"Swing from high to deep, Extremes of sweet and sour..."



Those who feel the breath of sadness
Sit down next to me
Those who find they’re touched by madness
Sit down next to me
Those who find themselves ridiculous
Sit down next to me
In love, in fear, in hate, in tears
In love, in fear, in hate, in tears...

Comentários

  1. como eu adoro esta música!!! sabes que comecei a dançar quando ela começou a tocar? levantei-me mesmo! ahah

    ResponderEliminar
  2. Adoro! É uma das músicas que uso para me animar quando estou chateado ou triste com algo...
    "If I hadn't seen such riches
    I could live with being poor" :-))

    ResponderEliminar
  3. ...Esta é a versão do Manchester GMex em 1990... Em 93 o Coliseu de Lisboa esteve literalmente quase a ir abaixo durante esta música. Na plateia havia um fundo falso, e toda a gente saltava e cantava. Incrível! Um dos concertos da minha vida, até porque tive a oportunidade de conhecer a banda nos bastidores. Vêm cá em Dezembro e já tenho o bilhete.... :-))

    ResponderEliminar
  4. Hey S* é uma das minhas bandas preferidas. Eles têm um pop simples mas boa onda. Música positiva! Durante uma fase menos boa de um passado já longinquo eram a melhor forma de animar o espírito.

    ResponderEliminar
  5. Uma excelente canção.
    Velhinha.
    Bonita.
    Daquelas que entram imediatamente no ouvido.

    Boa malha!

    ResponderEliminar
  6. Aiiii...soube mesmo bem vir aqui e ouvir est música :D

    Bjinho

    ResponderEliminar
  7. Xiiiii, tinha 15 anos quando isto apareceu!

    ResponderEliminar
  8. Não sabia que ainda existiam pessoas a ouvir isto

    ResponderEliminar
  9. Já nem me lembrava desta música. Eu curtia-a quando era adolescente (e ainda hoje gosto), mas preferia a Born Of Frustration.

    ResponderEliminar
  10. Adoro esta música S*, já não me lembrava de a ouvir há uns valentes anos...

    Só mesmo tu para me fazeres viveres momentos fantásticos da minha infância!

    Kiss**

    ResponderEliminar
  11. A música vive. O cabelo do Tim Booth nem por isso.

    Mas também, o homem já vai nos 50.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares