Avançar para o conteúdo principal

Surprise Surprise!

Há uns dias li sobre este assunto num blogue e lembrei-me de publicar este texto, que já tem um bom tempo. Nos tempos em que eu era uma gaja comprometida - e não encalhada - entenda-se.

Os homens têm uma mania um bocado parva. Irritante, leia-se.

Eles acham que nós gostamos de visitas surpresas. Aparecer em nossa casa sem avisar, sem dizer nada.

Nós ficamos contentes por ver os nossos mais-que-tudo, claro. Ficamos felicíssimas com o vosso gesto atencioso e até vos achamos queridinhos.

Mas ao mesmo tempo, ficamos com um ódiozinho em relação à vossa pessoa. É que nós não estamos sempre giras. Não estamos sempre arranjadas e bem vestidas. No recanto do nosso lar, podemos não ter as unhas bem pintadas e o cabelo bem esticado.

A beleza demora o seu tempo a ser conseguida. Eu, por exemplo, gosto de ser avisada com umas três horinhas de antecedência. É o tempo necessário para tomar banho, esticar o cabelo, tratar da depilação (também não está sempre tudo impecável, sabiam?)... pintar as unhas, retocar as sobrancelhas e... óbvio, engomar uma farpela bonita para vos receber.

Precisámos de tempo!

Se por um lado uma gaja fica feliz em ver o seu macho, por outro fica logo com aquela preocupação de não estar tão impecável quanto costuma estar.

Eu sei que o que interessa é estar com quem amamos, blá blá blá... Mas se pudermos estar com uma aparência decente - em vez de estarmos com aquela camisola do urso toda deslavada e com as unhas já meias descascadas - nós agradecemos.

PS: Este texto roça a futilidade, não roça? Deixa lá.

Comentários

  1. Ai amei! E tudo o que escreveste é bem verdade, se bem que eu não demoro 3 hras a arranjar-me xD

    Beijinhó

    ResponderEliminar
  2. tens toda a razão...dp da alegria inicial, de lhe saltarmos p os braços e darmos mil beijos pensamos "ai JASUS que ele viu-me nesta figura"...damos uma desculpa esfarrapada e corremos p o quarto/wc a tentar compor um cadinho a imagem senão arriscamo-nos a ser a 1ª e ultima visita surpresa, né?

    ResponderEliminar
  3. Pessoalmente, quero lá saber se estão arranjadinhas para ir a um desfile ou se estão despenteadas com a maquilhagem do dia anterior. Tenho a certeza de que a maioria dos homens, não quer saber disso para nada. E se é uma visita surpresa, então já estamos à espera que não estejam prontas para um casamento. E muitas vezes, gostamos da "beleza" relaxada que têm, do que a "beleza" planeada que fazem. Porque uma tshirt velha, uns slips vestidos e meias, é bem mais sexy do que um vestido de noite. ;)

    ResponderEliminar
  4. Hahaha, pura verdade viu! Essas visitass supresass, as vezes podem gerar belos sustos né ! Mas tbm, as vezes pode ser bom deixar que eles saibam q não somos bonequinhas de porcela, q somos GENTE!
    De qualquer forma; Garotoss, avisemmm que estão por chegar, ok!? rs

    ResponderEliminar
  5. DEEEEPENDE!

    Se forem namoros recentes, onde ainda há aquele joguinho da sedução e tal e coiso.. acredito que não seja muito agradável. Mas quando são namoros mais a sério, não é bom?
    Claro que é!
    Quando há amor, não nos interessa se vocês estão lindonas ou se vêm com a máscara para a pele verde!

    Depois dizem que não somos uns queridos!

    Vocês é que são insensiveis!

    Humpf!

    ResponderEliminar
  6. E depois somos nós os materialistas! Mas isso é uma questão de pôr as cartas na mesa, se não gostam digam logo, não fiquem a remoer!

    ResponderEliminar
  7. Não acho que seja fútil, aliás, estás a dar uma hipótese aos homens que por aqui andam de aprender a conhecer melhor as mulheres. Só nos filmes é que as mulheres estão sempre maravilhosamente impecáveis e prontas para receber um príncipe, mesmo que estejam a meio de uma noite de sono. Na vida real, somos reais ;)

    ResponderEliminar
  8. Como mulher que sou compreendo tão bem o que isto é, e verdade seja dita que nos sentimos menos bem, mas sejamos realistas, e quando acordamos lado a lado não será idêntico? E quando estamos doentes?

    Felizmente a maioria dos meus amigos são do sexo masculino e com quem tenho uma grande abertura a nível de temas de conversa, dai que tenha que concordar com o lion, a maioria deles não repara em metade daquilo que nos reparamos e não é só nesta situação…
    A grande maioria não nota que a namorada engordou 2kg a menos que ela passe os dias a lamentar-se, nem muito menos que há ali um pouco de celulite, ou que aquele cabelo está fora do sitio… eles, tal como o lion referiu querem é estar com quem amam e apenas vão notar na nossa atitude estranha e ficar a pensar que não gostamos da surpresa… mais vale ser directa e dizer em tom de brincadeira algo do género…. “Ho meu amor, que bom estares aqui, mas eu tenho um encontro marcado com a escova do cabelo… prometo ser breve, afinal tenho um homem fantástico a minha espera” e sorriam… não vão eles pensar que afinal foi péssima ideia a deles…
    Isto é teoria, e opinião minha…

    beijolitas

    ResponderEliminar
  9. é bem verdade este texto. Mas também é verdade que eles têm de se habituar aos nossos dias menos... não digo bonitas mas mais naturais.

    Eu preciso de uma hora e meia para me arranjar, agora tu menina, lol

    Bjs

    ResponderEliminar
  10. Fútil!!!Não creio...
    Pessoalmente adoro surpresas,independentemente como ele me possa encontrar,arranjada ou não...Acho que o que lhes interessa mais,é a maneira como reagimos á surpresa...Isso, sim...;)

    ResponderEliminar
  11. Concordo ...É verdade sim senhora! Então quando ainda não há o minimo de intimidade é horrível!!! E este post não é nada futil!

    Beijo

    ResponderEliminar
  12. Roça um bocadinho, sim! Na realidade, é bom não ser artificial, nem estar sempre produzida (os homens habitual/ não gostam de beijar baton ou gloss, preferem ao natural)...mas é tudo uma questão pessoal, de segurança, etc.
    Ah, gostei da foto nova: pés no chão!;-)

    ResponderEliminar
  13. Não é futilidade... eu acho o mesmo... Gostamos de ver o nosso namorado e da surpresa mas...preferiamos estar todas arranjadinhas.
    Bjinho*

    ResponderEliminar
  14. Pelo contrário, está a anos luz de roçar a futilidade. É bem verdade, eu cá não gosto muito de ser surpreendida de pijama rasca, olheiras e despenteada...nada mesmo...

    ResponderEliminar
  15. Essa teoria pode ser válida quando a relação é "poquéquié", mas na vida real o amor tem de resistir a tudo e quem ama tem de estar preparado para se deitar com uma princesa e acordar ao lado de uma gaja despenteada, amarrotada, ramelosa e até com aquele mau-hálito matinal que quase toda a gente tem.
    Depois é só pegar nela, sacudir, meter na máquina, passar a ferro e dar uns retoques e estamos prontos para enfrentar a vida.
    Vocês, gajas que têm essa ideia acerca dos homens, ainda não procuraram bem! :D

    Beijinho

    ResponderEliminar
  16. O que a Marlene Fernandes escreveu está totalmente correcto eu como homem estou-me borrifando que tenha mais 2 kg que esteja assim ou assado desde que a ame e ela me ameo resto é balelas!:)

    São pormenores muito mesquinhos em relação a este caso da supresa;).

    Caso diferente é ir jantar ou ir a um sitio mais in, e ir toda feia(mal vestida) ou não se portar bem à mesa!

    Tem razão o post é futil, mas há um pormenor muito importante que reparei, e a letras mais pequenas que é o "encalhada" algo que vos massacra a cabeça a partir dos 29 30 anos.

    ResponderEliminar
  17. gajo é gajo aparece sempre em horas improprias e desaparece na mesma forma

    ResponderEliminar
  18. Não é futilidade, são as pequenas coisas que nos preocupam :)

    ResponderEliminar
  19. é tudo verdade isso que disseste. por isso é que é tao bom ter alguem que goste de nos arranjadas e até por arranjar ;p (apesar de nos gostarmos de estar sempre impecaveis...)

    ResponderEliminar
  20. Concordo! E não propriamente pelo verniz lascado, etc, mas mais no geral, o nosso aspecto, a arrumação na casa, a disposição. É bom ter o nosso espaço. E é bom "aprovar" a ida de alguém a nossa casa antes.


