Fotografias de casórios


Não gosto da parte das fotografias num casamento. Os noivos passam três horas a tirar fotografias, ora no meio do jardim, ora no baloiço, ora no quarto, ora na igreja, ora em tudo o que é lado.

Tirando o casalinho, que está obviamente felicíssimo por ter dado o nó, para as outras pessoas a parte das fotografias deve ser extremamente chata. Pelo menos para mim é. Se calhar é porque nunca assisti ao casório de alguém que significasse grande coisa para mim. Se fosse da minha irmã, por exemplo, eu era capaz de andar tipo bola pinchona e saltitar de contentamento em tudo o que é fotografia. :P

O cúmulo são aquelas fotografias de casórios que estão expostas nas montras dos fotógrafos. Na vossa terra eu não sei como é, mas em Viana parece que eles escolhem a dedo os casais mais feios e parolos para pôr nas montras. É vê-los de fato branco ou bege brilhante e a elas com aquele batôn vermelho a fazer lembrar a Cicciolina. Nada bonito. Eu não percebo muito de moda, é verdade. Mas fatos brilhantes num noivo é coisa que me causa alguma comichão. E batôn vermelho cor-de-sangue na boca de uma noiva vestida de branco também me parece desadequado.

E depois temos as fotografias da noiva no quarto, junto ao espelho, enquanto é penteada. E as fotografias do noivo no meio do jardim, a olhar o horizonte, com uma das pernas apoiadas num murinho, na típica pose de conquistador.

Não estou a ver qual seja a piada de colocarem as fotografias do casamento na montra, para toda a cidade ver. A maioria das pessoas faz o que eu faço... goza.

Pior que isto, só as fotografias tipo passe que colocam das pessoas num caixilho junto à entrada da loja. Parece que estão todos a tirar fotografias para o cadastro da prisão. Uns melhores, outros piores, mas regra geral todos desfavorecidos.

Comentários

  1. Eu e as fotos também não nos damos muito bem :S

    ResponderEliminar
  2. Se me chegar a casar um dia, não quero nada disso. Meia duzia de fotos de mim e dele chegam me perfeitamente. Não quero cá videos de duas horas... para isso tenho as minhas recordações. Sou assim, um moça muito simples. Prefiro gastar os euros numa boa lua de mel, isso sim, é investimento... beijocas

    ResponderEliminar
  3. LOLOLOL... vistas as coisas por esse prisma é terrivel... eu qd me casei a 1ªa vez (e unica, diga-se de passagem, pois agora casamento apenas num horizonte um pouco longinquo), tb tive essas fotos parolas todas... lindissimas... a do espelho entao era um "must". Claro que era pita na altura por isso achava piada e atençao isto foi há uns bons anitos atrás.. 12 para ser mais precisa... sim sim... casei bem cedinho (devaneios de miuda que fazer). Hj em dia se me casasse novamente decididamente nao ia ser nada assim, e olha que eu gosto de fotografia (de tirar e de ser fotografada) mas detesto parolices... já tive a minha dose...

    Bjs

    Pink

    ResponderEliminar
  4. E o candeeiro da cabeceira? E a cortina do quarto? E a almofada da cama? Há todo um rol de bom-gosto.

    Quanto às fotos da festa, mesmo para aos noivos é uma tortura, sei de uma noiva que disse ao fotógrafo o número máximo de fotos que aceitava tirar e depois ia contando em voz alta.

    ResponderEliminar
  5. Eu nao gosto de parte nenhuma nos casamentos! Bom...mentira! Gosto da parte do buffet! :-D

    ResponderEliminar
  6. Comomo Bernardo diz eu também não sou muito de fotos mas aquestão é que realmente as montras das lojas têm essas fotos todas para fazer patrocínio... mas se são tão feias como dizes então só estão a fazer pior motivando as pessoas a não irem lá! :)

    beijo*

    ResponderEliminar
  7. Eu não gosto de dizer mal de colegas de profissão mas realmente não se percebe como é que alguns fotógrafos expõem na montra - que supostamente é um local de apresentação dos melhores trabalhos - algumas fotografias que peloamordedeus!

    ResponderEliminar
  8. Gosto da tua visão global da coisa ;)
    E confesso que de vez em quando tenho de parar em frente a uma dessas montras para me rir um bocadinho. Faz parte! Principalmente quando quem está na montra é alguem conhecido (o que nem sempre acontece).
    Fotas minhas é que não apanham lá.

    ResponderEliminar
  9. Beijinho ao pai...beijinho à mãe...beijinho aos dois...
    A noiva/noivo a olhar pó espelho...A noiva/noivo com poses do mais artificial que se pode arranjar... Enfim, haja paciência para passar o dia todo a tirar fotos dessas...
    Mais bonito seriam as fotos naturais, enfim...


