segunda-feira, 19 de março de 2012

Amor é...

Dizer às gatas que eu sou a "mãe" e que ele é o "pai".

Depois disto, não me peçam para habituar as gatas a dormir na cozinha. Filho que é filho, dorme com os pais... pelo menos enquanto é bebé! E as minhas gatuchas são eternas bebés...

22 comentários:

  1. Ui onde é que já ouvi isso :)
    E aqui foi o "pai" que disse, "Tadinhos eles têm frio na cozinha"

    ResponderEliminar
  2. A parte de "mãe" e do "pai" eu acho muito fofo! Mas, o resto eu acho que não conseguia. Ainda por cima com as minhas amigas alergias era um máximo :)

    ResponderEliminar
  3. Não S*,não e não mesmo....tem lógica menininha...você agora e CASADAAAAAAA...rsrsrsrsrs,não da mais para gatinhos dormirem na cama...kkkkkk.O pior e que depois eles vão sofrer para sair de lá...nãoooo...imagine quando tiver filhos?.Eu quando ganhei minha papagaizinha,colocava no quarto,era um nenem pra mim.só que depois,quando marido reclamou e fui colocar na area de serviços,nem eu nem o bichinho dormiamos mais....
    E quando tiver um nenem então?,não pode minha linda,agora você tem muita intimidade para conservar,vocês ainda estão se acostumando com a vida nova,casa nova...PELAMORDEDEUSSS...me coloque os gatinhos na cozinha....jaaaaaaaaaaaaaa hemmmm...rsrssrsrsrs.
    Bjs
    Deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderEliminar
  4. eh pá vejo-me obrigada a perguntar (porque tb sou cusca) tão e as bichanas ficam a olhar pr as "brincadeiras"?

    ResponderEliminar
  5. Também gostava muito de dormir com o meu gatinho Joãozinho, que era tão lindo e fofinho! Mas às vezes os gatos podem atrapalhar :)

    ResponderEliminar
  6. o problema é que ficam mal habituadas e depois já não largam a caminha.
    o meu já não me larga. dormia comigo em solteira e agora faz birra se o meto de castigo :P como diz o meu marido, mimei-o demais. ehehh.

    Bjokas

    ResponderEliminar
  7. Vão ser sempre bebés e sempre vossas filhas :)
    E de Inverno até que sabe bem que as bolas de pelo durmam na cama... Aquecem e muito ;)

    ResponderEliminar
  8. Que giro. Olha se o pai delas ainda pede prenda hoje! :)

    ResponderEliminar
  9. A minha também dorme comigo. Não dá para dizer que não!

    ResponderEliminar
  10. Bombocaa, são provisoriamente expulsas do quarto. :P

    ResponderEliminar
  11. e os pêlos? o Gaspar dormia com o meu filho até a "madame" se instalar lá depois disso foi corrido do quarto e fica na porta chateado
    kis .=)

    ResponderEliminar
  12. O meu ainda quer é dormir connosco e já tem quase onze anos, lool;) beijokinhas e boa semaninha!!!

    ResponderEliminar
  13. Nossa,mas ja cozinha então,eu mal e mal faço o almoço,com receita...rsrsrsrs.Aos Sabados,no Brasil normalmente fazemos feijoada e aos Domingos Frango assado(comprado)ou macarronada....affff...vida de dna de casa estressa...agora ainda e novidade,mas logo logo estarei lendo aqui...
    -Cozinha me cansa...rsrsrsrsrsrs.
    Beijinhos,e tira estas gatinhas do quarto.rs
    Deusa

    ResponderEliminar
  14. ah S*...arranja-lhes caminha noutro sítio. olha que depois pr as tirares da cama vai ser o cabo dos trabalhos...
    (já te tou a imaginar a correr pr enxotares as gatas assim meio à pressa e a dizer...oh meninas é só 1 cadinho que o pai precisa de umas "arranhadelas", ahahaha)

    ResponderEliminar
  15. lol!
    eu nunca tive gatos, mas tive cães.. dormiam comigo sempre, até chegar a dona do pedaço (a minha filha!).
    foi um castigo, mas um CASTIGO, tirá-lo do nosso quarto..

    ResponderEliminar
  16. ahahah! Que engraçado. Comigo não dava que eu não gosto de ter pelo por todo o lado xD

    ResponderEliminar
  17. cá em casa partimos-nos a rir quando a minha mãe diz "olha o teu pai" mas ao meu cão :))

    ResponderEliminar
  18. deixa-as dormir na caminha eu deixo o meu escolher onde quer dormir....só não gosto quando me acorda de manhã cedissimo!!!

    ResponderEliminar