Avançar para o conteúdo principal
Mas que raio...?

Assumo-me limitada no que toca aos números. É de mim, ou isto não faz sentido nenhum? É de mim.

Comentários

  1. Não é fácil perceber por aí...wikipedia rules:P*

    ResponderEliminar
  2. Tu tens a certeza que queres perceber???
    :)
    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Para mim é Chinês!! Comparada comigo tu és uma verdadeira "barra"! Bjnhs

    ResponderEliminar
  4. A solução do problemam realmente é muito discreta...

    ResponderEliminar
  5. Nunca fui bom em matemática. Tenho trauma de números e além disso não sei para que eles servem!

    P.S.: Dá uma passadinha lá no blog, tem posts novos!

    Bjus

    ResponderEliminar
  6. Para mim também não faz sentido nenhum, mas de certeza que para muitas pessoas há-de fazer...Não me entendo com p's, x's, variantes, probabilidades mas enfim, um dia ainda hei-de perceber isso tudo, só não sei é quando. Vais ver que mais dia menos dia isso começa a fazer sentido...ou pelo menos devia se vais ter exame.

    ResponderEliminar
  7. Pois... para mim não faz sentido... não percebo mt de matemática :P

    Kiss kiss

    ResponderEliminar
  8. :)

    Faz sentido sim. A linguagem é que não é a melhor.

    Isto vai la com um exemplo. Supõe que estás a rolar um dado.

    X= valor da face do dado após rolar

    então x pode ser 1, 2, 3, 4, 5 ou 6.

    Neste caso, por exemplo, P(X = 1) lê-se a "probabilidade de sair 1 após rolar o dado". E esta probabilidade é 1/6.

    Espero ter ajudado :)

    ResponderEliminar
  9. Hummmm... então x pequeno são as hipóteses e X grande a concretização?

    ResponderEliminar
  10. É mais ou menos isso.

    Em "matematiquês" X grande é o acontecimento "valor da face" e x pequeno é o valor que o acontecimento pode tomar.
    (também devem chamar variavel aleatoria ao X grande no teu livro, mas é só um termo tecnico).

    Mas sim, estás lá ;)
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  11. Tão querida. Obrigada Jéssica. Finalmente entendi!

    ResponderEliminar
  12. Outra coisa,

    x não tem necessariamente de ser um número.

    Podes ter tres bolas dentro de um saco preto. Dois vermelhas e uma azul. Tiras uma bola ao acaso.

    Neste caso:

    X = cor da bola
    x pode ser vermelho ou azul

    P(X = vermelho) = 2/3
    P(X= azul) = 1/3

    :)

    ResponderEliminar
  13. sim. logo, se mandares o dado obténs um valor de X grande, um nº de 1 a 6.
    a probabilidade de que esse valor seja igual ao de x pequeno (que são os valores que relacionaste com a probabilidade de sair cada uma das faces de dado - 1/6) é sempre igual à probabilidade desse x pequeno.

    Ou seja, se queres que te saia 4 no dado (X grande), vais à tabelinha que criaste com a probabilidade de sair cada face (x pequeno) e vês qual era a probabilidade - P(x) - de sair essa face. é uma picuice.

    não é de ti. detestava esta coisa, a matemática é a ciência que tem como objectivo complicar o que é fácil e mais não digo.

    ResponderEliminar
  14. (mas fico tão contente de ainda me lembrar destas coisas 8) é mesmo fixe lol)

    ResponderEliminar
  15. é por estas e por outras que tenho um curso pendurado!

    ResponderEliminar
  16. Eu tenho os melhores leitores do mundo. :')

    Gracias!

    ResponderEliminar
  17. Eu também sou assim... Não percebo nada de números...
    Até para ir para a universidade tive de escolher um curso que tivesse como especifica só português... O que me vale é que é exactamente o curso que eu quero e adoro...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Er.... isso é o quê mesmo??? Legenda, please!!!!

    ResponderEliminar
  19. Boa sorte!! :)
    Abraços grande
    com carinho e muita alegria
    Sairaf

    ResponderEliminar
  20. Eu diria que é uma linguagem de outro mundo!

    ResponderEliminar
  21. Eu é mais bonecos pá. isso é chinês para mim.

    ResponderEliminar
  22. Imagina o exemplo, X- acontecimento "a soma do lançamento de 2 dados ser superior a 7) neste caso a expressão seria: P(X>7). O teu x é o valor 7.

    dado A
    dado B 1 2 3 4 5 6
    1 2 3 4 5 6 7
    2 3 4 5 6 7 8
    3 4 5 6 7 8 9
    4 5 6 7 8 9 10
    5 6 7 8 9 10 11
    6 7 8 9 10 11 12

    P(X>7)= 15/36

    Bjinhos

    o x pode ter qualquer valor de -infinito a + infinito,
    de acordo com o teu problema e com os dados do ex.

    ResponderEliminar
  23. De que ano é o livro onde isso está?

    Dei isso no 12º :|

    ResponderEliminar
  24. Lembro-me vagamente de ver esse tipo de problemas. Mas, sinceramente, Matemáticas nunca foram o meu forte :P

    ResponderEliminar
  25. Como eu detesto estatítica, probabilidades e afins....

    ResponderEliminar
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  27. O mundo é dos matemátcos!!! ah ah ah (estou a meter-me contigo, G!)

    Mas, as grandes ecoações, estão na base de quase tudo o que nos rodeia!

    ResponderEliminar
  28. Digo, S*

    eh eh eh eu sabia que a sonoridade era semelhante! ;) Desculpa, grande falha minha!

    ResponderEliminar
  29. Eu já vinha cá armada em Einstein mas já não vou a tempo.

    Ohhhhhh!

    ResponderEliminar
  30. Bem, já te explicaram tudo muito bem :) Já não preciso de me recordar disto (que por sinal devia saber mas pronto)

    beijo***

    ResponderEliminar
  31. também não foi fácil de entender estatística... mas com muitos exercícios chegas lá!!

    beijo e bom estudo*

    ResponderEliminar
  32. Também já passei por isso, mas não me lembro... ; ) ***

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã. Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte? Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria. Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

I wish

 Faço anos daqui a um mês e, este ano, vou querer prendas muito práticas e objectivas. Algumas coisas preciso comprar, outras substituir, mas acho que vou deixar um pouco as vaidades de lado e optar por poupança real - porque são coisas que teria de comprar. Alisador de Cabelo a vapor BELLISSIMA My Pro (Titânio - 170 °C - 230 °C ) Este ou outro qualquer, desde que seja bom e não me estrague (demasiado) o cabelo. Uns auscultadores. Preferencialmente giros. Preferencialmente sem fios. Estes ainda por cima dobram-se, o que é muito prático para colocar na mala. Um candeeiro de tecto novo para o meu quarto, que o que tenho é antigo e tapa imenso a luz. A minha irmã comprou este candeeiro de mesa para o quarto do meu pequeno (em preto) e amei de paixão. Queria assim em tom cobre para o meu quarto. :) Todos os candeeiros da Leroy Merlin / AKI.

Voltar ao início

Depois de quase 9 anos e meio de relação, não vamos fingir que são tudo rosas. Ultimamente, temos até de admitir que têm sido mais os dias maus do que os dias bons. As chatices do dia-a-dia, os remorsos, os ressentimentos, os problemas a que somos alheios mas que nos afectam... Não é fácil de gerir e mentiria se não admitisse que já pensamos  "será que vale a pena?". Da minha parte, apesar dos momentos menos bons, continuo com a nítida percepção de que é um bom homem, com bons princípios, e que dificilmente encontraria companheiro que encaixasse tão bem em mim (que eu sou osso duro de roer, no que toca ao convívio caseiro). Vale sempre a pena, porque não perdemos esta capacidade de nos reencontrar e voltar ao início. Enquanto soubermos olhar um para o outro e reconhecer o valor um do outro, vale mesmo muito a pena.