Avançar para o conteúdo principal

Cartas para ti III

As palavras que nunca te direi, são estas que aqui escrevo.

Não tenho coragem para tas dizer. Porque sei que não sentes o mesmo. Porque sei que provavelmente nunca vais entender como raio fui eu apaixonar-me por ti. Por isso calo-me e mantenho-me nesta nossa ideia de que era apenas diversão.

Nunca as vais ler, e isso conforta-me. Porque me intimida a ideia de que algum dia possas saber tudo aquilo que significaste para mim. Mesmo com a distância que nos separa e o tempo que passa.

E apesar dos gestos que eu não apreciei e das conversas que me magoaram, eu sei tu até gostaste de mim. De uma maneira tosca e esquisita. Quase imperceptível.

Mas eu gostei de ti abertamente e sem rodeios. Sem motivos ou justificações. Gostei de ti e vi em ti o futuro que queria para mim.

E hoje digo-te, com sinceridade e alguma pena, que deixei de te querer. Ficaram o carinho, a ternura e as recordações. Já não dói estar sem ti. Já não espero por ti. Mas terás sempre um lugarzinho reservado no meu coração.

Já não gosto de ti. Ainda bem.

Comentários

  1. As pessoas nunca amam a gente da forma que a amamos. Talvez por isso haja tanta decepção amorosa. Espero que seu coraçãozinho esteja sarado mesmo.

    ResponderEliminar
  2. como em compreendo isto!!

    vidinha a nossa que seremos umas eternas apaixonadas!!!

    **

    ResponderEliminar
  3. Assim é que eu gosto de ti! Agora já posso voltar a atirar-me a ti outra vez???? ahahahah

    beijos com charme

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem mesmo! ;) Não vale a pena parar no tempo por quem não retribui! beijocas

    ResponderEliminar
  5. Essas palavras só não podiam ser escritas por mim porque nunca conseguiria exprimir-me dessa forma, mas isso é praticamente a minha história...só não podia por a ultima frase porque ainda não cheguei aí.

    ResponderEliminar
  6. Quem assim escreve ainda não cortou a derradeira ligação.

    Saudações

    ResponderEliminar
  7. E podia ser a minha carta =)

    Kisses*
    Fénix*

    ResponderEliminar
  8. Terá sempre o lugarzinho dele, mas assim já não sofres mais...

    ResponderEliminar
  9. e quando a mágoa se sobrepõe ao que antes era bonito e doce é isto que acontece.
    Ainda bem para ti querida

    ResponderEliminar
  10. Ho Minha Querida, é tão bo ouvir-te falar assim... Quem mais Ama, é smepre quem mais sofre... Mas, tudo nesta vida passa e ainda bem... Agora é hora, de seguir em frente!!
    Bjinho*

    ResponderEliminar
  11. Que giro post:)
    É a verdade pura e crua...tudo passa, até aquilo que pensamos que vai doer para sempre. E ainda bem:)

    ResponderEliminar
  12. Também queria já poder dizer isso... Mesmo... Iria ser muito mais fácil...!

    Ainda bem que superaste ;) ***

    ResponderEliminar
  13. Até que enfim! Ufa! Aproveita bem! :-)))

    ResponderEliminar
  14. Quando os 2 não sentem o mesmo...mais vale nem começar para não haver mágoas!!

    ResponderEliminar
  15. Podia ter sido eu a escrever isto... Só ainda não consigo escrever os dois últimos parágrafos...

    beijinho****

    ResponderEliminar
  16. Muitos parabéns! Muito bonito ,mesmo!

    Força. beijinhos :D

    ResponderEliminar
  17. Sinto que parte de mim está como tu estás agora, a desprender-te de algo que tanto gostavas e amavas.
    Mas dói como um raio!!!!!!!!
    Admiro cada palavra tua.
    Com carinho
    Sairaf
    abraços enormes

    ResponderEliminar
  18. Fica se perdido quando se faz isso... um alívio e uma falta do "peso" mas é o melhor!

    ResponderEliminar
  19. (Obrigada, obrigada, obrigada, por fazeres-me chorar de rir esta noite!)

    A Elite

    ResponderEliminar
  20. as mulheres têm um jeito especial para se humilhar. não te humilhes, sê grande, como és

    *

    ResponderEliminar
  21. fica sempre alguma coisa... mas é bom chegar a esse ponto, é libertador.

    Bjokas

    ResponderEliminar
  22. por vezes mais vale aceitarmos que essa pessoa não gosta de nós, e seguir em frente.
    Sei de uma pessoa que precisava de ler isto, é muito complicado ver uma amiga minha a sofrer em vão.

    Beijo

    ResponderEliminar
  23. por vezes mais vale aceitarmos que essa pessoa não gosta de nós, e seguir em frente.
    Sei de uma pessoa que precisava de ler isto, é muito complicado ver uma amiga minha a sofrer em vão.

    Beijo

    ResponderEliminar
  24. Como eu compreendo esse "ainda bem". Há poucas coisas que nos fazem sentir tão mal do que um amor não resolvido. Guarda as memórias boas que vão atenuar os dias mais tristes e deixa a janela aberta para deixar o Sol entrar de novo e iluminar o coração.

    ResponderEliminar
  25. E agora é chegada a altura de recomeçar :)

    Fico feliz por ti*

    ResponderEliminar
  26. Gostei muito teu post, fez-me lembrar uma parte de um filme que vi há algum tempo ...
    e ainda bem que estas bem assim sem dar nem mágoa, isso é bom ;)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  27. acaba sempre por passar..longe da vista longe do coraçao e mais facil se torna superar a separação

    beijocas

    ResponderEliminar
  28. Revejo-me muito neste texto. Ainda bem mesmo, querida S!

    ResponderEliminar
  29. Meu Deus! A minha alma ficou parva. Eu estou a passar uma situação idêntica, aliás basta ler o meu log... Não é nada fácil... :/

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã.

Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte?

Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria.

Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

O que é nacional é bom

Anda Portugal a usar cestas desde sempre e esta vossa S* a usá-las há sete ou oito anos... e vem agora a Carolina Herrera descobrir a pólvora (imagens acima).
Por favor, acho isto verdadeiramente errado. A desfaçatez que é pegar em algo tradicional de um país e de o apresentar como uma "criação"... Ainda por cima chamar-lhe "Aveiro"... E em nenhum sítio dizer que tem inspiração portuguesa.
E a pechincha que está? Quase 500 euros por uma cesta. Não tinha nada contra o preço... se efectivamente fosse um produto de original.
É só googlar "cesta portuguesa" e encontram-se imensos exemplares realmente nossos... E sem custarem quase um salário mínimo.
Querem cestas de classe? Então comprem das nossas. Das verdadeiras. Cópias descaradas? Não, obrigada.
Sugiro a Victoria Handmade. Não são caras, são dispendiosas e têm o preço do que é realmente bom. São feitas à mão, são portuguesas e assentam na nossa tradição. 

Voltar ao início

Depois de quase 9 anos e meio de relação, não vamos fingir que são tudo rosas. Ultimamente, temos até de admitir que têm sido mais os dias maus do que os dias bons. As chatices do dia-a-dia, os remorsos, os ressentimentos, os problemas a que somos alheios mas que nos afectam... Não é fácil de gerir e mentiria se não admitisse que já pensamos "será que vale a pena?".
Da minha parte, apesar dos momentos menos bons, continuo com a nítida percepção de que é um bom homem, com bons princípios, e que dificilmente encontraria companheiro que encaixasse tão bem em mim (que eu sou osso duro de roer, no que toca ao convívio caseiro).
Vale sempre a pena, porque não perdemos esta capacidade de nos reencontrar e voltar ao início. Enquanto soubermos olhar um para o outro e reconhecer o valor um do outro, vale mesmo muito a pena.