Sal e Pimenta

A prova de que as mulheres são ingénuas e muito crentes é que acham sempre que vão conseguir mudar um homem. Elas sabem que aquele gajo é uma porcaria, engatatão e destruidor de corações... Mas adoram acreditar que vão consegui-lo fazer mudar. Se tentarem o suficiente, o fulano vai virar um carneirinho manso fiel para toda a vida.

Se um homem lhes diz que é frio e insensível, têm tendência a acreditar que o vão conseguir fazer mudar. Com muito carinho, amor e tudo mais, ele muda. Sim, pois, claro...

E porque é que as mulheres se interessam por este tipo de homens?

Hum, eu acho que tem um bocadinho a ver com a vaidade feminina. Geralmente este tipo de homens são bastante populares entre o mulherio... e já se sabe que o mulherio adora lutar por homens. Ficam todas vaidosas se um fulano muito cobiçado opta por ficar com elas É sinal de que são mesmo boas.

Depois existem as mulheres que apreciam outro género de homem... Os mansos, que transmitem segurança e estabilidade. Elas têm tanto medo de ser magoadas que optam por aquele que lhes parece mais seguro. O pão sem sal, entenda-se.

Eu sou um género híbrido, nem uma coisa nem outra. Tenho medo de me magoar. Mas arrisco. Qual seria a graça da vida sem sal e pimenta?


Comentários

  1. Essa pergunta terás de a fazer a um hiper-tenso... É que, se sem sal e pimenta a vida perde o sabor, às vezes perdemo-nos a (pensar que estamos a) sabareá-la, e acabamos com graves problemas de saúde!

    Mudar alguém?!! - Ou gostamos como é ou o problema é nosso, e seremos nós quem terá de mudar, penso eu de que!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  2. É complicado mudar alguém, mas não é impossível. Mas a pergunta será "valerá a pena?"...

    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  3. sim amiga.....tens razão em alguma parte.

    sabes, relações entre homens e mulheres são como ouvir rádio:
    tem de tar bem sintonizado na frequencia, tens de ter bom gosto de musica e ouvir bem claro....

    ha pessoas muito frias e que quando dao por elas estam a fazer as cenas mais carihossas que podes imaginar...
    o factor social e emocional reflecte se muito numa pessoa. uma pessoa nao pode generalizar assim em mais nem menos.

    mas compreendo te perfeitamente...esta muito bem argumentado

    ResponderEliminar
  4. Não acho que seja impossivel mudar alguem... é impossivel torna-la no nosso cordeirinho, sim. é impossivel molda-la a nossa vontade em 2 meses, sim. Mas com o tempo vão-se dando pequenas mudanças nas pessoas, adaptam-se àquela pessoa, e assim vão mudando, aos poucos, pequenas coisas. Não a podemos tornar em 100% no nosso projecto, nisso não acrdito, mas que podem haver pequenas mudanças, podem! :)

    ResponderEliminar
  5. pois eu tb sou de arriscar, mas é como a D* diz "será que valerá a pena???"



    ;)

    ResponderEliminar
  6. Temos que ser minimamente racionais e saber que ninguém "muda" ninguém. O que pode acontecer é que ambos se vão adaptando e que, por circunstância de carácter, um seja mais maleável do que o outro. Quanto ao pão sem sal...mais vale morrer uns dias mais cedo e juntar-lhe um bocado de tempero! ;-) **

    ResponderEliminar
  7. Eu acho que ja não volto a arriscar..

    beijinhos :)

    ResponderEliminar
  8. Acredita que se pode mudar um rapaz engatatão :D
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  9. e porque não o contrário?
    e porque não transformar o pão sem sal, num pão apimentado?

    ResponderEliminar
  10. Bom se alguém "anda à procura" de alguém, então é provável que acerte no número errado. Normalmente acontece esse tipo de coisas (e basta olhar para quem entra nos chanatos todos artilhados, conduzidos por gajos que deviam ser proibidos de abrir a boca eheheh) a quem procura um parceiro/a para "mostrar". Acho que uma relação não deve "nascer" assim. Não que acredite no amor à primeira vista, mas também não acredito na "luta" pelo macho/fêmea dominante, a não ser pelo sexo.
    E essa coisa dos mansos, que transmitem estabilidade, parece-me mais conversa de feira de gado.
    Quase sempre uma coisa vem com a outra. Se existe amor, é evidente que vai haver entendimento. Agora se isso é tido por "mansidão"... é provável que acabes por "comprar" o boi que te vai virar a carrada na primeira curva do caminho eheheh.
    Isto se, entretanto, a relação não acabar à marrada eheheh.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  11. Eu já escrevi um texto sobre isto. Não sei se te lembras (porque acho que o comentaste). e também acho que é por vaidade das mulheres, uma questão de tentarem provar que a elas ele não vai fazer mal.
    Fica aqui o link para o texto:
    http://vidadeumagaija.blogspot.com/2009/02/comigo-ele-vai-mudar-ou-o-complexo-eu.html
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. o mesmo se aplica às mulheres! mulheres fáceis e que não se precise de dar a volta não é a mesma coisa :P

    ResponderEliminar
  13. eu sou daquelas que se interessa pelos que não me devia interessar - frios, insensíveis, inconstantes, um bocado até manientos. eu não queria, mas é incontrolável! são sem dúvida os que me chamam a atenção.
    e uma coisa é certa, quando um deles, se interessa por nós ficamos com o ego tão grande que acabamos por ficar cegas! totalmente.
    o que é mau e perigoso. o melhor é mesmo haver um meio termo, por isso, acho que fazes muito bem!

    ResponderEliminar
  14. Tens estudos de Sociologia ou Psicologia?
    É que é com cada retrato mais exacto...

    ResponderEliminar
  15. Mas mudar pra quê?
    É como ir a loja e comprar o vestido mais caro (só porque uma fulaninha estava à espera que eu o largasse) e depois andar de tesoura, agulha e linha na mão... Nah! Às tantas as emendas estragam o original! Se não serve, que o vista outra!

    ResponderEliminar
  16. Uma mulher não consegue mudar totalmente, pode mudar um poucochinho. um homem mas a inversa também é verdadeira.

    Tenho a opinião da S*, "bem temperado", nem muito, nem pouco...
    :):):)

    ResponderEliminar
  17. O equilíbrio é tão difícil como o resto: encontrar/ser encontradas, por alguém "decente".
    A minha tendência é a errática. Mas um dia muda, oh se muda.

    Um beijinho, S*

    ResponderEliminar
  18. Mesmo com muito amor e carinho, como dizes, acho muito díficil mudar alguém..ou se gosta, ou não se gosta! Pode-se ceder um pouco, moldar-se à outra pessoa, mas não mudar radicalmente.. Mas é bem verdade, sem sal e pimenta isto não teria piada nenhuma..

    ResponderEliminar
  19. Olha que se pode mudar um daqueles que acham que as têm todas... Pelo menos já dura 2 anos. :O

    ;) mas eu não sabia que ele foi assim!

    Acho que sou mais pro meio termo, nem pouco sal nem muito!

    ResponderEliminar
  20. "Se um homem lhes diz que é frio e insensível, têm tendência a acreditar que o vão conseguir fazer mudar. Com muito carinho, amor e tudo mais, ele muda. Sim, pois, claro..."

    Não dá mesmo??
    é que eu tentei e ainda nao sei se ja desisti de tentar!!

    ResponderEliminar
  21. Eu sou mais a segunda...e depois sinto falta da primeira...e depois ando de roda da primeira sinto falta da segunda. Ai rapariga decidi-te senão vais parar ao manicómio (desculpe,hoje ainda não tomei a medicação hihi)

    ResponderEliminar
  22. Recomenda-se sal e pimenta, q.b.

    Bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  23. É mesmo impossível perceber as mulheres...

    ResponderEliminar
  24. ººº
    Pareces entender da p(h)oda, (rs)


    Bjossss e bom f-d-s

    ResponderEliminar
  25. Eu acho que sou dessas que gosta de achar que tem o dom de mudar as pessoas. É que se não for difícil, nem tenho interesse pela pessoa...Homens mansos e que transmitem segurança e estabilidade? Não têm piada nenhuma.Raios me parta este meu feitiozinho.

    ResponderEliminar
  26. De fato, não se muda ninguém! E vida sem sal e sem pimenta é muito sem graça. rs

    ResponderEliminar
  27. Ahaha como diz num dos comentários que li, terás de perguntar a um hipertenso se a vida tem graça sem sal e pimenta :P

    Quanto a mudar alguém, penso que não é totalmente impossível... Resta pôr-se a questão: "Valerá apena?".

    ResponderEliminar
  28. A graça para mim está no mix entre a carinha de bom menino e o je ne sais quoi de quem te encosta à parede quando quer.

    Aprecio os valores e os princípios e que lhes sejam fiéis. Se forem sinceros comigo, têm tudo ;)

    ResponderEliminar
  29. Boas, realmente já me tinha apercebido de algo do género...
    vejo várias vezes gajos que sussurras ao ouvido dele e consegues ouvir o eco tipo altifalante a sair pelo outro lado, com raparigas além de jeitosas com a cabeça bem assente e por sinal uma menina impecável!

    perco-me a pensar, serei eu que estou mal??

    ResponderEliminar
  30. Olá,
    Muito bem observado. Talvez acrescentasse um detalhe e um ingrediente. O ingrediente é o piripiri, que é picante de certeza. A pimenta pode não ser. Costuma combinar bem, é muito apreciado e melhora o sabor da carne. O detalhe é que as mulheres, nesse desiderato (uma palavra cara, cai sempre bem,)de nos mudar manipulam os condimentos com tal mestria que as vezes conseguem autênticos milagres...
    E parabés pelo blog que descobri através dos Beijinhos Embrulhados!

    ResponderEliminar
  31. Mais uma vez me encontro aqui neste momento para comunicar que este post levou-me a fazer um também ao qual salientei o seu blog e este post

    ResponderEliminar
  32. pois eu estou como tu, S*. no meio é que está a virtude!

    ResponderEliminar
  33. Encaramo-los como um desafio, S*, bem picante, mas ninguém muda ninguém, de raiz. Adaptamo-nos um ao outro - ou não! Bj

    ResponderEliminar
  34. Sal, pimenta, mas açúcar, também, já agora!...

    Acho que a melhor mudança seria a de não querer mudar, nem se deixar mudar... Por outras palavras, e isto vai sempre dar ao mesmo, interessa melhorar a auto-estima e segurança...

    ResponderEliminar
  35. Tema complicado... mas concordo com cada palavrinha...

    Um beijinho
    Eduarda
    Be in ♥ love

    ResponderEliminar
  36. Condimentos essenciais a qualquer relação.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares