Julian Assange

Sou só eu que acho que as acusações contra o Julian Assange (aquele do site Wikileaks) têm uma probabilidade jeitosa de serem falsas?

"Na origem do processo está um mandado de detenção europeu em que é acusado de um acto de coação, dois actos de agressão sexual e um de violação, cometidos em Agosto deste ano."

DN

Que coincidência do caraças... O homem importuna os EUA e, uau, é acusado de agressão sexual e violação.

Admiro o homem. Tem coragem, muita coragem, por enfrentar o país todo poderoso. Pode não ter pensado bem quando divulgou alguma informação que se pode tornar perigosa mas, fora isso, a atitude dele é de grande coragem. Quanto às acusações... a serem verdade, prendam-no. Mas desconfio que não o são...

Comentários

  1. Sim, para mim são completamente falsas... Já aquelas coisas engraçadas que eles publicam na wikilikes, são do mais verdadeiro que pode haver... Digo eu!!

    ResponderEliminar
  2. Esta história começa-se a parecer demasiado com os livros de Stieg Larsson...

    Também acho que é tudo mentira.

    ResponderEliminar
  3. Concordo com vc..o cara tem "Cojones"..um cara sozinho peitou o Tio Sam.

    Isso tudo tem cara de sujeira...o Tio Sam curte caçar as pessoas..lembra do Bom e velho Polanski.

    Sorte que ele tinha França ao lado dele.

    Mesmo com ele preso...a máquina não vai parar.

    ResponderEliminar
  4. Admira-me é que ainda não que tenha dado um enfarte, daqueles duvidosos. Mas não deve faltar muito.

    ResponderEliminar
  5. Foi tudo feito porque ninguém pode "tocar" nos EUA... Enfim!

    ResponderEliminar
  6. Quanto a este assunto subscrevo-te na integra =)

    ResponderEliminar
  7. As acusações não são falsas. São feitas tendo em base uma lei específica da Suécia, em que apesar de o sexo ter sido consensual, as mulheres têm bases para o acusar disto devido ao facto de ele uma das vezes supostamente não ter usado preservativo, e outra das vezes o preservativo se ter rompido. É complicado, e só podia acontecer na Suécia...

    ResponderEliminar
  8. Obrigada pela informação, Lady. Se assim é, ainda é mais estúpido.

    ResponderEliminar
  9. Olha vai ao meu blogue que tens lá um anónimo ou ANÓNIMA com algumas pérolas verbais para ti...Fazer o quê?(tens dois comentários anónimos na postagem "sou parba" e na postagem "duas mortes",já agora vê a última postagem e tira as tuas conclusões...)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  10. Sim, são sem dúvida alegações falsas... também desconhecia a lei da Suécia... mas não deixa de ser uma manobra para o incriminar!

    ResponderEliminar
  11. Parece que ele já tinha sido ouvido na Suécia. A serem verdadeiras, porque não o prenderam logo?
    Era mais fácil do que andarem com mandatos de captura internacionais. Não tinha era o eco que está a ter.
    Afinal parece que o nosso primeiro voltou a mentir. Desta vez acerca dos aviões para Guantanamo. Bem podiam convidá-lo para um filme que se podia chamar:
    "Mentiroso Compulsivo II"

    ResponderEliminar
  12. Querem ver que por não ir ao Mac e estar sempre a falar mal daquilo ainda vou ser acusado de alguma coisa?

    ResponderEliminar
  13. eu acho que é mentira. já se sabe como são os estados unidos. quando alguém incomoda acabam com essa pessoa.

    ResponderEliminar
  14. Também me cheira mal. Ainda para mais quando era para ser libertado ontem, mas recorreram. E ainda para mais ainda nem apresentaram as provas do que o acusam. É demasiado conveniente...

    ResponderEliminar
  15. A minha intuição tb me diz que devem ter um fundo de invenção bem grande:)

    ResponderEliminar
  16. Foi exactamente o que eu pensei quando ouvi as acusações nas noticias!

    ResponderEliminar
  17. O caso wikileaks pode transformar-se num watergate a escala mundial. Está muita gente com medo...Até em Portugal...

    ResponderEliminar
  18. Desconfias tu... e desconfiamos muitos mais....

    ResponderEliminar
  19. Desconfio sempre muito do que vem a lume, sobre alguém que teve a coragem de revelar assuntos que mexem com muitos poderosos.
    Não concordo no entanto com o que ele fez, revelar assuntos que até podem estar adulterados, podem prejudicar muita gente que não deviam ser vítimas.

    ResponderEliminar
  20. Pois... é uma coincidência do caraças (até pode ser verdade, embora ache menos provável), o timing é perfeito

    ResponderEliminar
  21. É um grande homem sim. Concordo, e para veres a dualidade de critérios, o palhaço do facebook foi hoje considerado a personagem do ano pela "Time" vencendo exatamente o Julian Assange e porquê?

    ResponderEliminar
  22. Não deixes que a verdade estrague uma boa história...

    ResponderEliminar
  23. São falsas! O Sr. cá de casa já me esteve a contar toda essa história e de onde vêm essas acusações. Falsas, todas falsas!

    ResponderEliminar
  24. Não são acusações falsas, no sentido de que elas não estão a inventar uma história. Elas tiveram relações sexuais com ele, e uns dias depois descobriram que a outra também tinha tido e que em ambos os casos a relação foi desprotegida. A base para a "violação" é elas terem-se arrependido (no caso do preservativo que rompeu, ou ele não ter usado preservativo depois de ter uma relação desprotegida com outra pessoa). Aos olhos da lei sueca, elas podem fazer queixa, e geralmente, se os factos forem provados, a pena é uma multa.
    O problema neste caso não é a suécia, ou a inglaterra, é o medo de ser deportado para os estados unidos pelos crimes que lá está acusado, relacionados com a wikileaks, se for apanhado no sistema judicial de um destes países. A suécia é um país com muitas leis que aos nossos olhos são rídiculas e extremamente complicadas. è legal jogar póker na suécia, mas os impostos (no resto da europa não se pagam impostos de ganhos de jogo) são tão complicados, que se alguém quiser experimentar, acaba por pagar mais em impostos (e às vezes muito mais) do que o que ganhou.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares