho o mínimo instinto maternal, não fico toda babada quando vejo crianças a fazerem graçinhas e também não penso em ter filhos. Não quer dizer que isto não venha a mudar, mas para já é um assunto que está longe, muito longe da minha mente.

    ResponderEliminar
  26. acho que isso de que as mulheres tem todas de ter instinto maternal e um mito, pelo menos nos dias de hoje.
    eu nao o tenho, nem sei se chego a ter.
    quando vejo maes a passear com os filhos acho bonito e e por ai. quando vejo recem-nascidos nao me babo, alias nao ligo nenhuma.
    se penso no assunto, penso, especialmente porque ja vivemos ha 5 anos juntos, e penso que gostava de os ter, mas dai a te-los... espirito zero, economicamente seria muito mau agora, portanto acho que tem mesmo de acontecer. Para ja nao me vejo a planear nada

    ResponderEliminar
  27. Há pessoas que simplesmente não são talhadas para a maternidade. Mas, na maior parte das vezes, é tudo uma questão de tempo. É raro o relógio biológico não tocar; provavelmente, será ainda muito cedo para isso; mas ele lá tocará, não te preocupes.

    ResponderEliminar
  28. Em tempo, o relógio biológico far-se-á sentir. Ou não. O que também não é uma calamidade. Somos todos diferentes, S*

    ResponderEliminar
  29. É quase como ter gatos, mas sem pêlo. ahah

    ResponderEliminar
  30. Ainda és uma criança... :P

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  31. Eu cá, acho que penso nisso desde sempre.. Se calhar eu é que sou estranha! Mas acho que agora deves aproveitar todos os momentos que tens com o teu mais que tudo, porque não vai ser fácil recuperar isso depois de aparecerem os pequenotes! Dá tempo a ti e ao teu amor, as coisas surgirão naturalmente, penso eu.. :)

    ResponderEliminar
  32. Também acabaram de se juntar, ainda é cedo, mas a seu tempo vais sentir essa vontade. Eu, apesar de nova, já a sinto mas faltam-me as condições que quero dar aos meus filhotes :)

    ResponderEliminar
  33. Eu adoro crianças..só tenho paciência pr elas. sempre falei em ter 1 filha e nunca em casar...n vou ter filhos, pelo menos...n és de modo algum pouco normal...há quem os queira ter e há quem n os queira ter...cd 1 com a sua ideia e nada mais q respeitar a ideia do próximo.
    eu tenho um bébé na familia a quem chamo filho...é só meu primo, mas adoro qd lhe digo anda cá filho e ele me tenta morder...assim cm adoro chamar filha à mha de 4 patas :)

    ResponderEliminar
  34. Eu acho que se deve ao facto de ser jovem. Eu também sou jovem, tenho um namoro estável, vivo com ele e não me passa pela cabeça ainda o assunto "filhos", portanto, culpo a jovialidade! Ou isso, ou começo a assustar-me como tu e a pensar que nunca vou ter espirito maternal :x

    ResponderEliminar
  35. Pois eu sim! Acho que nada me poderá fazer mais feliz nesta vida que um dia chegar a ser mãe e ter dinheiro e tempo suficiente para educar os meus filhos, estar com eles, ajuda-los a crescer e a serem felizes. Da mesma forma que os meus pais fizeram comigo...

    ResponderEliminar
  36. Daqui a uns anos tudo desperta, e se as tuas amigas ou irmã começarem a ter vais ver que que esse instinto se aí estiver vai aparecer, se nunca te der a vontade de ser mãe, não é o fim do mundo, nem todas as mulheres têm que ter filhos :) Não penses muito nisso só te vai aborrecer.

    ResponderEliminar
  37. Um dia quando menos esperares surge a vontade dentro de ti, até lá aproveita e bem.
    Eu também foi assim como tu, mãe so a partor dos 30.

    Bjstos

    ResponderEliminar
  38. Eu já vou a caminho dos 29 e esse lado maternal ainda não despertou. Imagino-me com um filho, não me imagino é grávida (o que complica um tantinho a coisa!).
    Mas como não há condições para isso para já, também não é coisa que me tira o sono.

    ResponderEliminar
  39. Mas, o que é que é isso do "relógio biológico", o meu deve estar estragado ou foi com certeza comprado nalguma loja dos chineses, porque simplesmente nunca funcionou. Uma mulher não é menos mulher, nem menos válida por não ter ou não querer filhos.E nem sequer passa pela questão de não se gostar de crianças. É uma opção de vida. Ponto. Esta coisa de, não sentes o tal instinto maternal agora, mas vais ver que entretanto ele aparece. Peço desculpa a todos esses comentários, mas parece-me demasiado paternalista para o meu gosto.

    ResponderEliminar
  40. Vai chegar um dia que sem saber como se dá um click e aí está a vontade a vir ao de cima.

    ResponderEliminar
  41. Eu pensava assim e continuo a pensar aos 37. Não quis e não quero filhos.

    ResponderEliminar
  42. Da tempo ao tempo, se tiveres de ter vais querer. Mas se não quiseres não tens de te sentir mal por isso! A sociedade é que passa a vida a cobrar. Vive mas é a vida rapariga.

    ResponderEliminar
  43. Comentei o mesmo com a minha irma. Eu pelo menos tenho muitas duvidas se quero ou não quero ter filhos. Tem dias que sim, tem dias que não mesmo. Eu disse-lhe que, na dúvida, era melhor não ter. Ela disse-me que eu estava errada, que na dúvida, era melhor ter. Porque quando o bebe chega e nos olhamos para aquele ser que fomos nós que fizemos... Ela diz que não existe amor maior. Então, na hora certa com certeza isso vai-te acontecer :)

    ResponderEliminar
  44. Assusta-te porque não é comum. Há a ideia enraizada da mulher-mãe. Eu nunca quis ter filhos. Mesmo em criança, os meus bonecos eram adoptados e eu procurava sempre a companhia de adultos. Para ser sincera, nem gosto de crianças. E a gravidez então... que confusão que me faz uma pessoa a crescer dentro de outra!! E não, podem crucificar-me, mas não acho um bebé fofinho. Acho-os irritantes.

    ResponderEliminar
  45. Também não me sinto minimamente maternal. Sou jovem,por isso tenho muito tempo até sentir o relógio biológico (se é que algum dia vá senti-lo!). Se tiveres que ser mãe,haverá uma altura na tua vida em que vais sentir o apelo,vais sentir essa necessidade. No entanto, se nunca sentires esse "apelo",não há problema. Muitas mulheres optam por não serem mães e são felizes com essa escolha.

    ResponderEliminar
  46. Se a vontade nunca aparecer não tens que te preocupar. Temos que seguir os nossos instintos, só e apenas isso :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  47. Acho que possa ser da idade, e com o passar do tempo, o desejo seja despertado. Como és nova, espera, e nada de ansiedade.

    ResponderEliminar
  48. isso é coisa que aparece quase de repente em algumas pessoas ;) don't worry. até lá aproveita bem a vida a dois!

    ResponderEliminar
  49. Sabe que nunca me senti maternal, tambem...
    Jamais pensei ou planejei filhos, daí oprimeiro aconteceu... e o que aconteceu é que descobri que havia nascido para aquilo. SErio,parecia uma descoberta das mais grandiosas, fui surpreendida por mim mesma e ele,o marido é um grande p ai!


    É bonito isso, a vida ensinando a gente com coisas especiais!

    Beijos

    ResponderEliminar
  50. Totalmente de acordo com o Anjo de Cor. Cada pessoa é diferente e não há certo nem errado nas opções de vida.

    ResponderEliminar
  51. é da idade, ainda és uma menina nova, não te esqueças ;p eu também não penso muito nisso, mas sei que um dia quero ter filhos. mas olha, tinha uma colega na faculdade que as 19 anos já dizia que o maior sonho dela era ser mãe... cada pessoa com a sua ideia.

    ResponderEliminar