domingo, 11 de dezembro de 2011

Da cozinha

Preciso urgentemente de encontrar o meu Caderno das Receitas, ou suspeito que o namorado (e eu, já agora) vai passar a jantar massa de atum, lasanha e almôndegas todas as semanas. Nos intervalos, posso arriscar um strogonoff ou um bacalhau à brás. Mas não sei fazer mais nada.

36 comentários:

  1. Mesmo assim já sabes algumas coisas, não iam mal xD

    ResponderEliminar
  2. Há um livrinho chamado Pantagruel, diz que tem muita coisa!

    ResponderEliminar
  3. Eu sou suspeita, mas aconselho um livro que se chama "O que há pró jantar?", que é da minha autoria e saiu recentemente! Está à venda nas Bertrand, Fnac, Wook e em breve tb nos hipermercados!
    Pronto, já vendi a "banha da cobra" ehehehehe
    Beijinho e muita sorte para esta nova etapa das vossas vidas!

    ResponderEliminar
  4. Quando estiveres atrapalhada dás um toque e eu dou-te receitas fáceis e rápidas.

    :)

    ResponderEliminar
  5. Em ultimo caso, o google tem sempre um rio de receitas. E inventar às vezes também dá bom resultado (:

    ResponderEliminar
  6. hahaha, eu çá fiz pela primeira vez o almoço ao meu namorado no outro dia, e sim foram almondegas e ele gostou, hehehe. mas se tivesse de cozinhar sempre, MEDO!!! não sei fazer quase nada ainda! :P

    o que vale é que ele me deu um livro de culinária nos anos! ;) já se esta a afiambrar, está visto! :p


    LOVE DRESS GIVEAWAY!!!
    http://myfashioninsider.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. o q n faltam sao sites co, ideias. ve o chef do continente, o supercook, blogs... ha mesmo muito por onde escolher

    ResponderEliminar
  8. Procura receitas na net. Encontras coisas bem boas!

    ResponderEliminar
  9. Ohh então melher... ha tanto site de receitas...

    ResponderEliminar
  10. Arrisca sem o caderno! A inovar "a olho" às vezes corre melhor :P

    ResponderEliminar
  11. Também podes encomendar umas pizas e uns hambúrgueres...
    Estou a brincar!

    Podes encontrar muitas receitas na Net, caso não encontres o teu Caderno de Receitas...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Nem me digas nada, eu passava-me se perdesse o meu! Com as mudanças a minha mãe perdeu o dela que já tinha mais de 20 anos...ainda hoje ela fica triste ao lembrar-se disso!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  13. Bem, também não fica nada mal com essas receitas!

    ResponderEliminar
  14. enqunato não o encontras tenta não enjoar às mesmas comidas!lol

    fico feliz por já teres encontrado "o" ninho de amor!

    ResponderEliminar
  15. Bem, o teu namorado tem uma sorte... Cozinhas, passas a ferro. E em casa, ele não faz nada?? Ambos trabalham fora de casa, certo? Porque é responsabilidade tua tratar das comidinhas? Desculpa, mas acho isto incompreensível. Não quero ser inconveniente, mas adorava perceber o que leva uma rapariga nova a pensar assim...

    ResponderEliminar
  16. Sara, desculpa que te diga mas estás a ser um bocadinho mal educada. O meu namorado ajuda-me bastante, até. Nunca disse que não o fazia, pois não?

    ResponderEliminar
  17. De modo algum era minha intenção ser mal educada... Não entendo a tua reacção tão acesa, mas bem, a casa é tua, reages como te aprouver!
    E também não entendo a palavra "ajudar" nesse contexto. A casa é dos dois, logo, no meu entender, a responsabilidade não é da mulher com o homem a "ajudar", mas sim dos dois, por igual... Ninguém ajuda ninguém, os deveres são dos dois. Será que o teu namorado anda preocupado em encontrar o seu livro de receitas? Não sei porquê, mas não me parece...

    ResponderEliminar
  18. Oh Sara, poupa-me. "Ajudar" não é nesse sentido maldoso que tu queres dar. E ele não tem livro de receitas porque não sabe cozinhar... mas há-de aprender.

    ResponderEliminar
  19. Esta é apenas a minha honesta opinião:
    quando uma pessoa faz uma exposição tão clara da sua vida privada,num meio tão facilmente acessivel a qualquer pessoa,
    é acima de tudo, essencial que esteja disponivel para "ler" opiniões e opiniões.
    É obvio que existem pessoas mal intencionadas, mas outras, apenas opinam sem intenção de prejudicar ou criticar.
    Bem, fica a dica.
    Força, porque esta fase pode ser fantástica, mas a vida não é cor-de-rosa; e haverão dias em que saber o que cozinhar, vai ser o mal menor ;)

    ResponderEliminar
  20. Esta é apenas a minha honesta opinião:
    quando uma pessoa faz uma exposição tão clara da sua vida privada,num meio tão facilmente acessivel a qualquer pessoa,
    é acima de tudo, essencial que esteja disponivel para "ler" opiniões e opiniões.
    É obvio que existem pessoas mal intencionadas, mas outras, apenas opinam sem intenção de prejudicar ou criticar.
    Bem, fica a dica.
    Força, porque esta fase pode ser fantástica, mas a vida não é cor-de-rosa; e haverão dias em que saber o que cozinhar, vai ser o mal menor ;)

    ResponderEliminar
  21. B*. mas ao menos faziam críticas plausíveis, que estas não fazem sentido. :)

    ResponderEliminar
  22. As criticas raramente são construtivas ;)Boa sorte.

    ResponderEliminar
  23. Fazes como eu... inventas! Às vezes corre mal mas outras vezes corre muiiiito bem!

    ResponderEliminar
  24. S*, pelo amor da santa, não sejas dessas que se junta e depois vira emprega a dias do marido! Não te preocupes com a comida porque, se o teu namorado tiver as 2 mãos, pode cozinhar também, não?

    ResponderEliminar
  25. Raven, ah?

    Honestamente, o que é que o cu tem a ver com as calças, mulher? :P Pode cozinhar, pode. Mas eu também posso e preciso do meu Caderno de Receitas. Só isso. :P

    ResponderEliminar
  26. Vou ver se separo um tempinho e envio para você via email umas receitas bem práticas que tenho, e se quiseres experimentas.

    ResponderEliminar
  27. Devo-te um pedido de desculpas. É que li isto, comentei e só depois vim ler os outros textos que colocaste aqui sobre o mesmo tema. Tens razão, se tu sabes algo, ainda que pouco, e ele não sabe nada, é natural que queiras ser tu a fazer. Mas tenta que ele aprenda porque, apesar de não nos conhecermos pessoalmente, simpatizo contigo e acho que tens garra e serás feliz e, como tal, não te quero ver a acabar como as mulheres que vejo por aí, que casam apaixonadissimas, assumem o lar a 100% e depois choram que foram reduzidas a empregada e esquecidas como mulher e amante.
    Mas força, a vida a dois é sempre um desafio contínuo! ;)
    E os escorpiões são incansáveis! eheh

    ResponderEliminar
  28. S* - na minha humilde opinião, andas a dar demasiada importância a vozes, palavras que terão tanta importância como estas, de este meu comentáŕio. As pessoas deitam palavras da boca para fora, por ignorância, maldade, para não estarem caladas, etc... claro que lá diz o ditado "quem não se sente não é filho de boa gente", e sim senhora, respondeste também em comentário, mas fazeres um "post" dedicado ao assunto, em minha opinião não adianta nada e não valoriza ou enriquece em nada o blogue (eu sei que não será tua intenção "enriquecê-lo", - eheheheh - mas tens sempre coisas - textos - tão bonitos...que aquela resposta estraga. Em minha opinião, repito.

    E eu, que faço aqui? Só para te dizer que descobri aos 40 anos que gosto de cozinhar e que cozinho bem!!! E adivinha porquê tão tardiamente? Simplesmente porque nunca tive ninguém que me dissesse que eu cozinhava bem, bem pelo contrário. É como aquela história dos sapinhos que vão a escalar um poste muito alto. Vários sapinhos. A malta cá em baixo, admirada de tal aventura, só dizia: são loucos, não vão conseguir, vão cair, vão falhar - Aos poucos os sapinhos foram caindo, desistindo e dando razão às vozes dos que estavam no chão. Apenas um chegou lá acima! Sabes porquê? Era surdo! Não sei se a história é exxactamente assim, mas o sentido, é esse mesmo. Por isso, acredita em ti, põe muito amor no que fazes (neste caso na cozinha) e vais vendo que te vais sair bem! E claro, com o namorado a ajudar ainda melhor!

    Beijinho de Lisboa para a menina do Minho (não me enganei pois não :)

    ResponderEliminar
  29. Maria, obrigada pelo comentário. Apaguei o post mais irritadiço que publiquei. :)

    ResponderEliminar
  30. Eheh eu também me guiei pelo caderno de receitas nos primeiros tempos, mas depois automaticamente apanhas o jeito e interiorizas as receitas ;P

    ResponderEliminar