    (Uma coisa nada relacionada: podia jurar que foi aqui neste blog que li um post sobre o filme "two lovers", mas procurei e nao é. ai lol)

    ResponderEliminar
  21. Todas estas palavrinhas revelam uma grande verdade. Adorei ler este post, mesmo :D

    ResponderEliminar
  22. querida, não roça a futilidade. d todo :) uma mulher simplesment quer estar perfeita para o seu homem. nao ha nada de errado nisso.

    ;)

    ResponderEliminar
  23. Olha que 3 horas podem ser muito melhor passadas. d:

    [Das coisas que falaste só acho importante mesmo, o banho.
    Tudo o resto acaba por ser mais ou menos dispensável.
    É que aquele ditado do Quem ama feio, bonito lhe parece é mesmo verdade. (: ]

    ResponderEliminar
  24. So true. É horrível estar em casa, de pijama, sem ter tomado banho, despenteada, com a casa a parecer a feira de carcavelos e receber um telefonema com ele a dizer "Onde é que estás? Em casa? Daqui a 5 minutos estou aí".
    Dizem que os homens não reparam nos pormenores? Bem, o "meu" repara. Em tudo. E depois ainda se queixa que eu o faça esperar à porta.

    ResponderEliminar
  25. Pois é, apesar de todos os motivos serem muito válidos, continuo a achar que quem gosta, gosta sempre.
    Eu queria mais era aproveitar todos os segundos e não me irritava esperar. Pelo contrário teria o maior gosto em poder ajudar para que ficasse ainda mais bonita.

    ResponderEliminar
  26. Concordo contigo S mas olha quando começares a viver juntinho com o bofe vais ver que essa preocupação começa a dezaparecer...
    Por outro lado é bom que procuremos estar sempre lindas...
    Não apenas para o mais que tudo, mas para nós mesmas em primeiro lugar beijinhos

    ResponderEliminar
  27. Olá!
    Essa ideia de estarmos sempre lindas...passa quando acordamos de manhã ao lado da pessoa que amamos, todas despenteadas, com os olhos enramelados (:=), mal dispostas ( eu tenho mau acordar) e etc...etc...
    :=)))


    Beijocas
    Boa semana

    ResponderEliminar
  28. Felizmente não preciso de tanto tempo. A depilação está sempre feita, não porque tenho homem ou não. Está feita porque so me sinto bem assim.

    ResponderEliminar
  29. lol
    ri-me com o que escreveste.
    e sim, claro que concordo contigo. parece-me que concordamos todas =) no entanto é uma questão de bem estar para connosco mesmas. Já eles dão pouca importância a esse facto, eu sei que sim.

    ResponderEliminar
  30. Temos sempre a opção de não lhes abrir a porta

    ResponderEliminar
  31. Qual futilidade? Não é futilidade nenhuma... A verdade é que gostamos de tar sempre arranjadinhas, mas isso não é assim de um minuto pro outro que se consegue...

    bj****

    ResponderEliminar
  32. Ai está algo que não me preocupa!!!
    Normalmente estou bem, isto porque o faço primeiro para mim... só assim me sinto bem!!!
    Beijinhos,

    P.S. Camisolas de urso e afins são peças de roupa que não entram lá em casa... no, no, no!!! ;-DDD

    ResponderEliminar
  33. Já pensaram que, se calhar, o rapazito já pensou no estado em que vos vai encontrar antes de se encaminhar ao vosso cafofo, e que isso faz parte?

    Provavelmente, o garoto tem mais gosto em vos ver embasbacadas por não estarem apresentáveis, para depois vos dizer que não importa nada, e que até gostam dessas meias gastas e desse cabelo rebelde, e que voces são lindas de qualquer maneira.

    Pensem noutra coisa: qual é o rapaz que, do lado de fora, se prepara para vos tocar à campaínha, com aquela frasezinha debaixo da lingua, com as expectativas aí pelo 11º andar mesmo que o vosso prédio tenha so 5 pisos, e que vai achar piada se lhe disserem "espera aí meia hora, que eu vou só estragar-te a surpresa e ja volto"?

    tenham dó de nós...

    ResponderEliminar
  34. Estou de Olho em ti :P

    Tens selo no meu bloguiii!! :)

    Beijola boa!

    ResponderEliminar
  35. Verdade, verdadinha... mulher que é mulher gosta de ser vista como um ser quase perfeito e não ser vista cheia de remelas, cabelo emaranhado... pijama... não obrigado!!!

    :)

    ResponderEliminar
  36. Acho que se a relação já for "cimentada" não temos de nos preocupar com isso.. Afinal já partilham tantas coisas.. Ninguém logo de manha é assim tão belo.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  37. É verdade... Mas mesmo roçando a futilidade, é 100% verdade! As surpresas até podem ser boas, mas sabem muito melhor se não estivermos com um buço de meter medo, sobrancelhas do tempo da idade da pedra, sovaco a cheirar a cavalo, unhas parecidas às garras de uma gárdula, e ainda por cima com restos do almoço presos nos dentes! :p

    Senhores, quando quiserem fazer surpresas, avisem primeiro, ok?! ;)

    Adoro o teu blog, muito genuino! :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  38. Adoro a forma descomplexada como escreves!!!


    Beijos!

    ResponderEliminar
  39. Quem faz o quer arrisca-se a ver o que não quer...
    E tb há uma compensação, eles vão fazer a surpresa e tb acabam surpreendidos...

    ResponderEliminar
  40. Concordo na totalidade do teu Post, não podia estar melhor :)

    ResponderEliminar
  41. se a relação for recente, a pessoa quer estar sempre no seu best, digamos que só quer mostrar o seu lado de chocolate, ou seja, o seu melhor lado!

    se for uma relação com mais duração, as pessoas têm mais confiança uma na outra e já se conhecem o suficientemente bem para não terem que andar sempre com a preocupação de só mostrar o lado chocolate.

    se bem que acho que a pessoa, deve-se cuidar sempre, esteja com namorado ou sozinha!

    já ouvi meninas a dizerem que só fazem depilação no Verão ou quando têm namorado! oh god! que coisa é essa??? ou que mentalidade é essa?

    xoxo

    ResponderEliminar
  42. Concordo, em parte. Mas há surpresas queridas :) 3horas é muito, S! :) Há coisas que gosto que andem arranjadinhas, sempre, no dia-a-dia, estando ou não estando com alguém. Coisas que são para o meu próprio bem-estar, como unhas arranjadas e depilação feita (não falha nunca, seja Inverno ou Verão, esteja ou não comprometida) mas o resto...tbm prefiro ter um tempinho para me preparar :D

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Para dormir - solução, procura-se!

É uma pessoa desesperada que vos escreve, esta manhã.

Conhecem soluções naturais para dormir bem de noite? Algo que me faça ferrar o galho e só acordar no dia seguinte?

Estou farta de noites mal dormidas. Estou farta de ficar até às 5 ou 6 da manhã sem conseguir dormir. Chego ao desespero, com vontade de chorar. De dia, sinto-me cansada, porque o descanso é uma porcaria.

Não sou grande adepta de medicamentos mas, se tem de ser, é. Alguém conhece um remédio, uma erva, o que seja?

O que é nacional é bom

Anda Portugal a usar cestas desde sempre e esta vossa S* a usá-las há sete ou oito anos... e vem agora a Carolina Herrera descobrir a pólvora (imagens acima).
Por favor, acho isto verdadeiramente errado. A desfaçatez que é pegar em algo tradicional de um país e de o apresentar como uma "criação"... Ainda por cima chamar-lhe "Aveiro"... E em nenhum sítio dizer que tem inspiração portuguesa.
E a pechincha que está? Quase 500 euros por uma cesta. Não tinha nada contra o preço... se efectivamente fosse um produto de original.
É só googlar "cesta portuguesa" e encontram-se imensos exemplares realmente nossos... E sem custarem quase um salário mínimo.
Querem cestas de classe? Então comprem das nossas. Das verdadeiras. Cópias descaradas? Não, obrigada.
Sugiro a Victoria Handmade. Não são caras, são dispendiosas e têm o preço do que é realmente bom. São feitas à mão, são portuguesas e assentam na nossa tradição. 

Voltar ao início

Depois de quase 9 anos e meio de relação, não vamos fingir que são tudo rosas. Ultimamente, temos até de admitir que têm sido mais os dias maus do que os dias bons. As chatices do dia-a-dia, os remorsos, os ressentimentos, os problemas a que somos alheios mas que nos afectam... Não é fácil de gerir e mentiria se não admitisse que já pensamos "será que vale a pena?".
Da minha parte, apesar dos momentos menos bons, continuo com a nítida percepção de que é um bom homem, com bons princípios, e que dificilmente encontraria companheiro que encaixasse tão bem em mim (que eu sou osso duro de roer, no que toca ao convívio caseiro).
Vale sempre a pena, porque não perdemos esta capacidade de nos reencontrar e voltar ao início. Enquanto soubermos olhar um para o outro e reconhecer o valor um do outro, vale mesmo muito a pena.