quarta-feira, 11 de abril de 2012

E depois há aquelas coisas que nos deixam de coração apertadinho...

Mais para saber aqui, onde a princesa conta a história do seu príncipe. Quando um jovem de 21 anos sofre de Leucemia Mielóide Aguda é impossível ficar indiferente.

Agora tenho uma dúvida... Um dador não pode ter recebido transfusões de sangue desde 1980 porquê? É que eu recebi... em pequenita, com menos de um ano de idade, mas recebi.

22 comentários:

  1. Ao que sei, quem recebeu transfusão não pode doar (sangue), isto foi dito ao meu pai na ultima vez que quis doar, mas ele porque foi operado (à menos de 10anos) e renovou muito sangue, agora tu, jovem, assim, 30 anos depois, não sei até que ponto se justifica

    ResponderEliminar
  2. Entre 1980 e 1985 muitas pessoas receberam sangue contaminado com HIV...foi um assunto muito polémico e era na altura ministra Leonor Beleza, certamente que ouviste falar anos depois de acontecer porque os infectados receberam indemnizações do estado.

    ResponderEliminar
  3. Vera, claro que soube da história! Apesar de só ter nascido em 88... :P Por isso não entendi essa parte dos "critérios". Bom, se é só por isso não tem problema, que eu só nasci depois dessa polémica e recebi sangue apenas de familiares e amigos da família. Obrigada :)

    ResponderEliminar
  4. Também desconhecia que fosse desde 1980. Houve aqui na empresa uma recolha mas só falavam há menos de 10 anos.

    ResponderEliminar
  5. Também não percebo esse factor eliminatório, que é precisamente a razão pela qual não posso dar sangue.

    ResponderEliminar
  6. Por acaso sempre tive essa dúvida.
    E se é por essa questão do VIH confesso que não faz muito sentido porque senão seria transfusões antes de 1985. e além do mais depois da recolha de sangue são feitas imensas análises aos sangue para despistar possíveis doenças. Tem de haver outra razão...
    Se souberem digam!

    ResponderEliminar
  7. pois...não faz sentido. os meu colegas enfermeiros acham esse critério um disparate. Além de que são feitas análises para se saber se somos ou não portadores do virus. Segundo me disseram isso não constitui impedimento mas, apenas o CEDACE poderá explicar melhor.Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Confesso que nao conhecia esse fator eliminatório. Sou dadora regular de sangue e encontro-me inscrita na base de dados de dadores de medula... mas como nunca recebi nenhuma transfusão de sangue..... nunca me apercebi da restrição!

    ResponderEliminar
  9. Também desconhecia que fosse desde 1980, mas agora já entendi porquê! Se bem que, tal como tu, só nasci em 1988 e nem sequer nunca recebi nenhuma transfusão!

    ResponderEliminar
  10. Este tipo de doença é uma tragédia assim sem mais nem menos aparece em qualquer idade, era bom que todos conseguissem ultrapassar este grande obstáculo na vida.

    ResponderEliminar
  11. Doação de sangue é algo sério e deve haver alguma implicação que restringe a doação de quem já recebeu sangue.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  12. Cadinho Roco bem sei que é sério... mas assim parece-me demasiado restritivo. :/

    ResponderEliminar
  13. Espero que encontre alguém.

    Beijoo***

    ResponderEliminar
  14. Em enfermagem , no semestre passado tive um caso clínico com essa doença e um dos requisitos de dadores er realmente esse, mas ninguém sabe explicar bem porquê, mas pelo que percebi tem realmente a ver com a auto-renovação de sangue no organismo!

    ResponderEliminar
  15. Tem a ver com a doença de Creutzfeldt Jakob (aka doença das vacas loucas) cujos primeiros casos surgiram nessa década. Não está ainda provado que a doença possa ser transmitida por transfusões mas pronto, é polémico e tem sido proibido em alguns países depois de uma pessoa ter morrido.

    ResponderEliminar
  16. também desconhecia esse ponto...
    (no ano passado fiz uma dádiva para um doente com o mesmo tipo de leucemia)

    registem-se como dadores. não dói e, se tiverem sorte, ajudam alguém.

    É dar um pouco de nós sem perder nada ;)

    ResponderEliminar
  17. Eu já me registei, não custa nada :)
    Besitos

    ResponderEliminar
  18. A Cat do post das 20.00h tem toda a razão, foi por essa mesma que eu tive sair da lista de dadores, visto que por negligência médica,em 2009 fui operada num hospital privado,fui deixada em coma e tive que levar 2 transfusões de sangue. Não porque quiz, mas porque a minha vida dependia disso...e nem sequer me avisaram que não podería continuar a ser dadora...só mais tarde qd quiz confirmar que o meu nome continuava na lista, me informaram que tería que deixar de ser, porque na europa ainda não existem marcadores que consigam detectar a 100% a inexistência da doença através das transfusões...Isto foi-me esclarecido pelo CEDACE de Lisboa (AKA Hospital Pulido Valente).
    Espero ter ajudado.
    Patrícia Figueira

    ResponderEliminar
  19. Só vi agora a partilha e vinha responder, mas já vi que já responderam.

    Obrigada! Beijinhos muito grandes! =)

    ResponderEliminar
  20. Hoje fui doar sangue e o médico falou de uma lei de 2007 que diz que os nascidos a partir de 1980 e que tenha se submetido a alguma transfusão sanguínea não pode mas doar sangue. Fiquei um bocado decepcionado. Quando tinha apenas 8 anos sofri um acidente e provavelmente recebi transfusão sanguínea já que perdi bastante sangue. Sou doador sanguíneo desde 2001 e nunca ouvi falar sobre. Aqui na Europa doei 2 vezes e na terceira vez recebi esta lamentável notícia de que não posso mas doar sangue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade... estou na mesma situação, não posso doar...

      Eliminar