Odiozinhos de estimação



O Filipe La Féria. O homem pode ser bom no que faz e encenar peças de teatro que são um sucesso... mas aquela mania de falar do teatro como se este fosse um bem de primeira necessidade é coisa para me irritar. Ai que o teatro não é apoiado, ai que não criam subsídios para o teatro...

Oh meu amigo, há gente a passar fome no país.

Comentários

  1. Pois, nesse ponto ponto de vista tens razão. Mas que o homem é bom no que faz, lá isso é! Adoro. Mas claro, cada um puxa a brasa à sua sardinha e ele faz o mesmo!

    ResponderEliminar
  2. Sem falar naquela vozinha irritante que o Homem tem. Bom feriado.

    ResponderEliminar
  3. Concordo contigo, acho que o Filipe Lá Féria devia ver o lado positivo do teatro, ele é estimado e além disso adoro teatro, agora falar do teatro como se também estivesse em crise só representa uma má imagem!

    Beijinhos com passinhos!

    ResponderEliminar
  4. Acertaste mesmo no meu alvo. Não posso com esse homem nem à lei da bala.

    Ele é maravilhoso no que faz, sem dúvida. Mas pelos vistos a imagem que passa com as coisas que diz é só a ponta do iceberg. Pelos vistos ele tem mesmo um feitio intragável.

    ResponderEliminar
  5. O que ele mais se rala é com o teatro.
    Ele quer é o subsídio.

    ResponderEliminar
  6. Ele é um profissional como poucos e isso ninguém lhe tira....
    A cultura é importante, acho que se gastam tanto dinheiro em coisas parvas porque não pensar em algo que sempre fez parte da nossa cultura.
    E claro, ele puxou a sardinha para o seu lado... afinal ia falar de que

    ResponderEliminar
  7. Anjo, não aprecio o estilo, mas admito que seja bom profissional. Mas, tanto quanto sei, é também muito arrogantezinho. De qualquer forma, a cultura é obviamente importante... mas não é, nem nunca vai ser, um bem essencial.

    ResponderEliminar
  8. Deixa que se um dia tiver a barriga vazia ja vai mudar o ronco.

    ResponderEliminar
  9. Não o vejo a passar fome e pelo que se diz os espectáculos dele estão sempre cheios!

    ResponderEliminar
  10. Enfant, e daí? :) Não disse o contrário. Não acho graça ao homem, acho que roça a arrogância e a falta de bom senso em muitas declaraçõs.

    ResponderEliminar
  11. Adoro teatro, cinema, ... mas em tempo de crise devem sobreviver por si!

    ResponderEliminar
  12. Não gosto dele por motivos, como lhe hei-de chamar, não são pessoais porque não o conheço, nem são profissionais porque não sou actriz profissional mas sim amadora. Mas pronto, não gosto dele nem da visão que ele tem do teatro, que se traduz nas peças megalómanas dele nem na forma como sei que trata os actores.

    Mas disso não duvides, S*, a cultura é um bem de primeira necessidade :) (As peças do La Féria talvez não... Mas a cultura no geral e, pra mim, muito especialmente, o teatro).

    ResponderEliminar
  13. Epa tb não posso com ele! Sempre ouvi dizer que ele é intragável em termos de trabalho e que é muuuito difícil lidar com ele... mais uns pontinhos a menos...

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  14. Realmente, é preciso não ter grande coisa na cabeça :S
    Bjs bo feriado

    ResponderEliminar
  15. Realmente não gosto dele, mas daí a dizer que o teatro não é algo essencial vai uma longa distância. As pessoas precisam disso, precisam da cultura para crescer, para evoluir. O ser humano não vive só da comida.

    ResponderEliminar
  16. Ah finalmente alguém que me entende, na realidade ele nem é grande coisa como encenador e é uma tristeza que este seja considerado um dos melhores de Portugal.

    ResponderEliminar
  17. Até pode ser muito bom naquilo que faz mas [também] não posso com o homem!

    ResponderEliminar
  18. Bem, cada um puxa a brasa à sua sardinha, como se costuma dizer, não é verdade? Mas também já ouvi dizer que no que diz respeito ao trabalho, ele tem um feitiozinho insuportável.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares