Às vezes não tomar uma decisão é tomar uma decisão.

Comentários

  1. E uma tomada pode ser de posse ou eléctrica.

    Tal não implica, em ambos os casos, que o comentário não seja parvo.

    ResponderEliminar
  2. Eu tomei a decisão de não tomar nenhuma decisão.
    Eu sabia que tu eras esperta, mas assim tanto, também não.
    É que um gajo até fica abananado, com tanta sabedoria! :-)

    ResponderEliminar
  3. Olha que grande verdade. Já falei disso no meu estaminé...

    ResponderEliminar
  4. Também já escrevi isso à tempos no meu cantinho, porque é algo que as pessoas não percebem, e uma #lição a reter!

    Quando assim é, mais vale erguer a cabeça e continuar sem olhar para trás!

    ResponderEliminar
  5. O que não tem remédio, remediado está...

    ResponderEliminar
  6. Toma-se sempre uma decisão! A de não tomar decisão nenhuma! ;)

    Ás vezes o melhor que há a fazer, é mesmo não agir!

    Beijinho!

    ResponderEliminar
  7. grande verdade! :)
    beijinho

    ResponderEliminar
  8. mas é uma decisão muito má. De tempos a tempos ando nessa indecisão...

    ResponderEliminar
  9. Cromo, a tua ironia é comovente. A tua foto nova também é linda... diria mais... é tocante!!

    ResponderEliminar
  10. Tocante do verbo tocar, ou do verbo tocar?

    ResponderEliminar
  11. Do verbo tocar.

    tocar - Conjugar

    v. tr. e intr.
    1. Pôr a mão ou o dedo em; apalpar.
    2. Roçar por.
    3. Pôr-se em contacto.
    4. Atingir.
    5. Tanger, fazer soar; saber tirar harmonias de um instrumento ou repicar (sinos).
    6. Executar determinada peça.
    7. Chegar a.
    8. Apressar, fazer andar depressa.
    9. Comover.
    10. Falar de, tratar de mencionar.
    11. Chamar.
    12. Bater, fustigar, açoitar, castigar.
    13. Instigar, excitar, obrigar.
    14. Aproximar-se de.
    15. Confinar com.
    16. Dar toques ou pinceladas em.
    v. intr.
    17. Caber por sorte.
    18. Pertencer.
    19. Dar um sinal por meio de toque.
    20. Fazer escala em.
    21. Bulir.
    22. Comer pouco.
    23. Ferir, ofender.
    24. Ser tão alto como.
    25. Ser ocasião própria para.
    26. Ser parente.
    27. Ir de encontro a, abalroar.
    28. Dar em baixo (o navio).
    29. Interessar.
    v. pron.
    30. Ter um ponto de contacto.
    31. Fig. Aproximar-se, identificar-se, ter semelhança.
    32. Magoar-se, ofender-se, melindrar-se.
    33. Começar a apodrecer.
    34. Ferir-se em virtude de roçar uma perna pela outra ou com a roupa.
    35. Diz-se da besta que mete os pés para dentro.
    36. Infrm. Embriagar-se

    Adivinha qual...

    ResponderEliminar
  12. Fonte de consulta: o maravilhoso Priberam.

    ResponderEliminar
  13. Nem preciso adivinhar. Mas não digo aqui, porque parece mal.
    Uma brejeirice aqui e ali, até que dá "sal" à coisa. Mais do que isso, é ordinarice.
    Aqui podia levantar-se a questão de saber qual "coisa", mas isso era começar a andar em círculos e acabávamos na mesma.

    ResponderEliminar
  14. Não fales, não fales... Não quero destruir a minha reputação de Virgem Maria. eheheh

    ResponderEliminar
  15. Não, não é, S*: é um escape, uma fuga, um esconderijo, o que quiseres chamar, mas será nunca uma decisão...é um chutar para canto!

    ResponderEliminar
  16. 100% verdade. A decisão só não é tomada enquanto se hesita...

    ResponderEliminar
  17. 16. Dar toques ou pinceladas em.

    Desculpa ter cá voltado, mas adorei esta eheheh.

    Haverá melhor do que dar toques ou pinceladas em?

    É bom para quem leva os toques e pinceladas e óptimo para "desenferrujar o pincel" eheheh

    ResponderEliminar
  18. é verdade! por vezes tem de ser... =/

    ResponderEliminar
  19. Claro que sim! Onde está a dúvida?
    Abracinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares