Deixar de amar

Acham possível deixar de amar alguém? Assim, simplesmente, deixar de amar? Sem motivos?

No outro dia conversava sobre isso com o namorado. A ideia parece-me assustadora. Então eu hoje estou tão bem, amo-o tanto, estou tão completa... será possível deixar simplesmente de gostar? Não acredito. Pelo menos não comigo. Mas há gente que diz que acontece. Parece-vos?

Comentários

  1. Sim, acontece.

    E é de um dia para o outro. Sem aviso prévio, sem pedir licença e sem razão.

    ResponderEliminar
  2. Possível, é... mas nunca assim de um momento para o outro. E se for mesmo amor... dificilmente acaba sem deixar um rastilho... mas isso depende muito do evoluir da relação. Nunca há motivos para isso acontecer... até acontecer. :)

    ResponderEliminar
  3. Parece-me possível. Não digo que seja de um dia para o outro, mas parece-me que o amor pode desvanecer e, eventualmente, acabar. :)

    ResponderEliminar
  4. É possível deixar de amar uma pessoa mas é impossível fazê-lo sem motivos.

    ResponderEliminar
  5. Parece-me...
    Ainda que, sendo assim, lhe chame paixão. Estamos sempre convencidos que amamos alguém até que um dia aquilo acaba e somos obrigados a constatar que afinal não amávamos. Isto dito por alguem cuja opiniao é a de que o amor, o verdadeiro, nunca acaba. A nossa mãe nunca nos vai deixar de amar, nem de um dia para o outro nem passados 60 anos. Mas o amor que as vezes achamos que temos, por vezes nao chega nunca a ser mais do que uma grande paixao, uma paixao que nos arranca o coraçao do peito e que é tao facilmente confundida com amor. E quando estamos apaixonados estamos apaixonados pela pessoa, pelo seu jeito de ser, pelo que fazemos com ela, pelo seu cheiro, pelas suas palavras. Quando, por vezes, isso começa a desaparecer, a desmoronar, as situações mudam, já não nos vemos tanto, já "não é como era", aí a paixão acaba. Porque aquilo, aquele por quem estavamos apaixonados ja nao é a mesma pessoa.
    Mas repito: a ser amor não acaba nunca. Mas isso requer que a gente morra para saber se era amor ou nao! E acho que aqui ninguem precisa de morrer so para confirmar isso ;) é levar a vida!

    ResponderEliminar
  6. ha quem diga que sim... Pessoalmente custa-me a crer que isso aconteça de um momento para o outro...

    ResponderEliminar
  7. Sem motivos não digo, mas por uma mudança de alguma das partes, ou simplesmente por começarem a optar por caminhos divergentes, acho que pode, gradualmente, acontecer.
    Esse foi o principal motivo que me levou a ponderar o fim do meu namoro: senti que, com o tempo, ele já não me olhava da mesma forma.
    Mas sim, é uma ideia muito assustadora!

    ResponderEliminar
  8. Ninguem deixa de amar alguém assim de um dia para o outro. Pode é deixar de amar se for numa situação contínua ou nunca ter gostado realmente..

    ResponderEliminar
  9. Menino da mamã, isso é muito triste. :/

    ResponderEliminar
  10. acho que a esses sentimentos que desaparecem, assim de uma dia para o outro ... não podemos chamar amor, mas paixão (e a paixão é um fogo que arde e apaga)
    **

    ResponderEliminar
  11. Acontece. Já me aconteceu. Não é de um dia para o outro, claro. É gradual, vai-se instalando devagarinho e quando dás por isso não percebes como aconteceu.

    ResponderEliminar
  12. Been there: um grande amor, que parecia ser demais, foi-se apagando até ficar uma coisa insípida. Hoje em dia nem consigo perceber como o consegui amar.

    ResponderEliminar
  13. sinceramente, acho que não. acho que quando é amar mesmo de verdade, não desaparece. Não tem lógica! posso estar a viver num mundo muito cor de rosa mas .......
    acho q se o amor desaparece, não era amor. e não há nada nem ninguem que me faça mudar de ideias. :)

    ResponderEliminar
  14. Pode acontecer o amor ir-se perdendo nos dias, não acredito que de um dia para o outro se apague. Pode-se ir perdendo sem aviso prévio..

    ResponderEliminar
  15. Sim, amor que pensava e planeava ser pra vida. Obviamente que não estou a falar de coisas passageiras nem de curta duração.

    ResponderEliminar
  16. Como sabes este é um tema recorrente no meu "estaminé".

    Apesar da dificuldade que sempre existiu em definir os afectos, penso que há uma certa unanimidade quando se afirma que paixão é uma coisa e o amor é outra. O amor não nasce de um momento para o outro (não acredito no amor à primeira vista mas sim na paixão ao primeiro olhar ou ao primeiro toque). O amor é algo que se vai construindo ao longo do tempo. Aquela paixão inicial vai-se esbatendo até ficar um sentimento mais calmo, mais sereno. Um sentimento que resulta da amizade, da partilha, da cumplicidade, do conhecimento profundo um do outro, do respeito, da lealdade, da confiança.

    Portanto, para mim, uma coisa é estar-se apaixonado.

    Outra coisa é amar alguém.

    Apesar de entender que se pode amar mais do que uma vez, não acredito que se possa deixar de amar com a facilidade que alguns defendem. Mas em matéria de afectos não há certezas absolutas porque o ser humano não foi feito a papel químico.

    Desculpem o testamento.

    :)

    Beijos

    ResponderEliminar
  17. Não... para deixar de se amar alguém é preciso sofrer-se muito e ainda assim... só depois de uma longa travessia do deserto é que será possível olhar-se para o coração e já não se ver esse amor.
    Quando se fala de amor, amor... não é coisa que desapareça só porque sim, muito menos de um momento para o outro!
    São precisas muitas mossas, muitas facadas para que... um dia... a tábua vá ao fundo...

    Pelo menos, é assim que eu vejo as coisas.

    ResponderEliminar
  18. lembro-me da tua cara. és só garganta, o meu sítio está à tua espera.

    ResponderEliminar
  19. Assim, sem mais nem menos?
    Não acredito. Ou então era outra coisa, não era amor... isso é mesmo coisa de gaja.
    A minha namorada também deve andar com essa merda na cabeça. Todos os dias me pergunta:
    - Então querido, ainda m'amas como dantes?
    - Então não? Mete aí as mamas de fora e vais ver. loool

    ResponderEliminar
  20. Acredito. Porque uma pessoa não sabe nunca quando se trata de amor a sério. Ninguém o sabe, nunca. E mesmo que seja verdadeiro amor acredito que pode acabar, não completamente mas até ao ponto de se tornar insustentável.

    ResponderEliminar
  21. Se amas verdadeiramente é para sempre, mesmo que vejas que nao qeures manter uma realção com a pessoa ( por varios motivos). Não amo o meu ex romanticamente, mas amo ao ponto de querer o melhor para ele e não duvidava de um dia dar literalmente a minha vida para que ele pudese sobreviver. Por isso o amor nunca acaba, a paixao sim, o desejo tambem, mas o amor.... o amor não.

    ResponderEliminar
  22. Quem um dia amou verdadeiramente não deixa por e simplesmente de amar de um dia p o outro.
    Talvez aja uma saturação da relação que vem acumular a algum tempo e que um dia conhece o ponto final.
    Mas nunca ninguem deixa de amar da noite p o dia...
    E msm quando relações acabam, n quer dizer que n exista amor, pode ser porque não existem as msm compatibilidades e nesse caso mais vale afastarem-se
    bjs*

    ResponderEliminar
  23. Como já se disse, acho que quando acontece, é uma coisa gradual. Custa-me imaginar que isso pudesse acontecer-me.

    ResponderEliminar
  24. Sim, pode acontecer! Algo que aprendi nesta minha curta vida é que nada é garantido, nada é estático!

