"Um peixe e um pássaro podem se amar. Mas onde viveriam?"

Há amores assim, impossíveis. Mas eu acredito em milagres.

E não, não estou a falar de mim. Não posso estar sempre a bater na mesma tecla. O meu amor, já deu o que tinha a dar.

Comentários

  1. Cada um em sua casa.
    Amor platónico!
    :-)))

    ResponderEliminar
  2. Para o meu amor impossível não houve milagre ... :-(

    ResponderEliminar
  3. Quem corre por gosto não cansa, aposto que o pássaro arranjava forma de construir um ninho "no mar", ou o peixe um lago na floresta... Eu também acredito...

    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Em tempos, também eu vivi um amor "impossível", mas tudo muda, e hoje impossível é estar sem ele :)

    ResponderEliminar
  5. Andreia, é isso que nos dá alento (e a mim também). O impossível pode, às vezes, virar possível. Felicidades. :)

    ResponderEliminar
  6. há peixes que voam e pássaros que mergulham e nadam... não há impossíveis, a força do amor é inacreditável (pelo menos acredito que sim)

    ResponderEliminar
  7. ps: hoje não era dia de descanso!? :P

    ResponderEliminar
  8. são cansativos esses!!!
    feliz dia para nós!!!

    ResponderEliminar
  9. Às vezes não chega só amar...
    Gostava de acreditar em milagres...

    ResponderEliminar
  10. Eu também acredito em milagres, mas mais vale ir pelo seguro :)

    Beijo meu ♥,

    A Elite

    ResponderEliminar
  11. Milagres não sei, mas cada vez mais acho que tudo é possível.. Continua a acreditar Sanxeri :)

    Bjs*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares