Avançar para o conteúdo principal
Já dizia o outro...

Que uma mentira suficientemente repetida torna-se verdade.

Quando tiver umas horinhas vagas, vou repetir a mim mesma que não te acho piada.

Comentários

  1. Será que tem mesmo efeito?

    Se tiver vou começar a contar mentirinhas a mim mesma...

    ResponderEliminar
  2. Acho que é verdade isso... Quando repetes essa mentira muitas vezes começa a entrar no sistema e até tu acreditas nela. ;)

    Kiss kiss

    ResponderEliminar
  3. Não digas isso. Tu sabes que eu sou o gajo com mais piada deste mundo e arredores eheheh.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. LOL Tadinha... Esse coraçãozinho...:)

    Beijoca, boa sorte, oh minha consciência!

    ResponderEliminar
  5. Estou de acordo, se resultar avisa-me que eu faço o mesmo!!

    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Mas é que é mesmo assim! às tantas já se acredita que é verdade!!! BJS**

    ResponderEliminar
  7. Boa sorte!

    Mas gostei da associação :)

    ResponderEliminar
  8. Também dizem que se nos rirmos bastante o nosso cérebro "convence-se" que estamos felizes! Daí a risoterapia! E que tal praticares este? Talvez ajudasse mais! Bjnhs

    ResponderEliminar
  9. Se for preciso nós ajudamos!!!

    "Eh pá, a S* não te acha piadinha nenhuma!!!"

    eh eh eh

    ;)

    ResponderEliminar
  10. eu não sou de intrigas, mas isso resulta ? God, se resultar avisa para eu fazer o mesmo.

    ResponderEliminar
  11. humm. nao é para desanimar, mas nao me parece q isso vá colar
    :)

    beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  12. será que resulta?
    se achas que sim eu fico aqui a torcer por ti.

    ResponderEliminar
  13. Hum... lamento ser pessimista mas nesse caso duvido que resulte!

    ResponderEliminar
  14. Às vezes mentimos tanto a nós mesmos que acabamos por não saber o que é realmente verdade!

    ^^

    beijinho*

    ResponderEliminar
  15. não sei da mentira. mas minhas verdades, já, já viraram ilusões!

    ResponderEliminar
  16. Será que irá resultar? Eu ponho as minhas dúvidas. Depois diz-me! Acho que, no máximo, repetires isso tantas vezes para ti própria, vai apenas deixas-te confusa!

    ResponderEliminar
  17. Talvez resulte... Mas acho que o melhor é pensar em outras coisas, manter a cabeça tão ocupada que isso vai acabar por passar.

    Bjokas

    ResponderEliminar
  18. err..eu ca acho que isso é mentira, e mesmo que repita muitas vezes que é verdade continua a ser mentira.o que prova a minha teoria que é mentira. mas sempre podes tentar =P

    ResponderEliminar
  19. Será que resulta??!
    Abraço grande S*:)

    ResponderEliminar
  20. Vou dar uma ajuda;).
    Houve ou lê esta letra de uma cantora de rap ou hip hop(detesto rao e similares, mas a letras desta são muito boas)

    Dama bete "levas-te a minha vida"

    Lê e ... ;):).

    ResponderEliminar
  21. Teoricamente é verdade. Basta dizeres 3 vezes segundo dizem. Mas cá para mim, se não disseres mais nada que se relacione com essa pessoa e passares a arranjar outro que substitua, funciona que é uma maravilha!

    ResponderEliminar
  22. Se resultar contigo então eu tou avariada. ehehehe
    :D

    ResponderEliminar
  23. peço desculpa por ter de alguma maneira dado a entender que tinhas que pedir desculpa pelo teu ponto de vista. tóinice :)

    de qualquer maneira, não sei se concordo. só acho que as pessoas com depressão (se é que faz sentido dizer isso, espera pelo capítulo 2) são pessoas que precisam de estar assim, seja porque razão for.

    ResponderEliminar
  24. Pode não resultar, mas escreve num papel e lê... :)

    ResponderEliminar
  25. Eu estou a tentar fazer o mesmo, mas sem resultados até agora :S
    Boa sorte

    ResponderEliminar
  26. Espelho, para evitar pensar em quem não pensa em mim, claro.

    ResponderEliminar
  27. Se assim é, então já sei o que fazer para que o que eu escrevo tenha, realmente, piada!! LOL

    ResponderEliminar
  28. ah, e já agora, uma vez aconteceu-me isso. quando dei por mim, estava ainda mais 'enterrada'.

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã.

Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte?

Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria.

Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

O que é nacional é bom

Anda Portugal a usar cestas desde sempre e esta vossa S* a usá-las há sete ou oito anos... e vem agora a Carolina Herrera descobrir a pólvora (imagens acima).
Por favor, acho isto verdadeiramente errado. A desfaçatez que é pegar em algo tradicional de um país e de o apresentar como uma "criação"... Ainda por cima chamar-lhe "Aveiro"... E em nenhum sítio dizer que tem inspiração portuguesa.
E a pechincha que está? Quase 500 euros por uma cesta. Não tinha nada contra o preço... se efectivamente fosse um produto de original.
É só googlar "cesta portuguesa" e encontram-se imensos exemplares realmente nossos... E sem custarem quase um salário mínimo.
Querem cestas de classe? Então comprem das nossas. Das verdadeiras. Cópias descaradas? Não, obrigada.
Sugiro a Victoria Handmade. Não são caras, são dispendiosas e têm o preço do que é realmente bom. São feitas à mão, são portuguesas e assentam na nossa tradição. 

Voltar ao início

Depois de quase 9 anos e meio de relação, não vamos fingir que são tudo rosas. Ultimamente, temos até de admitir que têm sido mais os dias maus do que os dias bons. As chatices do dia-a-dia, os remorsos, os ressentimentos, os problemas a que somos alheios mas que nos afectam... Não é fácil de gerir e mentiria se não admitisse que já pensamos "será que vale a pena?".
Da minha parte, apesar dos momentos menos bons, continuo com a nítida percepção de que é um bom homem, com bons princípios, e que dificilmente encontraria companheiro que encaixasse tão bem em mim (que eu sou osso duro de roer, no que toca ao convívio caseiro).
Vale sempre a pena, porque não perdemos esta capacidade de nos reencontrar e voltar ao início. Enquanto soubermos olhar um para o outro e reconhecer o valor um do outro, vale mesmo muito a pena.