Avançar para o conteúdo principal

DGES



A Direcção Geral do Ensino Superior anda uma fofura. Não me paga desde Janeiro mas agora mandou-se uma sms (nós somos assim, muito tu-cá-tu-lá) a dizer que me pagou os retroactivos. Ontem pagou-me Abril, agora os retroactivos.

Ora bem... Eu penso... Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro, Janeiro, Fevereiro e Março... 7 meses. Acendam uma velinha. Quero ver quanto me pagam. Isto de fazer um mestrado não sai nada barato. 130 euros por mês só de propinas. Fora as viagens, fora os livros, fora o resto.

Comentários

  1. Pois não sai não. Eu pago 100€ de propinas por mês e a bolsa que recebo é essa mesmo, logo fico com 0€ de saldo, mas acho que já não me posso queixar :)

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente os subsidios e as bolsas neste país são assim.

    ResponderEliminar
  3. Pois está barato, o meu sai 790 euros por mês. Ainda bem que tenho bolsa.

    ResponderEliminar
  4. A minha irmão recebeu uma mensagem a dizer que vão pagar quando houver disponibilidade financeira...

    ResponderEliminar
  5. Ainda pagarem já é uma sorte nos dias que correm! Mas deve ser só até não poderem pagar dourados dos ministros e gestores públicos!

    ResponderEliminar
  6. Contenta me com a minha sorte... pago 350€ mensais de proprinas e nem direito a bolsa tenho!!! :( E mais não tenho pai... se tivesse provavelmente EU é que lhes teria de pagar bolsa. Fogo!

    ResponderEliminar
  7. Se fosse um doutoramento "era" pelo menos 500... Como vê não está tudo mal (estou a brincar!)!

    ResponderEliminar
  8. Pago 160 euros por mês de propina e nem tive direito à bolsa, por mudaram as regras.
    Pelo menos estas num estágio renumerado. (julgo eu).

    ResponderEliminar
  9. Carolina 790 euros por mes??
    Onde? Numa privada? Sorte que recebes bolsa..
    eu estou na publica e nada...
    nunca entendi as regras das bolsas nas privadas! (podem critir à vontade.. mas acho que quem consegue manter um valor mensal de 790 ou outros assim elevados, não precisa de apoio social).

    ResponderEliminar
  10. Á conta das mudanças este seria o último ano que receberia bolsa... graças a deus que vou acabar o curso LOL senão, queria ver...

    ResponderEliminar
  11. B*, no Brasil as licenciaturas, mestrados e afins são bem mais caros. Não é nenhum valor extraordinário para o custo de estudar lá. :)

    ResponderEliminar
  12. Eu continuo à espera de um e-mail desses fofos com uma password! Ai senhor..

    ResponderEliminar
  13. Eu tive bolsa em todos os anos da faculdade e a verdade é que, se não fosse isso, eu nunca teria conseguido manter-me lá! :)

    ResponderEliminar
  14. Bem eu não recebo bolsa mas o pessoal da minha casa recebe e bem vejo o que eles passam apenas com 93€ de bolsa. Isto anda mau para todos :O

    ResponderEliminar
  15. Eu estou a tirar mestrado e também recebi uma mensagem a informar que enquanto não houver disponibilidade orçamental não me pagam :S Estás com sorte, portanto... Da maneira que isto está não sei quando é que volto a receber, não... :S

    ResponderEliminar
  16. Ensinam-te e ainda te pagam, o que é que queres mais? eheheh

    ResponderEliminar
  17. Muito feio o que eles tem feito com você.

    ResponderEliminar
  18. Por estes lados também se andam a receber mensagens da DGES. E no fim ainda dizem "Obrigado". Que raiva, mas que raiva. Como eu percebo

    ResponderEliminar
  19. Seu blog é muito interessante...
    Estou te seguindo.... Tenha um Lindo Dia!
    Siga meus Blogs: http://cartasdeumcoracao.blogspot.com/
    E
    http://deusemminhaalma.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  20. Infelizmente, precisamos de fazer bem contas a tudo, hoje em dia!

    ResponderEliminar
  21. Por isso é que desisti da ideia de fazer o meu... Pelo menos para já!!!

    ResponderEliminar
  22. Olá S*
    sei perfeitamente o que isso é, também já me sairam propinas assim bem carotas do bolso e mais, para no fim andar a procura de trabalho e não achar nada!!!
    Beijinhos grandessssssssss

    ResponderEliminar
  23. Eu recebo a bolsa mínima, ou seja, apenas para pagar as propinas, e já nem me queixo muito, vá (apesar de me revoltar sempre com todas as injustiças que há!)...mas há dois meses que não vejo a cor do dinheiro, e as propinas têm que sair do meu bolso...se isto continuar assim, vou buscar o dinheiro onde? Não dá...

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Voltar ao início

Depois de quase 9 anos e meio de relação, não vamos fingir que são tudo rosas. Ultimamente, temos até de admitir que têm sido mais os dias maus do que os dias bons. As chatices do dia-a-dia, os remorsos, os ressentimentos, os problemas a que somos alheios mas que nos afectam... Não é fácil de gerir e mentiria se não admitisse que já pensamos  "será que vale a pena?". Da minha parte, apesar dos momentos menos bons, continuo com a nítida percepção de que é um bom homem, com bons princípios, e que dificilmente encontraria companheiro que encaixasse tão bem em mim (que eu sou osso duro de roer, no que toca ao convívio caseiro). Vale sempre a pena, porque não perdemos esta capacidade de nos reencontrar e voltar ao início. Enquanto soubermos olhar um para o outro e reconhecer o valor um do outro, vale mesmo muito a pena.