    Kisses*
    Fénix*

    ResponderEliminar
  10. Por norma detesto tirar fotos! Fujo sempre! Tenho que estar profundamente inspirada. O que é raro!

    ResponderEliminar
  11. O casamento de uma das pessoas mais importantes da minha vida não teve fotógfrafo a chatear o juízo! A noiva avisou toda a gente disso, e toda a gente foi apetrechada com as suas máquinas. O pacto era, todas as fotos de toda a gente tinham de ir parar à mão dela. Hoje tem um albúm de casamento dos mais lindos que vi. Cheio de fotos lindas, com sorrisos sinceros e super descontraídos. =)

    ResponderEliminar
  12. hum... acha paciencia para essas fotos...

    mas curti a ideia da patricia, parece-me original e deve ficar um album giro xD

    ****

    ResponderEliminar
  13. POis é! Por essas e por outras é que eu, quando me casei, não tirei as típicas fotos mais do que estudadas e que acho uma foleirada. No meu album há fotos naturais, sem poses e que ficaram lindíssimas. E ninguém sofreu para tirar fotos connosco. Acreditas que, mesmo assim, acabámos por ser criticados?? Os maus hábitos demorarm a perder-se...

    ResponderEliminar
  14. Com posse estudada, as fotos são sempre uma seca. Não embarquei nessa onda e o resultado é ter fotografias "expontâneas": de boca aberta, de cigarro na mão ou de perna torta, as minhas favoritas. E não usei pinturices, não precisava...;-)

    ResponderEliminar
  15. Ah pois, tirando o casalinho que deve estar felicíssimo.
    Experimenta casar em Julho, com 35º à sombra e um chato do caraças a inventar poses parolas e logo vês a felicidade que isso traz.
    Eu apetecia-me era largar os convidados e ir dormir. É verdade, dor-mir, porque me tinha deitado às 5 da madrugada, estava exausto e uma sesta vinha mesmo a calhar, para recuperar e melhorar o desempenho na "night" de núpcias. lol
    Odeio fotos de casamento! :P

    ResponderEliminar
  16. Uma vez descobri uma fotografia minha na janela de uma dessas lojas! Era daquelas tipo passe. Mas olha que fui lá dentro e disse que tinham que a tirar, era o que faltava. Ainda por cima sem minha autorização!!! Beijo

    ResponderEliminar
  17. No meu casório vai ser como nas Autárquicas.
    O convidado chega, coloca-se á frente de um painel branco e tiram 5 ou 6 fotos com posições diferentes.
    Depois, no final, é:
    "Quero uma foto com o X, Y e o Z e quero o fundo de Bora Bora"
    "Eu quero uma com os noivos e no fundo um rio"

    *

    ResponderEliminar
  18. ha ha ha :)
    Se um dia me casar as fotografias serão todas "acidentais".. nada de poses e pés em cima de muros, ou sentada na colcha de croché (lol)..
    KissKiss*

    ResponderEliminar
  19. Olha aqui dois bons exemplos de fotos que não têm nada a ver com isso:

    www.popupstudio.pt
    www.eduardooliveira.com

    Eu vou casar em Outubro e ODEIO secas de duas horas de fotos com tudo o que é tia avó e prima afastada. Recuso-me, tão simples como isso. Já sei que vou ouvir e ser criticada, mas que se lixe: o casamento é meu e eu é que "mando".

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  20. É por estas que gosto muito de casamentos... mas lá para as 14h - hora do almoço!! :P

    **

    ResponderEliminar
  21. é verdade, nao tem piadinha nenhuma. e o pessoal cheio de votnade de ir comer :p

    ResponderEliminar
  22. Bem...este post "toca-me" particularmente...de facto dou alguma razão em um ou dois pontos que referiste e muito bem... mas acredita que existem trabalhos que (felizmente) levaram alguma inovação e conseguem com todo o seu esplendor e harmonia imortalizar o momento e até arrisco me a dizer que os fotografados ficam muitissimo mais favorecidos...contudo a minha opinião vale o que vale, mas continuo a achar que a fotografia (ainda é) uma forma de (re)lembrar aquele momento tão especial.
    NOTA: no que diz respeito ao colocarem as fotografias nas montras, ESTOU INTEIRAMENTE A FAVOR naquilo que escreveste, de facto só falta por em rodapé DEAD OR ALIVE, ou algum do género... está fora de época...já não estamos nos anos 80 ou 90, em que estava muito em voga essa máxima imbecil de expor as fotografias ( muitas vezes sem consentimento prévio de quem é fotografado)...embora se aplica a RESERVA DE DIREITOS DE AUTOR...mas isso são contas de outro rosário...MORALMENTE não se deve fazer.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares