Avançar para o conteúdo principal

Fico parva com estas coisas que eu leio.

No blogue A Maçã de Eva, no consultório (uma rubrica), uma menina dizia estar muito apaixonada mas descobriu que o namorado a traía. Perdoou. Ele voltou a trair (não voltam todos?).

E o homem justificava as traições abomináveis com mau sexo, dizendo que com ela a coisa era muito difícil. Se isto já é coisa para me chocar, mais chocante ainda é ler um comentário anónimo insinuar que "se o sexo era mau e ele continuava com ela, é porque realmente gostava dela".

Oi?

Já aqui disse que fui traída, perdoei... e fui novamente traída. E sim, os traidores arranjam desculpas, fazem-nos sentir mal, tentam meter a culpa em cima de nós, insinuam que não somos boas o suficiente ou que não lhes soubemos agradar.

Mas quem ama, não trai. Ponto. Parágrafo. Travessão. Simples assim. Sem "mas" nem "meio mas". Sem desculpas esfarrapadas. Quem ama e tem problemas, resolve os problemas. Não os evita.


Comentários

  1. concordo. também li e fiquei chocada.

    ResponderEliminar
  2. Absolutamente. Quem ama não trai. Eu li a carta e parece-me que a menina vai voltar para ele. Faz bem, desde que aprenda de uma vez por todas que as pessoas não mudam...

    ResponderEliminar
  3. Também li e tive mais ou menos a mesma reacção. Tempos houve em que perdoei. Depois do incidente, mais 3 anos se passaram sem problemas. Mas não foi fácil...a primeira reacção foi pô-lo a andar, coisa que durou uns 6 meses.
    Hoje em dia não perdoava. A idade justifica algumas parvoíces, mas no momento da vida em que estou quem trai a mulher/homem, trai o resto da família. Se uma pessoa não é feliz e precisa de outras coisas na vida, ou o amor morreu, tem sempre a saída airosa. Não precisa desrespeitar a outra pessoa.

    ResponderEliminar
  4. Quem fez comentário ou é uma mulher que gosta de ser encornada ou um ignóbil de um homem que não sabe o que é gostar

    ResponderEliminar
  5. pois tens razão, mas realmente se ele n gosta do sexo e mesmo assim está com ela... deve haver um motivo mais forte. ;P Se bem que concordo ctgo.

    ResponderEliminar
  6. Valente!!! Gosto e gosto muito!!! Não sei como há pessoas com tão baixa auto-estima que se deixam enganar dessa maneira...

    ResponderEliminar
  7. Trivia, por conforto, por hábito, por engraçar com ela... NUNCA por amor.

    ResponderEliminar
  8. também acho... quem realmente ama simplesmente não trai!

    ResponderEliminar
  9. Aprendi da pior maneira que quem trai uma vez, voltará inevitavelmente a fazê-lo e por isso agora mt dificilmente dou segundas oportunidades.

    ResponderEliminar
  10. mais que concordo. o amor é uma coisa muito linda para ser tratada assim.

    ResponderEliminar
  11. Não li, mas vou ler. E concordo contigo, as traições não têm justificação possível.

    ResponderEliminar
  12. Li isso hoje de manhã e também fiquei naquela. Quanto a traições, tenho a mesma opinião que tu: se se gosta de alguém não se vai trair. É bastante simples.

    ResponderEliminar
  13. E quem fala assim não é gago. Eu bem digo que um dos problemas deste mundo é as pessoas não se respeitarem a si próprias. Se se respeitassem não se sujeitavam a ouvir certas coisas.

    ResponderEliminar
  14. Isto há com cada ponto-de-vista por estes dias, loool

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. eu também li e fiquei como tu. Acho incrivel o que se passa na cabeça de uma mulher para perdoar e viver uma situação destas. longe de mim criticar, de certeza que ela fez o que achou certo e se o perdoou só ela sabe o porquê. Não sei o que as pessoas sentem nestas situações nem como reagiria, mas esta história fez-me tanta confusão. Um homem que mantém 2 relações, como se nada fosse, e quando é descoberto desculpa-se com mau sexo. Que cobarde

    ResponderEliminar
  16. tens toda a razao! mas quem age mal usa um mecanismo de defesa a que e chama racionalizaçao, e que consiste em encontrar razões que justifiquem o acto injustificável, para nao se sentir tao mal consigo mesmo.
    E o mesmo acontece com as mulheres que traem e justificam a coisa com "ele nao me dava carinho" etc...por mais que possa ser verdade, nao desculpa o acto da traição.

    ResponderEliminar
  17. Concordo contigo. Quando li isso também me chocou um bocado :0

    ResponderEliminar
  18. Concordo quando dizes quem ama e tem problemas, resolve. E nem mais!
    homens desde tipo não fazem falta a ninguem...

    ResponderEliminar
  19. Concordo plenamente.

    Também terminei um namoro de 4 anos por não perdoar uma traição que descobri e penso quantas houve que eu não soube...

    Não se pode perdoar faltas de respeito.

    ResponderEliminar
  20. para mim também é assim simples, que ama não trai ponto!***

    ResponderEliminar
  21. Quem trai uma vez só não volta a trair se não tiver hipótese...

    ResponderEliminar
  22. Totalmente de acordo... é com cada uma!

    ResponderEliminar
  23. estou à parte, porque desconheço o blogue, mas concordo com as tuas palavras :) :)

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã.

Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte?

Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria.

Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

O que é nacional é bom

Anda Portugal a usar cestas desde sempre e esta vossa S* a usá-las há sete ou oito anos... e vem agora a Carolina Herrera descobrir a pólvora (imagens acima).
Por favor, acho isto verdadeiramente errado. A desfaçatez que é pegar em algo tradicional de um país e de o apresentar como uma "criação"... Ainda por cima chamar-lhe "Aveiro"... E em nenhum sítio dizer que tem inspiração portuguesa.
E a pechincha que está? Quase 500 euros por uma cesta. Não tinha nada contra o preço... se efectivamente fosse um produto de original.
É só googlar "cesta portuguesa" e encontram-se imensos exemplares realmente nossos... E sem custarem quase um salário mínimo.
Querem cestas de classe? Então comprem das nossas. Das verdadeiras. Cópias descaradas? Não, obrigada.
Sugiro a Victoria Handmade. Não são caras, são dispendiosas e têm o preço do que é realmente bom. São feitas à mão, são portuguesas e assentam na nossa tradição. 

Voltar ao início

Depois de quase 9 anos e meio de relação, não vamos fingir que são tudo rosas. Ultimamente, temos até de admitir que têm sido mais os dias maus do que os dias bons. As chatices do dia-a-dia, os remorsos, os ressentimentos, os problemas a que somos alheios mas que nos afectam... Não é fácil de gerir e mentiria se não admitisse que já pensamos "será que vale a pena?".
Da minha parte, apesar dos momentos menos bons, continuo com a nítida percepção de que é um bom homem, com bons princípios, e que dificilmente encontraria companheiro que encaixasse tão bem em mim (que eu sou osso duro de roer, no que toca ao convívio caseiro).
Vale sempre a pena, porque não perdemos esta capacidade de nos reencontrar e voltar ao início. Enquanto soubermos olhar um para o outro e reconhecer o valor um do outro, vale mesmo muito a pena.