    As pessoas mudam, os sentimentos mudam, os objectivos de vida muda, o mundo muda...

    claro que há sempre excepções, e... há coisas que nunca mudam :))

    ResponderEliminar
  25. Para mim, soa-me a desculpa de mal resovido. E assim, toca de despachar qualquer coisa sem grnades explicações.

    ResponderEliminar
  26. Acontece, mas não é de um dia para o outro e sem motivos. Da mesma forma que a paixão nasce entre duas pessoas, também pode esmorecer com o tempo e o amor é substituído por amizade apenas. Às vezes nem isso resta, infelizmente.

    ResponderEliminar
  27. Depois de ler os comentários, continuo na minha. Acho que o amor, esse, não pode terminar assim. Pode terminar se formos muito magoados, se a pessoa que amamos mudar radicalmente e as circunstâncias também se alterarem. Mas julgo que o carinho, a cumplicidade, a amizade, o querer estar presente... esses não acabam "só porque sim".

    ResponderEliminar
  28. Eu sinceramente... acho que não é possível acontecer comigo mas só por mim posso falar :)

    ResponderEliminar
  29. As vezes acontece de acharmos que não amamos mais pura e simplesmente porque achamos que o que temos não é o que procurávamos. E mais tarde começamos a sentir de novo falta, a não conseguir estar longe da pessoa. Porque afinal a nossa vida sem ela não é a mesma!

    ResponderEliminar
  30. Oh S*, então porque é que perguntaste? x)

    ResponderEliminar
  31. Eu, sinceramente, já acredito em tudo,desde que vi um vídeo de uma miúda de 4 anos a conduzir numa auto-estrada com os pais atrás a filmar:p
    Mas agora um bocadinho mais a sério, acredito que seja possível ir deixando de amar alguém, mesmo que aparentemente as coisas estejam bem, porque as pessoas mudam gradualmente, os interesses e estilos de vida também se vão alterando. Pode ser pouco, pode ser gradual, mas pode ser a caminho de extremos opostos. Por isso, sim, acredito que seja possível ir deixando de amar...No deixar de amar assim de hoje p'ra amanhã já me custa mais a crer. Talvez se vá deixando e se dê conta num momento mais específico.
    Não sei, nunca passei por tal coisa...

    ResponderEliminar
  32. Sim é possível, cmg já aconteceu, acabou de um dia para outro porque sim... nunca mais o vi, nunca mais nos falamos, na altura não fiquei triste não fiquei nada, decidi e era isso que queria, ele é que ficou "parvo", mas parvo já era...

    ResponderEliminar
  33. ha sempre, sempre um motivo msm que seja falta de interesse!

    ResponderEliminar
  34. Cat, obviamente porque é semore bom ler outras opiniões. Não sei tudo, não sou o cúmulo da sapiência. Gosto de ler os outros.

    ResponderEliminar
  35. Sim. Mas estou só a dizer que perguntaste, houve várias pessoas a dizer que já tinha acontecido e tu dizes que continuas na tua.. Não quer dizer que te vá acontecer a ti. Mas se já aconteceu a alguém (a muitas pessoas até) é porque é possível.

    ResponderEliminar
  36. Cat, ouço a opinião das pessoas, não sou obrigada a concordar com elas. Mas sim, acredito que as pessoas possam deixar de amar... ou porque o parceiro mudou ou porque a vida os afastou. Mas eu estou no pico da paixão, a última coisa em que quero acreditar é num amor que acaba de repente. ;)

    ResponderEliminar
  37. Eu namorei durante 7 anos... E quando dei conta já não o amava. E não sei o porquê de ter acontecido.

    ResponderEliminar
  38. Sim é possível. Às vezes não o consegues explicar mas é possível...

    ResponderEliminar
  39. Acontece sim. Não é de um dia para o outro. Mas acontece. Ou melhor, vai acontecendo. Por este ou por aquele motivo, as pessoas vão ficando afastada. Stressadas com o trabalho, a família, a vida no geral. Há quem perceba e se esforce para que o dia-a-dia não afaste o casal. E há quem nem perceba o que está a acontecer. E, um dia, acorda, olha para o/a parceiro/a e já nem sabe porque motivo estão juntos! É triste, mas é a realidade! Bjs

    ResponderEliminar
  40. Petas. Se é amor, dura. Quanto muito vai desvanecendo, até ao dia que se percebe que já não é amor. Mas de um dia para o outro, só mesmo uma paixoneta!

    ResponderEliminar
  41. deixar de gostar deixa-se, gradualmente. desapaixonar-se. mas deixar de amar leva um pouquinho mais de tempo. claro que amor sem paixão morre rápido

    ResponderEliminar
  42. Claro que acontece e rápidamente, o que nos leva a pensar que é gradualmente são outro tipo de sentimentos que nessa altura aparecem (CULPA, DESILUSÃO E MEDO DE ASSUMIR AS CONSEQUÊNCIAS) e é por essa culpa que vamos mantendo o barco...e é apenas por isso que até a nós próprios nos pareceu gradual! E sim, acredito no amor verdadeiro homem/mulher (embora ainda não o tenha conhecido), mas jamais poderá ser comparado ao Amor mãe/filha (embora não seja mãe)...o amor de mãe vence tudo, supera tudo e perdoa tudo, já o amor verdadeiro... ;)

    ResponderEliminar
  43. Sim, acontece. A vida obriga-nos. E por vezes temos que escolher, saber deixar de amar, para não nos auto-destruírmos. É triste, mas acontece.

    ResponderEliminar
  44. Possível é mas acaba por ser um acumular de situações não resolvidas

    ResponderEliminar
  45. claro que o Amor não acaba de um dia para o outro, isso não. a pessoa é que se pode aperceber de um dia para o outro que já não ama a outra, mas há SEMPRE razões para isso, sempre.

    bjs*

    ResponderEliminar
  46. É possível S*. Acontece. Não de repente, mas de forma gradual. E sem aviso.

    Não acontece só aos outros, isso pensava eu. Olha para mim namorei 10 anos, compramos casa novinha a estrear, vi-a a ser construída, e nem sequer chegamos a morar juntos um único dia. É triste mas acontece.

    É acredita que eu era a primeira há dois anos atrás a dizer que isso de acabar o amor era impossível.

    Hoje sei-o que não é.

    O amor, pode terminar assim e não precisamos de ser magoados. Podemos ser tratadas como rainhas, ter tudo, mas tudo o que se possa imaginar numa relação, ter ainda muito mais do que isso, ter a pessoa sempre lá para nós... e mesmo assim o amor acabar.

    O carinho, a amizade, a cumplicidade não acaba, mas o amor sim. É triste, muito triste. Mas mais real do que algum dia pudesse acreditar.

    ResponderEliminar
  47. ML, isso é que foi um timing muito errado... lamento, deve ser muito duro abdicar assim de uma relação.

    ResponderEliminar
  48. S*, foi a decisão mais difícil que tomei em toda a minha vida. Nada mas nada fácil.

    ResponderEliminar
  49. Eu acredito que não é possível deixar de gostar de um dia para o outro! Acredito é que se pode fingir [mas só se for muito bem mesmo] isso e que, mesmo que custe, às vezes é o melhor para os dois.
    No meu caso não sou capaz de pensar nisso e sinceramente é algo que me aterroriza.

    ResponderEliminar
  50. Sim é possível!! As pessoas vão mudando..as relações também! Eu já amei e deixei de amar! Fica a amizade.

    ocoisassoltas.blogspot.com

    ResponderEliminar
  51. Muita gente confunde amor, paixao,atracao, desejo, simpatica.....Sao sentimento,,,,todos eles mas o Amor è um sentimento que tem raizes fortes e que penetram nas areas mais profundas do nosso ser, e isto nao vai embora. Amor è para sempre.

    ResponderEliminar
  52. Muita gente confunde amor, paixao,atracao, desejo, simpatica.....Sao sentimento,,,,todos eles mas o Amor è um sentimento que tem raizes fortes e que penetram nas areas mais profundas do nosso ser, e isto nao vai embora. Amor è para sempre.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares