Come e cala-te.


Acho feio ver aqueles casais que estão juntos mas não abrem a boca para conversar. Estão no restaurante, a almoçar, sem proferir uma única palavra. Cada um está concentrado no seu prato, a pensar sabe-se lá em quê.

Fico com o coração pequenino ao ver situações destas. Quando as pessoas não têm mais sobre o que falar, é porque a intimidade desapareceu. Se calhar nunca existiu... Passam a refeição a olhar para a massa à bolonhesa, a dar voltas no esparguete, sem olhar para o parceiro.

O silêncio pode ser bom, mas só é bonito quando o sabemos apreciar. É bom ficar na calado, dedos entrelaçados, olhares fixos um no outro. Mas este tipo de silêncio é diferente, é forçado, é típico de quem não se quer partilhar.

Reajam raios! Queixem-se. Gritem. Discutam. Digam o que vos incomoda. Dêem a conhecer aquilo de que não gostam. Mostrem ao vosso parceiro o que vos faz falta... Carinho. Amizade. Atenção. Conversas. Sexo. Tudo isto e mais alguma coisa? Digam-no. Tentem ser felizes.

Comentários

  1. Uma boa conversa pode resolver muitos problemas, sem dúvida!

    ps:O apelido é Millet lol

    **

    ResponderEliminar
  2. Fica-se sem perceber porque saíram para tomar a refeição.

    Bem.
    Imagina que um deles está com um problema tremendo e, desajeitado, mal acabaram de pedir as escolhas, ele atira, a frio, o problema ao perceiro(a).
    O bloqueio é de tal ordem que nem ânimo conseguem para cumprir algumas, não todas, das sugestões que deixas.

    ResponderEliminar
  3. Pois é.. nunca devemos deixar de tentar ser felizes aconteça o que acontecer.

    ResponderEliminar
  4. Atirem com a massa à bolonhesa à cara um do outro mas reajam...Bolas!

    ResponderEliminar
  5. Nem que para serem felizes tenham que se separar... sempre é melhor que andar "enganado"

    ResponderEliminar
  6. Sim, antes umas discussões feias do que tal indiferença:X*

    ResponderEliminar
  7. já somos duas a pensar assim :)
    beijinho

    ResponderEliminar
  8. Às vezes podem estar mesmo mesmo...



    ...com muita fome.
    :P

    ResponderEliminar
  9. Não é tentam,é sejam.
    Quando se diz "tentar" está-se automaticamente a colocar a hipótese de não conseguir.Isto vale para tudo x)

    ResponderEliminar
  10. ...as palavras são o mote e o meio de transporte!

    ...a incerteza estará a cada Byte!

    ...a descoberta terá sempre muitas cores!

    Objectivos:
    O sorriso... porque sim.
    A intensidade... porque se é assim!
    Preenchida... de vontade!
    Romantismo... porque se respira!
    A emoção... o alimento!
    A partilha... porque se quer!

    Aceitas o desafio?

    Procura e descobre...

    ResponderEliminar
  11. Ui esses silêncios são tão, mas tão constrangedores... também não gosto. Eu cá tenho de estar sempre a falar... bjs

    ResponderEliminar
  12. so cheguei agora do trabalho e ensaio...vim so mesmo deixar um beijinho:PP:P

    amanha vejo melhor o que escreveste

    ResponderEliminar
  13. Sabes, muitas vezes dou por mim a observar casais, seja a tomarem uma refeição, a beber um café, ou algo do género, e na maioria dos casos não trocam uma única palavra, o que me causa alguma estranheza. Sinceramente não sei como se mantém uma relação assim, na base do vazio! Bom, mas isto sou eu a falar, que não entendo nada destas coisas! ahahaha

    ResponderEliminar
  14. Acredita... Também já vi isso imensas vezes e faz me confusão. Conversation is key to any healthy relationship. :)

    ResponderEliminar
  15. Ah, mulher do Norte! Aqui fala-se, insulta-se, às vezes até se dizem umas asneiras cabeludas! Tudo menos comer e calar, porra!Embora...um silêncio de quando em vez não seja mau. Mas aí,há os olhares e os toques que dizem tudo!
    **

    ResponderEliminar
  16. E se um tentar conversar mas o outro estiver mais interessado na TV do restaurante?

    ResponderEliminar
  17. A falta de comunicação é das piores coisas numa relação.. mas quando damos conta por vezes é tarde demais...

    ResponderEliminar
  18. A falta de comunicação é das piores coisas numa relação.. mas quando damos conta por vezes é tarde demais...

    ResponderEliminar
  19. Não se fala com a boca cheia. Lol

    ResponderEliminar
  20. pois é ... aculpa é do medo e do trabalho que dá não ter medo de falar o que quer que seja ...:)

    ResponderEliminar
  21. Eu também acho estranho momentos assim...
    Gosto daqueles silêncios cúmplices, em que há troca de olhares que dizem tudo...mas faz-me confusão ver silêncios por falta de motivo de conversa...
    Bjinhos***

    ResponderEliminar
  22. Tou com a Arya... Sabe-se lá se eles não estão mesmo esfomeados?!...

    De qualquer forma, não reagir é uma forma de reacção (sem filosofia nem ironia)... O problema é juntarem-se duas pessoas com o mesmo tipo de reacção...

    ResponderEliminar
  23. acho que acontece qd simplesmente já não ha nada para partilhar (ou assim sentem) ou estão já cansados um do outro... e é triste! a mim deixa-me realmente triste, sinceramente.

    ResponderEliminar
  24. Por acaso falo muitas vezes com o meu namorado sobre isso. Já concordamos que se chegar o dia em que não tenhamos nada para dizer, em que vamos um restaurante para não abrir a boca, então esse é um bom sinal de que está na hora de terminar tudo...

    ResponderEliminar
  25. eu falo demais, às vezes ele relembra-me que a comida está a ficar fria. eu na hora das refeições rebobino o filme do meu dia e partilho tudi tudi com ele... e também o ouço;)

    ResponderEliminar
  26. Eu falo demais... sempre falei... qd nos conhecemos parecia uma matraca sem me calar... e hj em dia tb... alias, qd temos um problema qq nao consigo descansar enquanto nao desabafar... nao digo que isto seja so vantagens.... porque eles não têm mta paciencia para nos ouvir... mas olha... eu fico mais liberta, mais leve...

    Agora com miudos tenho necessidade dessas conversas à refeição...:(

    Beijos

    Pink

    ResponderEliminar
  27. tenho assistido a alguns desses fenomenos e comento sempre... faz-me confusão!!

    Um beijinho
    Eduarda
    Be in ♥ love

    ResponderEliminar
  28. ...porque uma das diferenças entre o Homem e o Animal é mesmo a comunicação.
    Mas talvez por isso os animais sejam tão mais dedicados, tolerantes, amigos... eles comunicam melhor que nós!

    Há que saber comunicar...
    O melhor para este casal ter almoçado cada um no seu restaurante e talvez ao fim da noite sentissem a falta um do outro...

    ResponderEliminar
  29. Chama-se a isso a tão afamada acomodação. E adianto desde já que é um sentimento horrível.

    ResponderEliminar
  30. e aqueles que vão para a praia e ficam dentro do carro a ler o jornal e uma revista, cada um para seu lado, hein?

    ResponderEliminar
  31. É um pouco triste, sem dúvida. É curioso porque ando a ler um livro que, de certa forma, toca nesse assunto. :p

    **

    ResponderEliminar
  32. Eu nunca fiquei em silêncio com o meu marido! E quando ficamos, um ou outro arranja sempre maneira de quebrar.

    Beijos

    ResponderEliminar
  33. Para isso mais valia comer em casa :P

    ResponderEliminar
  34. Vivi os últimos anso da minha vida assim... e também dizia como a Lia que quando isso acontecesse tinhamos chegado ao fim. E qunado o chamava à atenção era porque era conflituosa e porque queria arranjar uma desculap para o despachar. Terminei, porque achava que ele já não queria estar ali mas nem sabia. E sempre o adorei, mas a gente sente estas coisas. Passada a birra inicial e um mês e meio ele estava com outra, já vive com ela e hoje até me diz: tinhas razão pah, aquilo já não era nada.
    Mais de 9 anos mandados à rua..

    Isto de ser honesta e fiel aos nossos sentimentos, tem que se lhe diga...

    Mas sim, é um bom índice.

    Cumps

    PV

    ResponderEliminar
  35. Os restaurantes estão cheios de gente assim... dizem que a culpa é do comodismo!!

    Não se percebe.

    ResponderEliminar
  36. e às vezes basta um olhar... um toque d mãos...

    ResponderEliminar
  37. Olha uma vez fui a um restaurante em que as mesas são corridas e senta-se tudo uns ao pé dos outros (assim muito pouca privacidade entre as pessoas) e sentaram ao meu lado um casal com 2 filhos... durante a refeição que naquela mesa niinguém trocou uma palavra que seja...sentaram-se calados, comeram calados e sairam calados...eu e uma colega enquanto almoçmos não tivemos conversas privadas e tal mas nunca nos calamos, mas ambas reparamos no que se passava ao lado. como é possivel acontecer isto, nem precisavam de lavar roupa suja ali ao nosso lado, mas ao menos uma conversa de circunstância entre eles eu acharia normal.

    ResponderEliminar
  38. enquanto se come não se fala!

    mas sim, essas situações são constrangedoras :p

    bjo

    ResponderEliminar
  39. As pessoas cada vez mais tem dificuldade em conversar mais ainda entre casais com problemas...é triste de facto.

    bj

    ResponderEliminar
  40. Inteiramente de acordo!!
    São as tais relações para a aparência, o estar por estar, desculpem, mas eu não consigo enganar-me a mim própria!!

    ResponderEliminar
  41. Estou em crer que haverá silêncios, entre casais, que serão sinónimo de vazio. De fim. De adiar o inevitável, leia-se - Separação.

    Mas há os outros! Os da cumplicidade! - E esses, se são transportados para a mesa de um jantar de um restaurante, não serão iguais aos que referi em cima.

    Poderá alguma palavra, alguma frase, algum texto, conter tudo quanto o que um silêncio encerra? - Simples - Não! Apenas porque um silêncio encerra tudo o que possa ser dito!

    Jantar em silêncio pode nem ser a regra, mas a excepção. Quantos de nós tem uma relação estável, cúmplice o suficiente para permitir jantar um silêncio, conversar um silêncio?...

    Mas compreendo-te o ponto.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  42. Assusta-me que isso possa acontecer entre casais, a intimidade desaparecer isto é. Por outro lado quero também sentir a cumplicidade de poder estar sem proferir uma única palavra e com um simples sorriso ou olhar dizer tudo. Mas são situações distintas.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares